Polícia prende assassino de jornalista e diz que crime foi passional | Fábio Campana

Polícia prende assassino de jornalista e diz que crime foi passional

Triste notícia. A polícia encontrou o corpo do jornalista Anderson Leandro Silva, desaparecido em Curitiba desde o dia 10 de outubro. De acordo com a polícia civil, ele foi encontrado em Quatro Barras, na Região Metropolitana.

O coordenador do Gaeco, Leonir Batistti, disse nesta quinta-feira (18) que um homem confessou ter assassinado o jornalista cinematográfico que estava desaparecido há 8 dias, porque a vítima teria um caso com sua mulher. Isso derruba a hipótese levantada pela família de Anderson de crime político.

Para a polícia, com a confissão do acusado, prevalece a tese de crime passional. De acordo com Batistti, o acusado disse ao Gaeco que, assim que soube da traição da mulher, atraiu o jornalista até um local próximo a Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, e o assassinou.

Detalhes sobre como ocorreu o homicídio não foram revelados pelo coordenador do Gaeco. O acusado está preso, mas não teve o nome confirmado.

Anderson era ligado a sindicatos, movimentos sociais e com a Igreja Católica. Ele era dono de uma produtora de vídeo e, em 2008, flagrou o momento em que, durante uma ação de reintegração de posse, um policial militar atirou contra um grupo de jornalistas.

No dia em que sumiu, ele havia saído da produtora para ir até Quatro Barras com o objetivo de fechar um suposto roteiro para um trabalho.


48 comentários

  1. Escritor
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 18:17 hs

    Miha solidariedade família da vítima. Em um país aonde temos um partido político que, nao fosse os jornalistas, seria igual a Venezuela ou Cuba, assassinato desse profisisonal deve ser prioridade para o govenro. Se tiver policial envolvido, pena duríssima.
    Triste acabar asismn, que Deus ilumine sua olma e de sua família nesse momento de dor profunda…

  2. Silva
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 18:34 hs

    Chifre se acerta com bala !

  3. Censurado
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 18:36 hs

    Que triste a noticia, mas venham cá, que corno burro esse. matou o amante da esposa, quem garante a esse corno, que ela nao vai arrumar outro??? CORNO E BURRO É DOSE CAVALAR. Agora vai pra cadeia e a esposa que lhe meteu chifres, pode arrumar quantos amantes quiser. TROUXA

  4. E AGORA?
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 19:01 hs

    E agora? Falaram que era crime político, falaram que poderia ter envolvimento de policiais, fizeram um estardalhaço e, o coitado morreu porque mexeu com a mulher alheia. Pois bem, se fosse um qualquer, que não jornalista, teria o tratamento que teve?

  5. Valéria Prochmann
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 20:01 hs

    Mais uma vida ceifada provavelmente por “paixão”, um estado de espírito que – levado ao paroxismo – anula a razão. Esse tipo de crime revela um autor incapaz de lidar com a rejeição e com situações que ele toma como ataques ao seu ego idealizado, ou seja, de uma pessoa insubstituível na vida do outro, que não pode ser rejeitada tampouco trocada. Além disso, existe o aspecto possessivo, de quem se considera proprietário do outro indivíduo – de seu corpo e de sua mente – por mais que a razão diga o contrário, já que cada ser humano é dotado de liberdade e autonomia sobre seus atos e suas escolhas.

  6. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 20:03 hs

    Era só CORNO,

    Agora, é assassino e continua sendo CORNO!

  7. Agnes Brito
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 20:05 hs

    E o Valdir Cruz se queimou. Quis se promover em cima do cara. Ficou falando de perseguição não tinha nada. Putz que mico!!!

  8. Gustavo
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 20:44 hs

    Tinha que ter nhéco-nhéco na jogada…

  9. jose marcos
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 21:12 hs

    MAS QUEM INVESTIGOU O CRIME, A POLICIA OU O GAECO ?!?!

