Fruet, ao lado de Scalco, fala aos empresários da Amcham | Fábio Campana

Fruet, ao lado de Scalco, fala aos empresários da Amcham

O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), participou na manhã de hoje (04/12) de debate com empresários e executivos da Amcham-Curitiba (Câmara Americana de Comércio Brasil-Estados Unidos). Expôs seus planos imediatos para Curitiba e enfatizou os problemas que terá com orçamento herdado e pressões inflacionários sobre tarifas públicas, entre elas, a mais importante, de transporte público.

Na pauta, as perspectivas da capital do Paraná em 2013.Ao seu lado, o venerável tucano Euclides Scalco.


8 comentários

  1. terça-feira, 4 de dezembro de 2012 – 16:41 hs

    Que diferença , a referencia do beto é ezequias, dalazen, rachedinho, e outras moscas, fuja beto senão o bicho vai te pegar.

  2. regina
    terça-feira, 4 de dezembro de 2012 – 17:40 hs

    mais em campanha não falou do orçamento que ia herdar tudo poderia ser feito agora já mdou o discurso kkkkkkkk

  3. mineirinho
    terça-feira, 4 de dezembro de 2012 – 21:28 hs

    dr scalco não tinha abandonado a política?….bem q dizem ela é uma cachaça não vivo sem ela.

  4. Geraldo
    terça-feira, 4 de dezembro de 2012 – 21:45 hs

    Isso aí Anônimo, o Betinho Stock-Car preferiu ficar com os Ezequias da vida e outras varejeiras, e deixar de lado uma FIGURAÇA, que muito auxiliou no sucesso de seu pai, que é o Dr. Euclides Girolamo Scalco.

  5. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 – 1:39 hs

    Começou a CHORADEIRA.

    O “ORÇAMENTO”, como sabemos, é PEÇA de FICÇÃO.

    Pode ser adaptado, ajustado e modificado.

    No caso das reposições inflacionárias nas tarifas,

    Então o FRUET não sabia disso?

    Vai se fazer de TONTO?

  6. LUIZ GONZAGA FERREIRA
    quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 – 8:37 hs

    Quem tem a companhia de Euclides Girolamo Scalco nunca está desacompanhado, pois ele ainda é a grande e maior reserva ética que esta nossa República possui. Parabens ao Fruet pedlo gesto necessário e generoso.

  7. elton
    quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 – 11:02 hs

    Regina,
    Recolha-se a sua insignificância! Agora que a maioria escolheu o novo prefeito de Curitiba só te resta se contentar. Perderam. A PMC a partir de 01/01/2013 não mais vai estar nas mãos desta gente que se achava dona da PMC e de seu orçamento – usando e abusando, utilizando o orçamento público para finalidades privadas…
    Para o bem da maioria, o Ducci perdeu por falta de carisma e pela rejeição do Beto Richa. Quer chorar? Tem quatro anos para chorar e se lamentar.

  8. Gonçalves
    quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 – 11:34 hs

    Quando em campanha prometeu resolver todos os problemas de Curitiba. Depois de eleito fica arranjando desculpas e quando assumir a partir de 01/01/2013 vai ficar falando na herança maldita. Sera que antes de elaborar seu plano de governo/promessas mirabolantes ele não sabia de nada? O maior problema vai ser a majoração do preço da passagem de ônibus que com certeza virá em fevereiro/2013, num percentual considerável, pois terá alta no salário dos motoristas, reajuste das planilhas de custos e aumento do preço dos combustíveis já em janeiro.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*