Beto Richa regulamenta a Agência Reguladora | Fábio Campana

Beto Richa regulamenta
a Agência Reguladora

O governador Beto Richa assinou nesta terça-feira (20/11) um decreto que regulamenta o funcionamento da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infra-Estrutura do Paraná (Agepar). Criada pela Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002, a autarquia será responsável pela regulação, normatização, controle, mediação e fiscalização dos serviços públicos concedidos no Estado. Entre as suas atribuições está a de dar transparência às regras usadas para estipular valores de tarifas cobradas por concessionárias.

A diretoria da Agência é formada por Antonio José Correia Ribas, como diretor-presidente; Nelson de Marco Rodrigues, diretor de relações institucionais e ouvidoria, com mandato de um ano; Ney Teixeira de Freitas Guimarães, diretor de tarifas e estudos econômicos e financeiros, cujo mandato será de três anos; Maurício Eduardo Sá de Ferrante será o diretor jurídico, com mandato de quatro anos; e José Alfredo Gomes Stratmann, diretor de fiscalização e qualidade de serviços, que terá mandato de cinco anos.


10 comentários

  1. Zangado
    terça-feira, 20 de novembro de 2012 – 21:50 hs

    Pelo simples fato da regulamentação e instalação da agência reguladora ter ocorrida passados 12 anos dá para se ver o descalabro com que trataram os governos anteriores a questão do controle do pedágio no Paraná …

    A agência é condição intrínsica do estabelecimento do sistema de pedágio no Estado e, no entanto, foi vista como mera bijuteria pelos governantes passados.

    Este, pelo menos, criou o órgão, com equipe diretora de renomada.

    A conferir, pois, os contratos continuam …

  2. Roberto Calvi
    terça-feira, 20 de novembro de 2012 – 22:15 hs

    Alguém acredita numa agencia reguladora em que o diretor jurídico foi o criador dos contratos de pedagio??????? Por favor, chamem o sindico!!!

  3. Gilmar Trento
    terça-feira, 20 de novembro de 2012 – 23:59 hs

    Esse Beto Richa chega a ser ridiculo em suas atitudes governador voce é umaVERGONHA

  4. @__deMoura
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 4:39 hs

    PQP.
    ESSA AGÊNCIA REGULADORA CONTINUARÁ SERVA DOS CONTRATOS. ELA NÃO REGULARÁ NADA PORQUE NÃO TERÁ PODER DE ROMPER CONTRATOS LESIVOS À ECONOMIA DO ESTADO, UMA VEZ QUE A JUSTIÇA, QUE TAMBÉM É SERVA DO MERCADO, SEMPRE DÁ GANHO DE CAUSA ÀS CONCESSIONÁRIAS.

  5. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 6:38 hs

    Mais cargos?

    Mais despesas?

    Semana passada, a TV mostrou as FILAS para entrar com pedido de Seguro desemprego.

    Por FALTA de pessoal, apenas 3 das 10 agências estão funcionando.

  6. Paulinho
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 8:22 hs

    Vergonha total, mais uma agencia que nao vai funcionar… Ribas, Ferrante…. São as raposas cuidando do galinheiro….Meu Deus

  7. reginaldo marques
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 11:01 hs

    faltou o rossoni e traiano nessa foto.

  8. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 11:37 hs

    Pois é, Gilmar.

    O cara não entorta dedo de repórter, não tira sarro de mulheres de policiais, de professoras, não manda agricultor enfiar faixa no rabo, não esculhamba pesquisador do Iapar, não mora em propriedade do povo, não ganha eleição distribuindo certidão de aposentadoria, inventando ferreirinha e vasculhando fazenda de adversário e é rídiculo?

  9. Paulo
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 12:15 hs

    Beto Richa….o seu “governo” está péssimo, ainda ha tempo para acordar, mude toda a sua equipe ou ela vai te derrubar, principalmente na segurança pública … está horrivelmente péssima essa área…se não acordar imediatamente…terá uma resposta à altura nas urnas….sem nenhuma dúvida.

  10. Rossby
    quarta-feira, 21 de novembro de 2012 – 14:23 hs

    Agepar foi criada pela Lei Complementar nº 94, de 23 de julho de 2002 (meses antes do Requião assumir o governo por oito anos).
    Tá tudo dito aí em cima… não precisa falar mais nada…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*