Alvaro publica texto emocionado em homenagem ao pai e contra os "abutres" | Fábio Campana

Alvaro publica texto emocionado em homenagem ao pai e contra os “abutres”

O senador Alvaro Dias postou em seu blog um texto em homenagem ao seu pai. É uma afirmação de princípios e valores que recebeu do pai e uma defesa neste momento em que é atacado. Diz que o espírito do Natal o estimulou a escrever, “constratando com o achincalhe de alguns poucos abutres morais, especialmente no Twitter”.

É um texto significativo que o blog reproduz. É o que segue:

“Patrimônio da Honestidade: a homenagem a meu pai!

O espírito do Natal contrastanto com o achincalhe de alguns poucos abutres morais, especialmente no Twitter, leva-me a homenagear meu pai. Sem ter frequentado a escola, transformou-se em notável professor da honradez e do trabalho. Construiu significativio patrimônio material, mas o mais importante que legou a seus 10 filhos foi o da decência e honestidade. Imagino se estivesse vivo qual seria sua reação nesta hora.

Sua trajetória na construção desse patrimônio foi uma epopéia. Começou em 1938, portanto, muito antes do meu nascimento, quando ainda jovem chegou onde hoje se localiza Maringá. Saindo de Quatá-SP, na antiga jardineira, a viagem sobre quatro rodas se encerrava em Londrina, cerca de 100 quilometros do destino. A partir daí no lombo de cavalos percorreu trilhas abertas na mata para chegar. Em Mandaguari a parada no unico e pequeno hotel existente, depois a cavalgada até o fim da picada em Maringá. Acompanhado por corretores desceu até onde se localiza hoje a UEM e foi adiante até o local escolhido. Decidiu por esse lugar porque encontrou água (pequeno rio) e soube que a linha férrea mais tarte passaria por lá. A região era inóspita, perigosa e afastava os desbravadores. Não foi dificil com algumas dezenas de réis adquirir extensa área de terras, o inicio da construção de um razoável patrimônio. Várias vezes foi aconselhado a vender, a selva era perigosa. Resistiu, persistiu! Aos poucos foi derrubando a mata e plantando café. As viagens se repetiam, nas mesmas e dificeis circunstâncias, a partir de Quatá onde a familia ficava. Em 1954 a mudança. Casa construida para receber mulher ( minha mãe Helena) e filhos. Verdadeiro mar verde, os cafezais produziam safras incríveis. Foi o ponto de partida para a formação de novas fazendas de café, como a de Itambé que muito me impressionava ainda garoto, pela grandeza e beleza das suas lavouras. Logo a seguir Jesuitas, no Oeste do Paraná, etv.etc.. Silvino, meu pai, mandava os filhos estudar e ficava na sua batalha diária que começava sempre antes do nascer do sol. Vida dura de trabalho e só. Não conheceu o mar, não colocou o pe´nas areias da praia e só viu Curitiba, nossa capital, quando da minha posse como governador. A fazenda Diamante que formou em Maringá, transformou-se na Cidade Nova. Morreu aos 95 anos e pouco antes disso me disse: “a cidade chegou muito perto de mim, se fosse mais jovem iria embora para algum estado emergente fazer o que fiz quando aqui cheguei em 1938 cheio de esperança.” Em nome dos seus oito filhos vivos, dois jás se foram, as minhas homenagens neste Natal. Obrigado meu pai! Seus filhos aprenderam a lição, formaram-se em universidades, aumentaram o patrimônio material pelo senhor legado, (mais os que não estão na vida publica), mas sem esquecer de preservar a sua riqueza maior: a honestidade! Por isso meu pai, em sua homenagem, aos que achincalham a honra deste seu filho, por ignorância ou má fé, lembro Mario Quintana, poeta gaucho, “Eles passarão, eu passarinho”…


41 comentários

  1. loop
    terça-feira, 25 de dezembro de 2012 – 23:22 hs

    Falou o homem da cavaria nos professores, filhos dos outros.

