Dança das cadeiras | Fábio Campana

Dança das cadeiras

Ilimar Franco, O Globo

O Planalto começa a desenhar a reforma ministerial que seria mini e, aos poucos, vem crescendo. Há uma definição: reduzir a cota do senador José Sarney (PMDB-AP), que tem dois apadrinhados: Edison Lobão (Minas e Energia) e Gastão Vieira (Turismo), que deverá perder o cargo.

Com isso, o Turismo pode passar para a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), cansada da relação estressante com a Câmara. O PMDB quer dois ministérios para compensar o Turismo e o apoio ao PT na eleição em Minas Gerais. Nomes cotados: senador Eduardo Braga (AM), deputados Gabriel Chalita (SP), Leonardo Quintão (MG) e Marinha Raupp (RO).


2 comentários

  1. bacamarte
    domingo, 30 de dezembro de 2012 – 12:22 hs

    Ideli intransigente e incompetente aumentou rejeição à sua pessoa.
    Pelo apoio ao Haddad ganha o Chalita.
    PMDB o partido da situação sempre se dando bem sem produzir coisa alguma de boa para o país.

  2. ranciaro
    terça-feira, 1 de janeiro de 2013 – 0:42 hs

    O PMDB é o próprio vampiro, sempre a espreita para sugar o sangue, sem muita força. Não há necessidade de caçar! A caça se oferece para que mordas menos…

    Um partido, sangue-suga…que não tem o Brio de lançar um candidato. Se é maioria, por que não possui um candidato forte…?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*