Caro demais | Fábio Campana

Caro demais

Apreciado a toque de caixa pelo Tribunal de Justiça, para ser colocado logo em votação na Assembleia Legislativa, o anteprojeto do TJ que revisa as custas judiciais e os valores cobrados em cartórios, com aumentos que chegam a 2.300%, ainda vai dar muito o que falar.

Agora há pouco, o presidente da Alep deputado Valdir Rossoni, que vai colocar o projeto na pauta de votação assim que for encaminhado pelo TJ, foi consultado por alguns jornalistas sobre a proposta. E foi rápido e direto na resposta:

“Minha opinião é que as custas já estão muito altas. Deveriam, sim, é baixar.”


7 comentários

  1. VLemainski - Cascavel
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 17:14 hs

    Comenta-se que em Cascavel um cartório lucra mais de 300 mil mensais. Por uma cópia de matrícula imobiliária (fiticópia e selinho) cobra-se R$ 15,00. Qualquer registro é uma pequena fortuna, fora ainda a demora a ao mau humor a que estamos sujeitos… Aumentar de 4,50 para 75,00 o reconhecimento de firma de uma empresa é uma afronta à honestidade… Se já estão exageradas as tarifas, aumentar para quê? Concordo com o Rossoni. .

  2. Zangado
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 17:36 hs

    Mas não é que nessa época sempre vem a tona o mesmo saque e a mesma lamúria !!!

    A questão: qual a real tarifa justa para todos?

    Jamais respondem essa pergunta.

    Pôxa, isso está feito previsão de astrólogo para o ano novo …

  3. Porecatu
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 17:48 hs

    O tribunal quer “desafogar” o judiciário, levando as famigeradas custas às alturas. Na visão do tribunal talvez essa seja a única fórmula para diminuir o número de ações e procedimentos, quando melhor seria fiscalizar juízes e funcionários, exigindo produtividade à altura dos salários.

  4. sergio silvestre
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 20:43 hs

    PODE SER QUE ACONTECE A VELHA HISTÓRIA DO BOI NA SALA.AUMENTAM BASTANTE,DEPOIS FINGEM QUE ABAIXAM PELA METADE.
    Já teve um golpe destes aqui no PARANA lembram.

  5. caruncho
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 20:59 hs

    CABE AOS DEPUTADOS ESTADUAIS BARRAREM ESSE AUMENTO ABSURDO.PARA ISSO ELES FORAM ELEITOS.

  6. VERDADE
    segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 – 23:41 hs

    É na mão destes sujeitos que o povo do Paraná está… A aprovação de hoje é quase um “Diário Secreto” da ALP!!!

  7. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 4 de dezembro de 2012 – 8:03 hs

    É insaciável a ganância dos cartorários, uma casta intangível, privilegiada, senhorial.
    E cartelistas como distribuidores de combustível.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*