  2. Candido Mendes neto
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 0:00 hs

    Isso foi para turma do beto richa, esse sim deveria escrever uma carta para o “turco” pedindo desculpas pelo péssimo mandato, até agora.

  3. walter
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 0:43 hs

    foram e são os piores exploradores imobiliario de Maringá

  4. CLOVIS PENA -
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 5:21 hs

    Estou achando tudo muito confuso. As partes deveriam falar mais claramente.

  5. Kacetada
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 7:55 hs

    O que esse texto lúduco tem haver com patrimônio não declarado?

  6. Mar
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 8:07 hs

    Fim de linha, cara. Aposente-se.
    Seu nome será devidamente esquecido.
    Se não aceita críticas, retire-se da vida pública.
    Chorar de barriga cheia e com a conta bancária gorda é fácil.
    Perdeu até o melhor senso.

  7. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 8:09 hs

    Boto fé no filho do seu Silvino e da dona Helena. Conheço parte da história da família Dias e sabia da fama de honradez e de dedicação ao trabalho do pioneiro, desde que trabalhei em O Diário, no seu nascedouro, 73, em Maringá.

    (Ei, – urubuzaiada – tô querendo emprego não. Aposentado, quero fazer uns trabalhos que comecei na minha região e conhecer alguma coisa desse Brasilzão).

  8. José Carlos da Silva
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 8:30 hs

    O ilustre Senador esqueceu de dizer qual foi o patrimônio que lhe coube e em quanto ele transformou este patrimônio. Segundo consta, recebeu de herança uma pequena quantidade de terras e hoje é considerado um dos homens mais ricos do Paraná. Sem se equecer ainda, que nunca trabalhou na iniciativa privada, sempre viveu dos cofres públicos.

  9. Sebastião faísca
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 8:34 hs

    Força Álvaro força.
    O Brasil haverá de se livrar destes canalhas.

  10. fiscalde realeza
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 9:04 hs

    ESSE SUJEITO FOI SE METER COM PESSOAS DO PSDB QUE PARA FAZER SUAS VONTADES VENDEM A PROPRIA MAE PERDEM O RESPEITO SE É QUE TENS ALGUNS PARA FAZER A VONTADE POLITICA
    NAO ESTOU DEFENDENDO O PERUCAO DIAS MAS NESSE MOMENTO
    QUE ELE FOI ATACADO DEVE REPENSAR O QUE ELE TAMBEM FAIS PARA SE SEGURAR EM UM PARTIDO DE EXPLORADORES

  11. william machado
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 9:35 hs

    apesar de alguns erros de condução politica em seu governo, trata-se de um senador que orgulha o parana e honesto. belo texto parabens

  12. samuel silva
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 9:44 hs

    Todos que começam ver sua biografia podre vir à tona, começam a falar de Deus ou então do papai…falsa hipocrisia…..se ele mandou bater em professores/as, talvez tivesse mandado espancar seu papai da honradez.
    Lembrando o princípio marxista:”que toda riqueza é fruto do crime”….então papai não construiu um patrimônio invejável sozinho.
    Tenho dito

  13. Freitas
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 9:55 hs

    Fábio, pergunta qual a marca do oleo de peroba deste cara de pau! O irmão tinha fazendas em goias e o paladino tinha imóveis em brasilia. Nenhum desses patrimônios condizente com a renda dos mesmos. Esse discrusinho barato não engana ninguém. Teve que a filha abandonada afetivamente ter que tomar providência para a história vir a tona!

  14. luiz*
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 10:17 hs

    O exercício da figura pública.
    Mesmo com muitos anos de vida pública, nem todos suportam a exposição.
    Ser atingido em sua honra, família, etc… É o preço doloroso.
    Se a notícia for verdadeira! A verdade liberta.
    Somos humanos e sujeitos a cometer erros.
    A época é propícia para pedir perdão e recomeçar.
    Se a notícia for inverídica, a dor é maior e muitas vezes sem reparo.
    Uma boa banca de advogados pode lidar com esse ativo.
    Feliz Natal a todos! E um feliz Ano Novo

  15. Luiz Simões
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 10:20 hs

    Parabéns Senador Alvaro Dias, quanto mais o conheço mais o admiro pela sua formação, pela sua honradez, e principalmente pela sua defesa no senado dos interesses do seu Paraná.

