Inferno astral | Fábio Campana

Inferno astral

Da Roseli Abrão:

O senador Alvaro Dias fez aniversário no dia 7 de dezembro, mas ao que tudo indica ainda vive seu inferno astral.

Duas reportagens publicadas neste final de semana não são desfavoráveis a ele.

O site Brasil 247, por exemplo, publica que o senador “foi condenado por não ter pago pensão a uma filha fruto de relacionamento extraconjugal com uma funcionária pública”.

Segundo a reportagem, “a ação judicial pede a anulação da venda de cinco casas em Brasília avaliadas em R$ 16 milhões e o acusa ainda de abandono afetivo”.

Por outro lado, a revista “Época” publica que Alvaro ocultou bens nas informações prestadas à Justiça Eleitoral.

Segundo a revista, o senador declarou que tinha um patrimônio de R$ 1,9 milhão dividido em 15 imóveis: apartamentos, fazendas e lotes em Brasília e no Paraná, mas seu patrimônio, no entanto, era pelo menos quatro vezes maior.

“Ele tinha outros R$ 6 milhões em aplicações financeiras”, diz a revista.

A “Época” revela que o saldo das contas não declaradas de Alvaro Dias foi mostrado a “Época” pelo próprio senador,”inadvertidamente”, quando a revista perguntou sobre quatro bens em nome da empresa ADTrade, de sua propriedade, que não apareciam em sua declaração à Justiça Eleitoral”.

Para explicar, diz a revista, o senador abriu seu sigilo fiscal. Ali, constavam os valores das aplicações”.


25 comentários

  1. VERDADE
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 20:07 hs

    16 milhões??? CPI nele…De onde conseguiu tanta grana???

  2. TROLL
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 21:16 hs

    Se gritar “pega ladrão” , não sobra um, irmão… se gritar….

  3. Natale Vanz
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 22:23 hs

    Será que temos uma “cachoeira” pela frente?

  4. cesar - barraquinha
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 0:06 hs

    e agora josé?? er, digo Alvaro????
    virou vidraça???

  5. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 0:49 hs

    Matéria “PROPOSITALMENTE VAGA”.

    Queremos MAIS informações.

    Principalmente sobre a ocultação de bens,
    Coisa MUITO GRAVE.

    Vamos tirar a imprensa do Paraná da letargia.

  6. Rock
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 1:00 hs

    Viu so pagou a Veja dos Civitas e esqueceu de pagar a epóca dos Marinhos agora sobrou para voce, quer noticia positiva nessas revistas pague ou leva pau.

  7. Zé Roberto
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 2:22 hs

    É o Demostenes das araucárias?

  8. Professor
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 3:12 hs

    Equivocadamente vc digitou:”NÃO SÃO DESFAVORÁVEIS A ELE”

  9. Josué Machado Costa
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 7:44 hs

    Se eu fosse o Alvaro pediria uma CPI para averiguação dos fatos…Rs

  10. Raphael Junqueira
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 10:33 hs

    Essa eu quero ver provar!
    Duvido muito que isso seja verdade.

  11. kiko
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 10:35 hs

    O Álvaro pensa que todo mundo é idiota, só porque se arvorou em campeão da moralidade pública, causa também abraçada por outros tantos hipócritas, agora é vítima da própria cruzada, foi pego com o porco nas costas. Mas parece que este negócio de subvalorizar os bens é mal de família, até hoje não se sabe ao certo qual é o valor daquela famosa fazenda que o irmão dele tem lá em Tocantins. Segundo o senador pinóquio, ela vale muito mais do que o proprietário jura que vale. Este é mais um caso de mal de família, é genético. Kiko

  12. Aguirre
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 11:16 hs

    Senador Alvaro Dias, aproveite a ocasião e mude seu endereço eleitoral para Brasília. Nós os paranaenses não queremos mais incomodá-lo. Não perca mais tempo com nossos problemas. Parece que você já tem problemas familiares a resolver por lá e tem que dedicar mais tempo à ADTrade.
    Favor levar consigo o Osmar Dias que está encostado no Banco do Brasil (sem concurso), mas que parece ter vocação para fazendeiro. Ele poderia ser útil (enfim) na administração de suas fazendas.
    Finalmente, sugiro que continue posando de paladino da moralidade que é um personagem que muito nos diverte.

  13. Paladino
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 13:31 hs

    Que matéria absurda, caso tivesse deixado de pagar pensão já estaria preso. Isso funciona e muito bem no Brasil, não tem como escapar, portanto a notícia é mentirosa.

