Decisão sobre perda de mandato de deputados será na quarta | Fábio Campana

Decisão sobre perda de mandato de deputados será na quarta

Do Claudio Humberto:

A sessão para decidir sobre a cassação do mandatos de parlamentares condenados pelo mensalão foi encerrada há pouco pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, e relator do processo, ministro Joaquim Barbosa. Até o momento, quatro ministros votaram pela perda automática dos mandatos dos deputados condenados no processo, e quatro votaram com o revisor, que defendeu que o Poder Legislativo é que deve decidir sobre a cassação. Falta apenas o voto do ministro Celso de Mello, que deve ser na quarta-feira (12).


7 comentários

  1. Max
    segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 – 22:36 hs

    Cana aos MENSALEIROS sem o direito a “representar” o povo que elles abusaram e roubaram

  2. Cajucy Cajuman
    segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 – 22:57 hs

    Onde já se viu, deputado condenado pelo mensalão, continuar com mandato, mesmo depois de condenado e legislando DIRETAMENTE DO PRESíDIO! Que Parlamento é esse que aceita tão baixa representação, se assim for?

    Que brasileiro honrado aceitará ter representante no Congresso da República que cumpre prisão por corrupção? Querem transformar o Brasil no quê, afinal?

    Político corrupto e condenado – independente de quem e de qual partido – não merece o respeito dos didadãos de bem. E ponto final.

  3. Vigilante do Portão
    terça-feira, 11 de dezembro de 2012 – 5:12 hs

    O Marco Maia (PT), Presidente da Câmara Federal, diz que a determinação do adastamento é um “ATENTADO À DEMOCRACIA”.

    Até a Benedita da Silva deu palpite, afirmando que o POVO elegeu e somente o POVO pode cassar.

    Um ATENTADO À DEMOCRACIA é termos no Parlamento DEPUTADOS CONDENADOS pelo STF.

    Assim,

    Deputado Chingar um Deputado é FALTA DE DECORO.É CASO DE EXPULSÃO.
    Entretanto, quando ROUBA dinheiro PÚBLICO e VENDE seu VOTO,

    AFASTAR O CORRUPTO é um “ATENTADO À DEMOCRACIA”.

  4. NA CORDA BAMBA
    terça-feira, 11 de dezembro de 2012 – 5:19 hs

    O babaca do Presidente da Camara bater de frente com o STJ é no
    mínimo uma grande idiotice. Como um condenado pelo STJ poderia
    continuar atuante na Camara !?

  5. Brasiliense
    terça-feira, 11 de dezembro de 2012 – 9:03 hs

    É PRECISO REFORÇAR O JUDICIÁRIO, COM PENA DE MORTE PARA FALSOS JUÍZES CORRUPTOS.
    PODEM FECHAR BRASÍLIA, O MAIOR COVIL DE LADRÕES E BANDIDOS DO MUNDO.

  6. Silvajr
    terça-feira, 11 de dezembro de 2012 – 9:22 hs

    Marco Aurélio passa a limpo parte de seu voto e anula 4 condenações do ‘mensalão’

  7. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 11 de dezembro de 2012 – 13:11 hs

    E Silvajr se compraz quando a barra fica leve para os ladrões do dinheiro dele mesmo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*