    Um abraço fraterno

  16. quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 10:27 hs

    Senador Alvaro Dias, fique e permaneça de cabeça erguida, sua família nunca foi pego com dolares em cuecas, em sociedades com “cacnoeiras” ou envolvidos em trambiques de mensalão. Seus filhos nao ficaram ricos de uma hora para outra, enfim tenha um Feliz Natal e um dígnom Ano Novo.

  17. quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 10:29 hs

    Parabéns senador! Sempre o admirei, pela sua postura e pela maneira que sempre recebeu a mim, e outros colegas, em seu gabinete em Brasília. Um verdadeiro homem público que conhece as necessidades dos pequenos municípios e do estado de representa. E o mais importante, sempre manteve um bom relacionamento com os que o procuravam. Pessoa de fácil acesso. Típico do sertanejo sofrido que sabe que na vida as vitórias mais saborosas são aquelas em que lutamos na linha de frente. Confio em seu trabalho, na sua postura e honradez. Parabéns!

  18. Rui Barbosa
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 10:44 hs

    O Extraordinário homem público Alvaro Dias,dignifica a politica nacional e foi um Governador de verdade,competente,inteligente e muito Capaz!!!Fez uma verdadeira revolução no nosso estado,só vista antes por Jayme Canet junior e Ney Braga!
    Conte com os paranaenses,estimado e competente Senador
    Alvaro Dias.

  19. jose luis silva
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 11:10 hs

    ]valeu senador,

  20. Phaulinho Oliveirah
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 11:27 hs

    O Senador Álvaro Dias é o pilar da honestidade na Política do Paraná e do Brasil. Contra fatos não existem argumentos.

  21. Paulo Siqueira
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 11:55 hs

    A administrração do PT em Brasília está um lixo e muito mal avaliada. Alvaro é favorito ao governo por lá. Aí a comunicação do PT (ministro PB) mandou atacar. Apesar da onda de renovação que impera no país, Alvaro póde tentar novamente o senado aqui no Estado. Mas não vai ser fácil a indicação e o mano pode ser candidato coligado com o PT, para ajudar a mulher do ministro PB. Que sinuca Alvaro!

  22. ernesto
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 12:36 hs

    Oito perguntas para o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) sobre o aparecimento de sua fortuna de mais de R$ 16 milhões:

    1) Tem cheque da organização de Cachoeira nos R$ 16 milhões da venda das casas, assim como aconteceu com o colega tucano Marconi Perillo? Afinal, por que Álvaro Dias votou contra o indiciamento de Cachoeira na CPI?

    2) A grilagem de terrenos públicos em Brasília para especulação imobiliária sempre foi caso de polícia no Distrito Federal, principalmente nos governos de Joaquim Roriz, mas também há indícios durante o governo de José Roberto Arruda (o do mensalão do DEM). O senador tucano poderia divulgar a escritura pública de aquisição dos terrenos e a certidão no Registro de Imóveis? Ou o jornalismo investigativo terá que fazer busca nos cartórios?

    3) Qual foi a empreiteira que construiu as casas? E por qual valor por metro quadrado?

    4) Há lobistas ou corruptores atuantes no Senado entre os compradores das casas? O senador tucano poderia divulgar as escrituras públicas de venda das casas? Ou o jornalismo investigativo terá que fazer busca nos cartórios?

    5) O senador tucano oferece seus sigilos bancários e fiscais para averiguação da origem da fortuna superior à R$ 16 milhões?

    6) O senador tucano vai pedir para Comissão de Ética e Decoro parlamentar abrir uma investigação sobre si, já que votou no passado pela cassação do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), por um problema de pensão semelhante, porém envolvendo valores muito mais baixos.