  14. curitibana
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 13:37 hs

    É isso ai Senador, quem tem teto de vidro não joga pedra na do vizinho. Cuidado pois sua historia não é nada diferente dos demais.

  15. Paulo Roberto
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 15:39 hs

    Todos sabem que o Álvaro Dias recebeu junto com seu irmão uma herança do seu pai de 32 milhões das fazendas em Maringá, Londrina e MMatogrosso.

  16. Brajak
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 20:25 hs

    A credibilidade dos veículos de divulgação desqualifica as matérias. É de se estranhar que Álvaro Dias tenha passado incólume até agora, após ter feito tantas denúncias e oposição ferrenha ao PT.

  17. SYLVIO SEBASTIANI
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 11:31 hs

    Pela história aqui divulgada, o Fato importante é que ele “assumiu” o caso e está pagando a pensão alimenticia.Porque o Lula não assume o romance divulgado pela imprensa com a Rosemary que ele pagava a pensão através de alto cargo de Chefe de Gabinete da Presidência em São Paulo, ainda com mando de “acertar” companheiros e nomear amigos, que meteram a mão no dinheiro público? Quanto custou isso para o povo brasileiro.?
    Já até falei certo dia ao então Presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus;”Politico ou Diretor de cargo público pode ter amante, mas tem que pagar a ela, com seu dinheiro não o nosso, do povo!

  18. Pedrão
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 13:18 hs

    É engraçado, a petezada fica toda alvoraçado com qualquer notícia veículada quando é de adversários políticos, mas quando é da petralhada, como é o caso do LULINHA, filho do nove dedos, que é um caso conhecido, tem tem uma fazenda de 50 milhões, aí é normal, não precisa CPI, não precisa investigar, é tudo normal, afinal ele é filho do “DEUS’

  19. Pedro Rocha
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 14:09 hs

    Eu prefiro aguardar uma explicação do Senador Álvaro Dias. Não acredito que a coisa possa fluir com essa singeleza toda, nas barbas do fisco, e do TSE.
    Se realmente isso se confirmar, daí podemos efetivamente fechar aquela arapuca lá em Brasília, e botar um milico de saco roxo pra comandar essa joça, chamada Brasil, até botar tudo na cadeia. Depois faz-se nova eleição..

  20. ranciaro
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 15:14 hs

    É a sorte do Lula é que a “outra” não teve filho. A mesma sorte não tiveram o ALVARO e o FHC, o PELÉ, entre outros…

    Alguém poderia indicar se existe brasileiro que não teve ainda uma amante?

  21. ranciaro
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 15:16 hs

    E a Dona Débora o que acha disso!!!!!!

  22. Jorge Vasli
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 16:27 hs

    Álvaro Dias era professor. Vivia de salário de professor. Como conseguiu ficar milionário na política? Precisamos que nos convença que tudo veio do seu salário como deputado e senador.

  23. Matahari
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 17:30 hs

    Esta e uma materia tendenciosa. Tudo que alvaro tem esta declarada na receita federal. Herdou de seus pais o Patrimonio declarado e o que adquiriu depois o fez com honestidade. O problema e que a sua atuacao incomoda os corruptos de plantao ou os abutrs, como ele os chama.

  24. Pedro Rocha
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 19:01 hs

    Concordo com o Sebastiani. O já refeito, remoçado, Renam Calheiros, pagou sua teúda e manteúda, com dinheiro público; notas fiscais frias, escandalosas, num dos maiores escândalos daquela Brasília miserável; hoje, é um dos bacanas do petismo; embora,,,, bem, estar bem com o petismo, basta não ter nenhum caráter, e uma folha corrida bem sortida. É suficiente.

  25. quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 – 9:55 hs

    O site 247, deveria chamar-se: Ação Penal 470 – O Mensalão, ou seja: defensores dos coruptos, mensaleiros, mentirosos e cia. ltda…
    Querem sujar a imagem do nosso grande SENADOR ÁLVARO DIAS. Não se preocupe, Senador, os honestos, e que não recebemos nada pela sua defesa, não temos partidos partidos, nosso partido é defender quem faz política séria e merece ser defendido, e não somos sindicalistas pelegos e não tememos mostrar a nossa cara, pois NADA devemos a NINGUÈM…
    Estamos com VOSSA EXCELÊNCIA PARA O DER E VIER…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*