Receita para o Planalto: um roteiro para Aécio | Fábio Campana

Receita para o Planalto: um roteiro para Aécio

Do Felipe Patury:

O presidenciável tucano Aécio Neves (foto), senador por Minas Gerais, o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso analisam um texto sobre o que o partido deveria fazer para reconquistar o Palácio do Planalto em 2014. Elaborado pelo deputado Marcus Pestana (MG), um dos mais próximos colaboradores de Aécio, o texto propõe que o projeto presidencial seja dividido em quatro etapas. Na primeira, o PSDB realinha seu programa com a social-democracia europeia e lança um novo manifesto, no primeiro semestre. A segunda ocorre entre junho e agosto de 2013, quando é decidida a forma de escolha do candidato presidencial: por prévias ou por convenção. Na terceira fase, são entregues ao candidato todas as propagandas a que o partido tem direito no segundo semestre de 2013 e em 2014. O segundo trimestre do ano da eleição seria dedicado à formação de alianças partidárias.


7 comentários

  1. Rock
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 0:05 hs

    Esse Coronel alcolatra la das Minas é o melhor que os Tucanos tem para apresentar, então estão acabados mesmo.

  2. sergio silvestre
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 9:36 hs

    Esse adora PARATI e PETRÓPOLIS.
    Terra de boa pinga e boa cerveja.

  3. IW
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 10:53 hs

    Vamos ser realistas, Aécio tem muitos “esqueletos no armário”, em caso de campanha de baixo nível (existe outra?) não vai resistir; A “uvinha” de Russomano vai ser apenas uma uvinha mesmo, perto da vida social de Aécio…

  4. Alessandro
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 11:11 hs

    Só falta combina com os eleitores!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Palpiteiro
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 11:34 hs

    O PSDB não tem novos quadros. Sempre os mesmos. A política do café com leite, SP e MG, embora São Paulo não produza mais café, vai afundar o PSDB. Não surge ninguém. Nem venham falar em Richa, porque este é mais inodoro, insípido e incolor que Serra e Alckmin. O PSDB é um partido em extinção. Aécio vai pilotar o naufrágio, afinal mineiro não conhece nada de mar. Principalmente, o mar de lama do Brasil petista.

  6. VERDADE
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 13:03 hs

    Outro pinguço!!! Não falavam tanto do Lula? Esse pode?

  7. salete cesconeto de arruda
    domingo, 4 de novembro de 2012 – 22:03 hs

    Serra vai ABATER Aécio antes de ele piscar.
    Anotem.
    Ou alguém acha que Serra brinca em serviço?
    FHC é refém do Serra. Por isso dá conselhos para o Aécio tentar viabilizar aliados fora do partido.

    Olha a SITUAÇÃO da OPOSIÇÃO sem projetos aí gente….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*