    7) O senador tucano vai pedir para o Instituto de Criminalística da Polícia Federal fazer uma investigação sobre sua evolução patrimonial, semelhante à que foi solicitada no caso do senador Renan Calheiros?

    8) O senador tucano vai pedir para o Procurador Geral da República abrir um inquérito sobre a origem dos R$ 16 milhões, da mesma forma que exigiu no caso do ex-ministro Palocci?

  23. Raul Maleatto
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 12:52 hs

    Acredito que todos são inocentes até prova em contrário. Se os detratores do Álvaro Dias têm algo a mostrar, por que não mostram às autoridades? A é, falar é muito mais fácil do que fazer, não é mesmo?

  24. Anônimo
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 13:26 hs

    Conheço a família Dias em Maringá. O texto escrito pelo senador Alvaro Dias é um relato verdadeiro da história de sua família, de seu pai Silvino Dias, pioneiro em nossa cidade. Lamento profundamente se alguém, ou alguns, por ignorância ou má-fe, tentam de forma inadequada questionar a trajetória dessa família, ou do senador Alvaro Dias. Escrevo aqui para expressar meu reconhecimento à história da família Dias que nos dá exemplo de dignidade. Saudações a todos, wilson quinteiro, de Maringá.

  25. VERDADE
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 13:37 hs

    É muita apelação!!! Falou, falou e não disse de onde vieram os 16 milhões…Chega de chororo e explique melhor. Valha-me Deus quanta cara de pau!

  26. ernesto
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 14:00 hs

    Vovó já dizia: “Todo moralista esconde algo de podre, todo moralista é safado”.

  27. ernesto
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 14:14 hs

    O que vale mais? As 5 mansões do Alvaro Dias por 16 milhões ou o apto na Av Fochs de FHC por 14 mil euros o m2?

  28. Oclecio Menezes
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 14:24 hs

    Os abutres tentam calar a voz de quem qué acabar com a corrupção e corruptos, Parabéns Alvaro siga firme.

  29. Paulo Henriqu Azzolini
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 14:32 hs

    Iniciei minha Educação além do berço, no Grupo Escolar Professor Lourenço Filho, cidade natal Cornélio Procópio.
    Sempre aprendi que o Legislativo FISCALIZA o EXECUTIVO. Portanto Álvaro Dias Senador do meu Estado Paraná. Entre tantos projetos e atividades no Senado, vc nunca deixou de exercer o seu papel principal.
    Fiscalizar. O resto é resto Senador.

  30. Pete
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 16:36 hs

    Ok. Mas e os 16 milhões ?? Nem uma linha ??

  31. Pedro Rocha
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 18:47 hs

    Se Álvaro Dias estiver metido em falcatruas e safadezas, então está decretado o fim de tudo!
    Sugiro ao nobre Senador que fale tudo; sem esconder nada, para que possamos avaliar a atual situação, do último bastião da moralidade e dos bons princípios no lupanar que transformaram Brasília, e o único político que tem colhões pra enfrentar o petismo marginal.
    Talvez esse seja o preço a pagar pela sua coragem e intrepidez!

  32. Ed
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 20:22 hs

    Conheço o Álvaro Dias desde 1968, quando eu ainda era menino e ele nem sonhava com política. Já fui até prejudicado por ele, quando o mesmo foi governador do Paraná. Agora, uma coisa que não posso duvidar, é de sua honestidade e, também da honestidade de toda a sua família. Sua fortuna e a fortuna de seus irmãos têm origem na fortuna de seu pai, o Sr. Silvino Dias (espanhol) homem que enriqueceu trabalhando honestamente, tornando-se um dos mais ricos, ou talvez o mais rico de Maringá, Seu pai nunca foi político e já era muito rico, mesmo antes de seus filhos se meterem em política.

  33. Anônimo
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 20:31 hs

    Alguém vai acreditar nisto???? principalmente os Maringaenses, no bla-bla ok, mas na $$$$$$……!!!!!!!!!!!!!!!

