Governo vai cadastrar todos os brasileiros diagnosticados com HIV | Fábio Campana

Governo vai cadastrar todos os brasileiros diagnosticados com HIV

Da Mônica Bérgamo, Folha de S.Paulo:

O Ministério da Saúde cadastrará todos os brasileiros diagnosticados com HIV. Médicos e laboratórios que fizerem exames de detecção do vírus serão obrigados a repassar os dados do paciente, em caso de resultado positivo. Atualmente, as informações só são notificadas no caso de o paciente soropositivo desenvolver Aids.

Nosso segredo “A informação será sigilosa”, diz a epidemiologista Maria Amélia Veras, da Santa Casa de SP. Ela fez parte do grupo que formulou com o ministério a nova diretriz, do qual fizeram parte instituições como a UFBA, a UFMG e a FioCruz.

Muda tudo O intuito do registro é conhecer o perfil dos portadores do HIV para formular políticas públicas que tentem diminuir o contágio pelo vírus. O ministério diz não ter prazo para a inclusão do HIV no sistema de vigilância epidemiológica.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 11:03 hs

    Quem garante que será sigilosa. No país da escuta telefônica que é autorizada por qualquer motivo, para operações satiagralha e outras, onde o estado policial tem crescido de fazer inveja à GESTAPO e a NKVD, o que faria a alegria de Himmler e Beria, ninguém garante sigilo de nada. Sabe-se lá como serão usadas as informações, por quem e para quem. No futuro vão mapear os DNAs e as seguradoras e planos de saúde irão recusar a inscrição daqueles que tem “tendências” ou riscos de desenvolverem doenças graves. Nem Orwell previu um estado policial tão sofisticado e macabro.

  2. Lee
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 17:57 hs

    Algo me diz que só pode ser cadastrado nesse “banco de dados” com a anuência do indivíduo.
    Com a palavra os jurisconsultos e especialistas em ética médica.

  3. Beyt
    quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 – 8:51 hs

    Qual seria a finalidade? Mais verbas públicas para pesquisas? E as outras situações?
    Já cadastraram tb as milhares de crianças e adultos com neoplasia para algo semelhante? Houve políticas públicas? Quais os resultados?
    Algo me diz que deveriam também cadastrar os que cometem corrupção neste país. cadastrá-los, ver os sintomas, pois parece tratar-se de uma endemia, ou pandemía!
    E então também fazer políticas públicas contra este vírus da corrupção.
    Só o tempo revela a verdade ou encobre as mentiras!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*