Mais um feriadão | Fábio Campana

Mais um feriadão

A laborfobia dos funcionários públicos nativos é conhecida. Há festa nas repartições públicas estaduais. Não haverá expediente no dia 16 de novembro por determinação do governador. Para amenizar a consciência, diz o édito que cada barnabé deverá repor uma hora por dia na semana seguinte para compensar o feriadão.


20 comentários

  1. MOISÉS
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 16:30 hs

    SR. EDITOR, NÃO TEM NOTICIA MAIS RELEVANTE PARA DAR.
    SUGIRO QUE FAÇA UM CONCURSO PÚBLICO PARA PODER SE BENEFICIAR.

  2. Vergonha
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 16:59 hs

    Quero ver o governador repor sua horas. Afinal, até agora não governou.

  3. esoj solrac
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 17:12 hs

    Eita inveja desgraçada

  4. Anonynous
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 17:21 hs

    Concordo com o Moises…. se fosse funcionário público, com certeza estaria festando com os outros….
    até mesmo um workaholic merece um descanso… mas, só de vez em quando né…

  5. marco
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 17:26 hs

    isso também ocorrerá no TJ, Prefeitura, TC, ALEP, de Todos os Estados brasileiros praticamente, e o Senhor Campana sequer fez menção, acredito que esteja se remoendo de inveja, pois deve trabalhar muito no dia 16 estou certo? caso contrário não teria motivo pra insinuações medíocres

  6. Denunciante
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 17:28 hs

    Mania de achar que culpa dos servidores. QUEM DECRETA PONTO FACULTATIVO É O GOVERNADOR. Se não Decretasse…os servidores publicos trabalhariam. Portanto NÃO SEJA MALDOSO NA MATERIA!!!!
    Quer culpar alguem por feriadao ao funcionalismo, culpe a pessoa certa. Nao os funcionários concursados que ganham uma merreca de salario, Vá cobrar isso do Governador e dos milhares de comissionados que tiverem 100% de aumento. Sr. Campana.

  7. Jeisa
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 18:18 hs

    Os comentarios aqui mesmo no blog mostram que o post é verdade. A laborfobia é tanta que nem aceitam críticas a proclamação de mais um feriado. Sabem quanto custa à produção estadual e ao pibinho brasileiro mais um dia de folga? Como já dizia Nelson Rodrigues, “o brasileiro é um feriado”!!!

  8. Luiz
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 19:35 hs

    Olha..faz hora que ninguem trabalha… e só fazer uma avaliacao dos sites… so noticiias velhas,,…. Prgrama que e bom, somente o churaasquinho de final de semana do pessoal que tem DAS ( que foi consideravelmente aumentado pelo Beto…)
    Vao continuar nao fazendo nada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Luiz

  9. ranciaro
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 20:24 hs

    Sou funcionário público…e sexta feira em Universidade é um desastre 90% dos acadêmicos não comparece, quando existe um feriado na quinta….

  10. VERDADE
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 20:39 hs

    Tá bom!!! No outro feriado foi a mesma coisa e ninguém compensou!!! É o retrato deste Governo…Só folga.

  11. kiko
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 21:25 hs

    Deixem de ser invejosos, porque quem pode emendar feriado não reclama. E se as repartições públicas não funcionam a culpa não é dos funcionários, é do governador e dos prefeitos, que muitas vezes até incentivam a vagabundagem . Alguém entre os resmungões tem bronca do Carnaval? Não? E por que não? Porque não tem coragem de falar, fica feio falar mal do nosso maior FERIADO. ACarlos

  12. Pedreiro
    segunda-feira, 12 de novembro de 2012 – 23:19 hs

    ….mas a notícia não para!
    ….Ainda bem que o Campana estará de plantão!…sonéquinha tranquila na sexta!

  13. Guaratuba
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 9:08 hs

    Os comerciantes do litoral agradecem. PARABÉNS BETO!

    A economia gira, vamos faturar um pouco… venham e curtam nosso litoral!

    A inveja é uma m….

  14. Zé Adamastor
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 10:53 hs

    Laborfobia significa “medo ou repulsa em trabalhar”, o que não é aplicável ao caso pois, como o próprio editor disse, foi decretado que os funcionários públicos terão que compensar esse feriado trabalhando uma hora a mais por dia por um determinado período. Logo, esse tempo não será “perdido”, mas “compensado” e aí há uma diferença considerável entre o significado dessas duas palavras que, se mal interpretado, pode levar a conclusões equivocadas sobre o assunto. Por sinal, tal prática está presente também nas instituições de direito privado, sob a denominação “banco de horas”, que nada mais é do que utilizar-se de horas extras prévia ou posteriormente feitas para compensar uma data na qual não se vá trabalhar e não há nada de errado nisso. Se quer ser “beneficiado” com essa COMPENSAÇÃO, sugiro que faça um concurso público. Há várias vagas abertas com salários bastante atraentes ;)

  15. Trabalhador
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 13:05 hs

    Pelo menos isso para o servidor, ESPECIALMENTE O DE CARREIRA!!!O salário é ruim, as condições de trabalho são péssimas, não existem incentivos para aprimoramento! tem Doutor servindo a população paranaense ganhando R$2.800,00 brutos, como demonstrou matéria de domingo na gazeta do povo e que não tem nem gratificação por titulação!!!!O estado não dá vale transporte e nem vale refeição (só para quem ganha menos de 2 S.M.). Se não der uma emendazinha, uma folguinha, ai não segura ninguém como servidor….ou alguém se prontifica a trabalhar nessas condições?????E ainda tem outra: economiza, luz, água, telefone etc…além do mais tem a reposição!

  16. Consurado
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 13:10 hs

    Porque nao postam meus comentários??? Quem Decretou o Feriadão??/ Foram os Servidores?? NÃO. quem Decretou foi o Governador, Então parem com essa mania de jogar a Incompetencia dos Administradores nas costas do Funcionalismo.

  17. Mulher
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 16:22 hs

    Quanto asneira. A cidade já está quase parada, o transito mais tranquilo…eu que trabalho em empresa privada vejo o movimento diminuindo… Custa mais manter o funcionário em um dia inútil como será sexta-feira do que dar folga. Não só o funcionário, mas o custo embutido nisso. Façam as contas!!! As que não podem fechar é um outro departamento. A praia estará lotada, movimentando a economia de lá. Cabeça pequena, quanta besteira!!!

  18. Xereta
    terça-feira, 13 de novembro de 2012 – 17:47 hs

    Essa notícia só tem um erro, a Prefeitura não vai emendar, os servidores estarão em seus postos. Como veem nem todos tem laborfobia.

  19. Interiorana
    quarta-feira, 14 de novembro de 2012 – 12:51 hs

    Menos né!!! Laborfobia não é um termo que poderia ser usado nessa materia que soa como preconceituosa. Lhes foi dado o direito de não trabalhar. Implicancia com algo?

  20. Asdrúbal Cury
    quarta-feira, 14 de novembro de 2012 – 21:14 hs

    A irritação nos comentarios só comprova a laborfobia!!! Eu sou funcionario publico e sei muito bem que boa parte dessa gente não precisa nem de feriadão pra não trabalhar. E eu e outros poucos carregando piano.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*