Candidato de centro-esquerda lidera pesquisa na Itália | Fábio Campana

Candidato de centro-esquerda lidera pesquisa na Itália

Folha.com

O líder de centro-esquerda Pier Luigi Bersani (FOTO) é o favorito entre os italianos para liderar o próximo governo, seguido em segundo e terceiro lugares pelos ex-primeiro-ministros Mario Monti e Silvio Berlusconi, mostrou uma pesquisa neste domingo.

Bersani marcou 36,2%, enquanto Monti tem 23,3% e Berlusconi tem 21,8%, mostrou a pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa eleitoral CISE para o diário “Il Sole 24 Ore”. A pesquisa com 1.309 italianos foi realizada entre 22 de dezembro e 28 de dezembro.

Quem ganhar as eleições de 24 e 25 de fevereiro terá de lidar com uma profunda recessão e aumento do desemprego na terceira maior economia da zona do euro, bem como manter as finanças públicas sob controle.

Ex-comissário europeu, Monti foi nomeado para liderar um governo não eleito de especialistas para salvar a Itália da crise financeira um ano atrás.

Ele é o preferido de investidores internacionais, da Igreja Católica, e do setor de negócios, e tem sido amplamente creditado com o restabelecimento da credibilidade da Itália após os anos de escândalos de Berlusconi.

As coligações que vão apoiar os principais candidatos ministeriais ainda não estão concluídas.


2 comentários

  1. Ocimar
    segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 – 10:57 hs

    A ITÁLIA NÃO MERECE TER ESSES TERRORISTA NO GOVERNO,DEVERIA É EXTERMINAR ESSE LIXO ESQUERDISTA.

  2. kiko
    segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 – 21:06 hs

    Os europeus parece que não sabem escolher os seus governantes, ora escolhem a direita, ora a esquerda. E estas escolhas sempre implicam em mudanças radicais nas politicas econômicas. Vemos hoje os franceses fugirem da Terra de La Fontaine como fizeram nos tempos de Miterrand, porque os socialistas resolveram, novamente, espoliar os mais ricos. Na Espanha e em Portugal rejeitaram a política econômica dos socialistas e hoje reclamam de quem escolheram. O mesmo vai se dar na Itália, vão votar em um populista, e logo vão se arrpender quando a economia não andar conforme o prometido. É esperar e conferir. Kiko

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*