Correndo atrás | Fábio Campana

Correndo atrás

Do Ilimar Franco:

O relator da CPI do Cachoeira, Odair Cunha (PT-MG), passou o dia de ontem tentando negociar a aprovação de seu relatório. Nas conversas, ofereceu a retirada do trecho sobre o PGR Roberto Gurgel. E ouviu que era preciso também excluir o indiciamento do jornalista Policarpo Junior. Ambos foram incluídos por imposição da direção e dos líderes do PT. O impasse está criado.


3 comentários

  1. Helena
    sexta-feira, 23 de novembro de 2012 – 14:52 hs

    Essa CPI não mais acabará em pizza, ou seja a pizza já passou do ponto, queimou! Vai sim transformando em uma espetacular piada – à politicagem petista…

  2. kiko
    sexta-feira, 23 de novembro de 2012 – 23:46 hs

    Tem gente que se presta para fazer papel de palhaço, outros de otários, e outros ainda o de canalha, que parece ser este o do deputado em questão. ACarlos

  3. Parreiras Rodrigues
    sábado, 24 de novembro de 2012 – 10:15 hs

    Noutro dia, gerente – geral da Anvisa foi demitido porque denunciou liberação irregular de agrotóxicos. Antes, o ministro da Justiça fez aquela declaração a respeito da situação dos presídios, área dêle. Ministra sei lá do quê disse que atraso de obras faz parte. A respeito da estudante que pariu num banheiro de escola, Mercadante disse que era a cara do Brasil. Polícia Federal prende gente de dentro do escritório do Governo Federal em São Paulo.

    Estanislau Ponte Preta chamava isso de Samba do Crioulo Doido.

    Os lulistas dizem que são invenções da esquerda reacionária, amplamente divulgadas pelo PIG, à frente o jornalista Policarpo, da Veja, de Brasília.

    Um governo desse, Pedro Malazartes sairia bem melhor!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*