  10. Anonimo
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 22:47 hs

    Que triste a morte do Leandro, e parabéns a policia pela rápida elucidação deste crime.Crime este imputado injustamente pela imprensa à policia. Será que achavam mesmo que a policia teriam tempo e paciência para matar uma pessoa que só tirava umas fotinhas de longe de desocupacão. O que é isso minha gente. Vamos acreditar mais nesses policiais que sempre estão pronto para nos ajudar. Só falto falar que tinha sido a PM que tinha feito o serviço. Quero deixar claro que não sou militar.

  11. Reinoldo Hey
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 23:24 hs

    Planta-se. Colhe-se. Tudo aqui!

  12. Carlos
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 23:41 hs

    Realmente uma irresponsabilidade da nossa imprensa como tb de cut, pt e outros envolvidos nesta manifestação. Colocando a nossa policia em xeque com irresponsabilidade. Palhaçada. Pensar q um PM iria matar um jornalista. Nossa policia é séria, não matou e solucionou.

  13. Nancy Viana
    quinta-feira, 18 de outubro de 2012 – 23:43 hs

    Muito triste o fim desse jornalista.
    Estou também muito apreensiva com o desapareciento do filho de um amigo .Rodrigo Miranda esta desaparecido desde o dia 15/10 quando saiu para trabalhar e não mais retornou para sua casa.Seus familiares estão muito preocupados……https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3706441630940&set=a.3702385689544.2128182.1572511887&type=1&ref=nf

  14. Rabino
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 0:38 hs

    Estranho, né? Justamente a polícia aparecer com essa tese de crime passional. Acho que foram policiais que apagaram o cara e agora a polícia vem com esse corporativismo típico…

  15. Julio
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 8:03 hs

    E o Rabino ainda procura chife na cabeça de cavalo.

  16. sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 8:09 hs

    É bem que diz aquele ditado que mulher alheia cheira Defunto, e olha que n~çao é o primeiro e nem será o ultimo, me faz lembrar a uns treis anos e pouco atraz que o Prefeito Cesar da cidade onde eu morava teve o mesmo fim. Gente preste atenção, nem todo corno é manso.

  17. GOLE GOLE
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 8:53 hs

    Quem mandou mexer com mulher casada, comprometida, deu no que deu.
    O cara ja tá morto, é só enterrar antes de feder e os familiares?????
    Ele não pensou na familia dele antes de sair bulindo com mulheres alheias.
    Amanheceu com a boca cheia de formigas!!!!!

  18. Neto
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 8:57 hs

    Vejam como são as coisas.
    As polícias, Civil e Militar principalmente, estavam sendo acusadas de “dar sumisso” no repórter. Quem sabe as associações e os simposios, além dos líderes das passeatas que foram feitas, possam pedir desculpas públicas às instituições policiais pela suspeita pré estabalecida sobre esse tal jornalista. Dor de corno pode causar isso….

  19. Celso
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 9:11 hs

    Perfume de mulher casada é chumbo. Tenho pena da família do jornalista mas não dele, ele procurou e achou…

  20. marcio
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 9:45 hs

    ESTRANHO… UMA SEMANA PARA ACHAR A MENINA SE NA SEGUNDA JÁ TINHAM A QUEBRA DE CELULAR… POLICIA CIVIL NÃO É FAMOSA POR ELUCIDAR CRIMES SIMPLES COMO ESTE, COM PISTAS SIMPLES E OBJETIVAS COMO AS ALEGADAS… E O CARA ESTAVA EM UM MANICOMIO… MUITO ESTRANHO…

  21. policial civil
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 9:47 hs

    Impressionante o Sr seu Rabino, não se esqueça que o GAECO acompanhou toda a investigação e quem expediu o mandodo de prisão do acusado foi um juíz e não a polícia. Tenho pena da viúva descobrir dessa forma a traição do marido e dos filhos que perderam o pai, muito triste pra família. Agora insinuar que a polícia está envolvida é o cúmulo da ignorância. Tomara que o Sr Rabino e todos que falam mal de nós nunca precisem de polícia, vocês que estão de fora não tem noção do nosso trabalho, do risco diários que corremos e muito menos de como é feita uma investigação desse porte, fácil criticar, só quem sente na pele é que sabe pelo que passa e ainda tem que ler comentários de quem nada entende de polícia ou que tem muita inveja, me poupe….

