Heloisa Helena: 'Mensalão fez governo notar a existência de 520 mil miseráveis' na prisão | Fábio Campana

Heloisa Helena: ‘Mensalão fez governo notar a existência de 520 mil miseráveis’ na prisão

Do Josias de Souza:

Ex-senadora e ex-presidenciável do PSOL, Heloísa Helena, hoje vereadora em Maceió, entrou no debate inaugurado com o comentário do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo sobre as prisões. Numa palestra para empresários, Cardozo chamou de “medievais” os cárceres brasileiros. Disse que preferia morrer a passar um período longo na cadeia.

Sem mencionar o nome do ministro, Heloisa Helena levou duas notas ao Twitter. Numa, vinculou as palavras de Cardozo ao julgamento do STF: “Mensalão fez governo notar a existência de 520 mil humanos feito miseráveis [em] depósitos de aids, violência… Ah! Governo vai cumprir a Lei de Execuções Penais??”

Noutra, insinuou que por trás da preocupação repentina com as prisões da Idade Média esconde-se a intenção de proteger os condenados do mensalão: “Tão importante debater penitenciárias, penas alternativas… Só [que o debate] ficou acanalhado, pois só interessou ao Poder em proteção à Pocilga.”


4 comentários

  1. anonimo
    segunda-feira, 19 de novembro de 2012 – 10:39 hs

    É bom lembrar que quando senadora, Heloisa aprtesentou diversos projetos visando a melhoria das penitenciárias brasileiras, visando o aconchego dos companheiros no futuro.

  2. Max
    segunda-feira, 19 de novembro de 2012 – 12:17 hs

    Pois é, o governo do NÃO SEI, NÃO VI, só perecebeu a caótica situação penitenciária agora que os companheiros vão para prisão

  3. Roni Capote de Oliveira
    segunda-feira, 19 de novembro de 2012 – 13:06 hs

    O sistema penintenciário do Brasil é uma vergonha pro mundo… há quanto tempo? Um século?

  4. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 19 de novembro de 2012 – 17:20 hs

    -Podem esperar que daqui mais algum tempo o (des)governo do PT vai lançar o PAC do presídio….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*