Para além dos bebês de Rosemary | Fábio Campana

Para além dos bebês
de Rosemary

Do Painel, Folha de S.Paulo:

Questão de tempo A Operação Porto Seguro não chegou só à chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha. Dentre os suspeitos de envolvimento no esquema de tráfico de influência descoberto pela Polícia Federal, estão outros integrantes do alto escalão do governo federal. A PF decidiu deixá-los para uma segunda fase porque, se fossem incluídos já, o caso iria ao STF, ocupado demais com o mensalão, e a PF perderia o controle da operação nesse momento.

Thriller Nomeados para a Ana e a Anac a pedido de Rosemary Noronha e, assim como ela, indiciados pela PF, os irmãos Paulo e Rubens Vieira são conhecidos nas agências reguladoras por um apelido bem revelador: “os bebês de Rosemary”.

Cifrado Um ministro do PMDB fez chegar à Presidência ontem o seguinte comentário sobre Dilma e a exoneração de Rosemary: “se ela faz isso com uma indicada de Lula, imagina o que não fará com um dos nossos”.

Faxina A presidente Dilma quer aproveitar a operação da PF para acabar com as indicações políticas nas agências reguladoras.


5 comentários

  1. De olho
    segunda-feira, 26 de novembro de 2012 – 17:05 hs

    A Operação Porto Seguro tinha que vasculhar a SEMA (Secretária de Meio Ambiente do Pr.), que virou um Balcão de Negócios com a liberação de licenças para PCHs e CCHs.

  2. Sergio R.
    segunda-feira, 26 de novembro de 2012 – 19:55 hs

    Num país com oposição séria daria impeachment. Esses ratos se proliferam por toda a república.

  3. Proteu Dela Rue
    terça-feira, 27 de novembro de 2012 – 2:25 hs

    Dilma está sendo um exemplo. Não tem conversa pisou fora da linha, demite. Não tem apaniguado que se meta a besta que não baile.

  4. terça-feira, 27 de novembro de 2012 – 10:07 hs

    Menos Proteu Dela Rue, meenooss.

  5. Jeisa
    terça-feira, 27 de novembro de 2012 – 11:55 hs

    Proteu Dela Rue, e o Fernando Pimentel? Melhor, e a própria Rosemary Noronha, que esteve envolvida no caso dos cartões corporativos, mas que sobreviveu, e muito bem, obrigada, para continuar mandando e desmandando até que foi pega com a boca na botija e, aí sim, pq não havia volta, defenestrada por Dilma?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*