  22. Cristiano
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 10:09 hs

    Meu Deus – Rabino, leia o que os jornais estão falando, tem autor, que por sinal assumiu o crime, tem o pivo do crime( mulher que traia0 tem todos os elementos. Que mania que o povo tem de criar teorias de conspiração – Só falta afirmar agora que foi culpa do ET de Varginha! Pare amigo! Nem tudo o que parece complexo, realmente é! Por vezes, temos dificuldade em aceitar que todos estão sujeitos a crimes passionais, mas tendo em vista o histórico do jornalista, no Brasil tudo vira crime politico!

  23. Rodrigo
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 10:14 hs

    Pois é Rabino, só a polícia é corporativista. Jornalistas não são né? Se a polícia então tem como praxe o assassinato de jornalistas-ativistas, porque é que nenhum dos jornalistas da gazeta que denunciaram os abusos do uso da estrutura da SESP desapareceu, ou foram assassinados?

  24. bob
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 10:24 hs

    “O bem sempre vence o mal” e, logo esta mídia sensacionalista irá pagar pelos seus erros, em fazer apologia a fatos negativos, pois já estão ficando desacreditados. Nos expectadores, como na política, estamos mudando o rumo das coisas, ou seja, na política alguns políticos até então influentes já não se elegem mais, bem como jornais em descréditos estão perdendo espaço pois temos os blogs e outras fontes de informações que são mais precisos e imparciais! Parabéns a Polícia Civil que com apoio do GAECO elucidou mais este crime de forma brilhante, pois é assim que devem trabalhar as forças de segurança em parceria contra o crime!

  25. Raquel
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 10:46 hs

    Concordo com voce Rabino, essa historia ta muito estranha…
    Se as investigações continuarem, veremos que se trata de mais uma armacao para que a verdade nao apareca.

  26. ande
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 10:52 hs

    Todo mundo está suscetível a cair na mão de um psicopata assassino. É a desgraça se abatendo sobra a vida dos envolvido. Com uma bala, se resolve rápido um problema para administrar por longo tempo. As vezes dá cadeia. É hora de a família chorar o morto, o resto é besteira.

  27. Fernando
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 11:00 hs

    Agora só falta a Globo ou um outro Órgão de imprensa irresponsável (não são todos), venha dizer que o assassino é policial. A imprensa inteligente e responsável não fica publicando insinuações deixando em xeque a nossa valorosa Policia. Estas pessoas que publicaram tal insinuação esqueceram que a pessoa assassinada era um ser humano como qualquer outro e as pessoas que foram irresponsavelmente associadas ao crime, também são seres humanos e também tem família como qualquer outro.
    OBS: Sou policial sim, e infelizmente assisti tal insinuação em horário nobre e minha filha assistiu junto a mim e me questionou se poderia ser verdade tal insinuação.

  28. Credo
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 11:17 hs

    O Rabino acho que não leu direito as notícias sobre esse fato ou é burro mesmo… como que a polícia estaria forjando isso ou com corporativismo sendo que houve quebra de sigilo de dados telefônicos pelo Judiciário, ou seja um juiz de direito (que não é policial) pedido este feito, parece, que pela família, para que a operadora de telefonia (que não é policial) informasse sobre as ligações. Aí a policia começa a investigar junto com o MP (que não é policial) baseado no que foi levantado pela operadora, aí encontram uma moça que diz o que ocorreu (o MP junto) e depois o indivíduo que matou o Anderson. Será que tem que desenhar pro Rabino entender?

  29. Lenza Toledo
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 11:19 hs

    Triste a CUT e PT aproveitando a desgraça da família pra se fotografarem com suas bandeiras vermelhas!!!!O poder a qualquer preço!!!!

