Morreu Joelmir Beting | Fábio Campana

Morreu Joelmir Beting

Morreu no início desta madrugada o jornalista Joelmir Beting, aos 75 anos. Ele estava internado desde o dia 22 de outubro no Hospital Israelita Albert Einstein para tratamento de doença autoimune, em São Paulo, e, no domingo, sofreu um acidente vascular encefálico hemorrágico.


19 comentários

  1. lico
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 10:22 hs

    Lá se foi um grande jornalista, inteligente e imparcial, dava a noticia e sua opinião, principalmente na economia.

  2. Origem
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 10:55 hs

    O jornalista perde um Grande Homem

  3. Origem
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 10:55 hs

    O Jornalismo e o Brasil Perde um Grande Homem

  4. sergio silvestre
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 10:57 hs

    Aprendi alguma coisa com o JOELMIR,com suas frazes divertidas e inteligentes.
    Prá mim o melhor comentarista de economia da tv.
    A vida prova prá gente que essa linha tenue entre a vida e a morte,é aproveitar enquanto aqui estamos.
    Porisso quando passo o meu tempo aqui no blog,prefiro algo divertido e ludico ,que é malhar politico,pois a matéria prima é farta.

  5. Mardoqueu
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 11:08 hs

    Uma grande perda, infelizmente perdemos um grande homem!!!

  6. EL LOKO
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 11:26 hs

    Uma enorme perca, um homem inteligente, esclarecido e formador de opinião, insubstituivel.

  7. Caça corruptos
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 12:51 hs

    Morreu uma das célebres vozes da democracia

  8. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 15:32 hs

    Os economistas falavam e ele os traduzia.

    E nada de recomendar obviedades não gastar mais do que se ganha.

    Em 83, enchente do Iguaçu, o teste de admissão do gov. do Zé Richa, pai, num artigo falou sobre a importância dos quebra-ventos, da mata ciliar.

    “Os agricultores dão mais importância às cercas convencionais. E tome erosão que passa debaixo e no meio dos fios de arame. (referiu-se às erosões laminar, de sulco e eólica) Nós não temos o costume de plantar quebra-ventos, como fazem os europeus ha cinco mil anos. A turma aqui pensa que é enfeite”.

  9. maria helena silveira maciel
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 17:55 hs

    Morre um dos grandes jornalistas deste país pobre de pessoas imparciais e justas, traduzia para nós o economes, tinha um humor invejável e sábio. Sentimentos de pesar a todos.

  10. chaves
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 17:57 hs

    Assistia sempre seus comentarios, nunca se dizia ser dono da verdade, mas ia direto ao ponto.

  11. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 18:01 hs

    Sempre ÉTICA e não fazia parte do PIG.
    Quem dera todo jornalista fosse como ele.
    Esse deixa MUITAS SAUDADES – Fábio!

  12. Imauricio
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 19:32 hs

    Nunca vi este grande jornalista,ser parcial.sempre foi imparcial,falava sem ter o rabo preso com ninguem,principalmente no tocante a economia brasileira.uma grande perda sem dúvida.

  13. Canelas
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 19:48 hs

    Joelmir era genial. Uma espécie de Barão de Itararê. Tinha tiradas sarcásticas sobre tudo, especialmente política e economia, passando pelo futebol e uma voz inconfundível, bem colocada, era o cara que lia os editoriais da band tv, quando os tinha porque era a voz da seriedade. Lá se vai mais um num ano pródigo em nos tirar as melhores almas.

  14. KATIA
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 20:03 hs

    Perdemos um dos maiores jornalista deste pais falava com conhecimento de causa que deus o tenha

  15. Deutsch
    quinta-feira, 29 de novembro de 2012 – 21:03 hs

    Grande e sábio homem, que fique com Deus.

  16. QUESTIONADOR
    sexta-feira, 30 de novembro de 2012 – 8:21 hs

    -O Brasil perde um grande profissional e excelente pessoa e caráter!!!
    -Conseguiu traduzir a linguagem difícil da economia para o povão e também para as classes mais abastadas, sempre com ótimos e inteligentes textos e de fácil compreensão!
    -Gostava muito de vê-lo no jornal da Band, ao lado do Boechat e da Ticiana.Foi inesquecível o dia em que se apresentou ao vivo com a camisa do Palmeiras, sua outra grande paixão!!!
    -Minhas condolescências à família!!!

  17. marco
    sexta-feira, 30 de novembro de 2012 – 10:25 hs

    era um grande jornalista,.. todavia.. desde que desclassificou os garis como a mais baixa classe desse pais.. como se eles fossem uns ninguém.. e era isso que o Joelmir pensava mesmo.. falou isso ao vivo na TV achando que nao estava ao vivo.. perdeu toda a credibilidade que tinha.. agora.. os garis vao limpar seu túmulo

  18. marco
    sexta-feira, 30 de novembro de 2012 – 12:47 hs

    esquece o posto anterior.. deleta.. o jornalista que denegriu os garis ao vivo.. foi o imbecil do Boris Casoy.. eis a notícia.. o Joelmir na verdade só defendeu o colega, falando que ele nao teve intenção de denegrir os varredores de rua..
    “No Natal de 2009, Lima (gari) apareceu no Jornal da Band ao lado de um colega de trabalho, desejando felicidades ao povo brasileiro. Assim que o noticiário foi para o intervalo, o microfone de Casoy permaneceu aberto e todo o País ouviu ele dizer: “Que merda! Dois lixeiros desejando felicidades do alto de suas vassouras. O mais baixo na escala de trabalho”.”

  19. salete cesconeto de arruda
    sexta-feira, 30 de novembro de 2012 – 21:23 hs

    E assim o pouco que restava de JORNALISMO no PIG vai se esvaindo de vez.
    Saudades querido MESTRE!
    Saudades!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*