Não é problema, é solução | Fábio Campana

Não é problema,
é solução

Do Poder Online:

Reconhecido como o cabo eleitoral que mais votos carregou para a eleição de Fernando Haddad na Zona Sul de São Paulo, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Jilmar Tatto, conquistou a secretaria de Transportes da futura gestão.

O detalhe é que, ao renunciar ou ao se licenciar do cargo, Tatto perde sua imunidade parlamentar.

O que parece ser um problema, pode representar uma solução: Tatto é investigado pelo Supremo Tribunal Federal por suposta infração à lei das licitações públicas.

Na condição de secretário municipal, o caso, em tese, pode ser devolvido à primeira instância do judiciário, onde tudo teria que ser refeito.

A última movimentação no inquérito foi um pedido de informações feito pela ministra Cármen Lúcia, relatora, encaminhado no último dia 9 ao Tribunal de Justiça de São Paulo.

O caso chegou ao STF em 2010 e envolve suspeita de fraude na época em que Tatto foi secretário de Transportes da Prefeitura paulistana, entre 2002 e 2004, durante a gestão da atual ministra da Cultura, Marta Suplicy.


2 comentários

  1. Cajucy Cajuman
    sábado, 17 de novembro de 2012 – 11:19 hs

    Maquinações, improbidade, falta de ética, desrespeito ao serviço público. Afinal, tá tudo nivelado por baixo? Parece que só cadeia é o caminho da moralização. Ou, salve-se quem puder.

  2. ranciaro
    sábado, 17 de novembro de 2012 – 11:56 hs

    O Fernando Haddad precisa de um expert em licitações, principalmente nas obras de SP.

    Indicado pelo Lulalá, teremos em SP, futuros bilhardários.

    E a Fundação cresce a olhos vistos. O CARA vai fazer umas viagens pela Europa e Ásia…..

    Na França vai com o Sarkozi, representante da Empresa que vende caças Rafale, (10%) já é de bom tamanho. Na Índia foi 5%..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*