Justiça bloqueia bens de Barbosa Neto | Fábio Campana

Justiça bloqueia bens
de Barbosa Neto

Da BandNews FM Curitiba:

A justiça bloqueou os bens do ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto. Ao todo, são mais de R$ 5 milhões e 100 mil bloqueados. A decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública de Londrina também determina a indisponibilidade de bens de 19 réus que são acusados de crime contra a administração pública. Todos eles estariam envolvidos em irregularidades na compra de uniformes escolares. Entre os acusados que tiveram bens bloqueados estão o ex-prefeito do município, José Joaquim Ribeiro, e outros cinco ex-secretários. A ação que resultou nessas decisões é do Ministério Público. O órgão denunciou 23 pessoas e empresas por ato ilegal na compra de uniformes para a prefeitura. De acordo com cálculos da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, as irregularidades criaram um rombo de mais de R$ 9 milhões, 425 mil reais nos cofres públicos. Isso teria possibilitado enriquecimento ilícito de quase R$ 590 milhões de reais aos envolvidos.


5 comentários

  1. Romão Miranda Vidal
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 – 7:51 hs

    A foto de “salvador” de Londrina, com o cabelo totalmente cortado, é uma antevisão a respeito, caso venha ser condenado e preso, terá o “coco raspado”?

  2. Malba Than
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 – 9:45 hs

    Como um rombo de mais de R$ 9 milhões, 425 mil reais dos cofres públicos teria possibilitado enriquecimento ilícito de quase R$ 590 milhões ?

    Brasileiro é avesso à matemática e lógica.Vou morar na India, são pobres mas não são ignorantes.

  3. Bonanza
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 – 10:13 hs

    Tem cara que não aprende… Ladrão rouba a Polícia prende !!!

  4. Lorena
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 – 10:43 hs

    nosssa, será que ele ta com câncer? o que é esta careca?

  5. Tio Quim
    sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 – 10:59 hs

    A pergunta que deve ser feita: acumulou mais de R$ 5.000.000,00 vivendo de salário?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*