  34. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 21:15 hs

    Se o policial revista um suspeito, está abusando da autoridade; se não, é omisso.
    Se prende, o Juiz solta e ele é acusado de não cumprir as normas estabelecidas para a detenção.
    Se deixa o pau torar numa manifestação pública, como a acontecida no gov. do AD, é acusado de desdenhar o bem público.
    Se previne, é violento.
    Se mata um marginal num confronto, pintam os direitos humanos para questionar se foram esgotados todos os meios para evitar a morte. Se ele morre, a família recebe uma pensão que, faça-me o favor!
    O cavalo babão do Largo da Ordem sabe que o salário da polícia é indecoroso.
    Alguém vai falar porque se entra nela, ao contrário de valorizar a coragem e sobretudo, o abraçamento de tão mal-compreendida quanto perigosa e ingrata vocação.

  35. Oclecio Menezes
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 21:42 hs

    Campana teu site perde a credibilidade quando você exclui comentários que defende a ação do Senador Alvaro Dias, oque escrevi demais pra receber censura do meu comentário.

    R: Seu comentário nunca foi censurado. Apenas aguardava aprovação. Já foi aprovado.

  36. Helena
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 22:39 hs

    Senador Àlvaro Dias: A PTralhada, já tenta há muitos anos te prejudicar e não consegue, pois tens a vida limpa e não suja como a deles sem exceção. Continue batalhando no Senado contra esta corja que assola nosso querido país, pois, muito em breve as coisas se esclarecerão e não haverá prisão suficiente para tantos corruptos. Coragem senador, o povo (honesto é claro) está com você!!!
    Ninguém chuta cachorro morto, Senador!

  37. Helena
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 22:46 hs

    Se todo moralista é safado, imaginem os safados escondem o QUÊ? a corrupção, a seguda dama do país – Rosemeire, mensalão, assassinatos para queima de arquivos, inúmeras falcatruas e infinita mentiras, além da covardia de não assumir as infinitos pecados…

  38. "Eduardo"
    quarta-feira, 26 de dezembro de 2012 – 22:49 hs

    Senador: Quem buscou ferir-lhe com a língua, com a sua pena foi ferido. Feliz e oportuno desabafo em forma de belo texto.

    E.T.: V.Excia., recentemente, sem pestanejar, assumiu uma causa (justa) em minha defesa. “E quem veste a minha camisa, vestirei para sempre o seu terno”. Conte sempre comigo.

  39. sergio silvestre
    quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 – 12:57 hs

    Eu não acredito que o senador ALVARO DIAS seja desonesto.
    Pra mim foi o maior governador que o PARANA já teve,Fez muito pela minha cidade ,LONDRINA.
    Tem muita fome por noticias e parece que temos uma agencia secreta para seguir os passos e proliferar boatos.
    Como a população tem uma carencia de idolos e defatos novos,se deliciam as vezes com a honra de alguem.
    A familia dias dos tres mmeninos,sempre foram de posses.
    Critico sempre o ALVARO pela sua ansia por holofotes,mas isso não quer dizer nada da sua grandeza politica.

  40. Ed
    quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 – 13:30 hs

    Tem um monte de comentários acima sugerindo um monte de perguntas para o Álvaro Dias, cuja fortuna foi herdada do pai, que nunca lidou com a coisa pública. O que me impressiona é que ninguém faz as mesmas perguntas para o “bosteiro” do zoológico de São Paulo, que há dez anos não tinha nada e hoje é um dos mais ricos do Brasil. Ninguém sugere as mesmas perguntas para “o cara” que nomeou e viajava com a “Rosegate” e tantos outros responsáveis por um monte de falcatruas. Por quê?

  41. Silvajr
    quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 – 17:27 hs

    Helena, esqueceu que esse senador já foi expulso do PSDB? Criticou a compra da emenda da reeleição do FHC? quem estava certo naquela época ? Quem mentiu?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*