Eduardo Campos diz que apoiará candidatura de Dilma em 2014 | Fábio Campana

Eduardo Campos diz que apoiará candidatura de Dilma em 2014

O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, confirmou que não se candidatará a presidência em 2014 e exaltou seu apoio à presidente Dilma Rousseff, informa a revista “Época”.

Com os bons resultados obtidos pelo PSB nas eleições municipais de outubro e a ascensão de sua figura no cenário nacional, os rumores sobre sua eventual candidatura à presidência acabaram ganhando força em Brasília.

No entanto, o governador fez questão de descartar essa hipótese ao afirmar que esse “não é o momento de adesões baratas e nem de arrebatamentos de oposição oportunista”. Nesta mesma entrevista, Campos declarou que “não há dúvidas” sobre seu apoio à candidatura de Dilma.

“Não há dúvida, não. Qual é a dúvida? Estamos na base de sustentação. Não tenho duas posições”, respondeu Campos, que também descartou a possibilidade de apoiar um candidato do PSDB, mesmo sendo amigo de Aécio Neves.

“Quem defende a presidenta Dilma neste momento deseja cuidar em 2013 do Brasil. Quem pode cuidar do Brasil é Dilma. Nós temos de ajudá-la a ganhar 2013. Ganhando 2013, Dilma ganha 2014. Então a forma de ajudar Dilma é dizer: em 2014 todos nós vamos estar com Dilma. Claro. Por que não vamos estar com Dilma?”, indagou o governador de Pernambuco.

Além de ressaltar que seu partido não tem nenhum programa contrário ao Governo e que não aprovou nenhuma decisão contra os planos da presidente, Campos voltou a negar que tenha o sonho de ser presidente na atualidade.

“Estou sereno, tranquilo. No dia em que eu quiser ser presidente, responderei a essa pergunta. Mas, hoje não”, concluiu.


15 comentários

  1. fiscalde realeza
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 12:02 hs

    esse tem carater e criterios apoir gente que só fazem com que o brasil pare ou ande de vagar só para obter prestigio é odiar o brasil e principalmente os brasileiros
    este teve mais uma veis sua credibilidade no conceto do povo

  2. Sergio R.
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 13:47 hs

    Mais um parasita para ajudar a destruir o Brasil.

  3. Ed
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 14:16 hs

    Se esse “fiscal da realeza” (com letras minúsculas) entender de política e da coisa pública como entende de língua portuguesa e de concordância; e se estiver correto em sua forma de pensar, pobre Brasil (com letras maiúsculas)!

  4. PANGARÉ DE VARZEA
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 14:37 hs

    Puxa saco só quer poder para angariar cargos e benesses $$$$$$$ no governo… em 2014, vamos de BETO RICHA pra PRESIDENTE

  5. sergio silvestre
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 15:46 hs

    É a pá de cal nas pretensões do PSDB,ou qualquer outro partido que se dispor a disputar com DILMA ou LULA.
    Os perfis dos atuais o unico que se encaixa com uma dose de credibilidade é o GERALDO ALKMIN.
    O S erra está desgastado pelos escandalos dos parentes e pela falta de vontade .O Aécio todos sabem,não cheira nem fede ,nem ameaça quem está na esquina.viciado em alccol e sabe lá o que mais.Nem em seu estado gera confiança do povo conservador mineiro.os boatos correm e no norte de minas já perde para qualquer candidato.
    A tendencia é o fim do PSDB,que já agoniza com um ou dois caci1ques.
    É muito pouco para um partido que queria ser a ARENA dos tempos modernos

  6. Viezzer
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 15:47 hs

    Meu voto vai para Marina Silva…Mas se ela não concorrer, voto NULO…

  7. Palpiteiro
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 19:35 hs

    Ele não é bobo. Não entra em bola dividida, agora. Mas, se pibão virar outro pibinho e começar faltar vitamina C (cerveja, cachaça, comida e circo) para a patuleia e Dilminha cair nas pesquisas, talvez, ele mude de ideia.

  8. Elton
    domingo, 23 de dezembro de 2012 – 22:29 hs

    Não é bobo, tem capacidade, entre os políticos brasileiros, de analisar a conjuntura e esperar o seu tempo. E o seu desempenho a frente do governo e o desempenho do PSB com sua liderança o podem alçar ao próximo da fila.

  9. fiscalde realeza
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 2:52 hs

    ED

    QUEM ENTENDE BEM DE LETRAS E LINGUA PORTUGUESA É O VELHO MACONHERO E TALVEIS VOCE
    NOENTANTO O FHC FALIU O BRASIL E O CAPIAU LULA POS NOS EIXOS
    A ECONOMIA BRASILEIRA E É COMO EU SÓ TEM O SEGUNDO GRAU

    ED

    NAO NECESARIAMENTE PRECISA SER INTELECTUAL COMO VOCE PARA SER BOM ADMINISTRADOR E ENXERGAR A REALIDADE
    ISSO TALVEIS TEMOS DE SOBRA JA VOCE COM A VISAO QUE ME PARECE QUE TEM É UM FRACASSO

  10. Yuri
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 10:47 hs

    A Tucanada esta “P” da vida com essa entrevista!!!

  11. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 12:04 hs

    Pronto – Sérgio Silvestre teve recaída.

    Falar da cachaça do Aécio e não lembrar dos porretes do Lula…

  12. helena
    segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 – 13:41 hs

    Não confio nadica de nada, algo está obscuro aí…

  13. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 9:34 hs

    Fiscal de Realeza injuria FHC quando o chama de maconheiro. Liberal, o ex-presidente não demonizou que dá suas pitadas.
    Não fez apologia da erva, como o seu líder, o Lula, faz da cachaça.
    Nunca se viu na tevê, FHC com ares de “chapado”, mas Lula, quantas vezes “borracho” na telinha. Coisa feia!

  14. Pedrão
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 13:44 hs

    Fiscal da realeza, pqp, a escola que voce cursou o segundo grau deveria ser fechada, ela te ensinou escrer errado. “Talveis e Pos”, pelo amor de Deus, deixe de assassinar a língua portuguesa. Por essa e por outras que voce é fâ do Lullarápio.

  15. sergio silvestre
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 20:13 hs

    Voces eram colegas né pedrão. Não corrija alguem quando seu vocabulario é do tamanho de um fundo de agulha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*