  30. Mauro Beto
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 11:45 hs

    Que barrigada imprensa ter dado crediblidade a outro jornalista. Bem coorporativismo. Até a bonequinha da Malu Mazza caiu no conto de coleguinha e o expôs em uma reportagem no Jornal Nacional. Pior esse coleguinha que quis derrubar do cargo outro professor. Uma trama paralela..precisa ser elucidada.

  31. Carminha
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 11:51 hs

    Parabéns Polícia Civil do Paraná, pela elucidação do assassinato do jornalista. Com isso, prova-se a competência que a Polícia Civil possui, profissionais valorosos, que com toda dificuldade que possa ter no desenvolver dos trabalhos, sempre é eficaz naquilo a que se propõe.Infelizmente, presenciamos mais uma vez a forma tendenciosa que a imprensa estava dando ao caso, tentando fazer com que a sociedade acreditasse que a Polícia (ou Civil ou MIlitar) estaria envolvida no assassinato do jornalista, vamos abrir os olhos, saber diferenciar os bons e maus jornalistas, não deixar nos iludir, por essas e outras, fico pensando: até que ponto tudo o que foi publicado na matéria “Polícia fora da Lei” era verdade??????????? Meus sentimentos à família do jornalista.

  32. MARIA EDUARDA
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 12:34 hs

    Brincadeira!!!! Triste por senhor muito mais velho ter relações com uma menina de 16 anos, isto é crime, ah e veja só ele anteriormente já tinha um envolvimento com a menina. Qual é mesmo o crime que ele cometeu?????

  33. Ferreira
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 13:11 hs

    Não sei por que essa implicância com a polícia.
    Vai encarar??

  34. Tufão
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 14:31 hs

    QUEM SERÁ QUE MATOU O MAX ?????????????????????POLÍCIA CIVIL, OU POLÍCIA MILITAR??????????????????????????? – VAMOS ORGANIZAR UMA PASSEATA PEDINDO EMPENHO DA REDE GLOBO NA SOLUÇÃO DO ASSASSINATO, JÁ SE PASSARAM MUITOS DIAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Como tudo é culpa da polícia…………..

  35. Cidadão
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 15:11 hs

    Não Márcio… A polícia civil não é famosa por elucidar casos simples como esse… A polícia civil nunca faz nada…. A polícia militar nunca faz nada… Ninguém faz nada! Aposto que o Sr. Márcio nunca precisou ir em uma delegacia ou nunca precisou da polícia investigando um caso de seu interesse. A ignorância que acompanha pessoascomo o senhor é uma lástima. Criticar quando não se sabe nada é fácil.
    O jornalista foi assassinado, pois estava com a mulher do outro. Poderia ser o senhor, poderia ser um policial, um médico ou um mecânico. Mas não, foi um jornalista. E por isso mesmo, que os jornais sensacionalistas aproveitam isso e já falam mal da polícia. Jornalistas que tem a necessidade de aparecer dão estrevistas (no mínimo vergonhosas) afirmando que são ameaçados… Ridículo. Duas opções: ou o Rabino e o Márcio são pessoas ignorantes que acreditam em tudo o que lêm (quando todos nós sabemos que a mídia manipula informações) ou são jornalistas envergonhados querendo dar continuidade as mentiras, pois falaram porcarias e estão com vergonha… Não é fácil…

  36. arlindo vieira dos santos
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 15:26 hs

    Quando as coisas começam erradas terminam nisso. Quantos Tufões não existem por ai esse assassino era um. Ele era jornalista e sabe do ditado; “mulher casada é carta fora do baralho”.

  37. arlindo vieira dos santos
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 15:29 hs

    ” mulher casada é carta fora do baralho”. Ele não sabia disso, como jornalista ? Nem dentro da igreja que trabalhava não aprendeu isso? Ou eera envolvido na igreja para aproveitar das mulheres dos outros. Como disse o mineirinho: deu-se no que deu-se.

  38. Agnelo Nonati Ribas
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 15:34 hs

    O tal RABINO e sua comparsa RAQUEL devem ter algum problema. Ou são procurados pela polícia ou também levaram chifre.

  39. Observador
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 15:39 hs

    Esse episódio só mostrou a incompetência do jornalismo dito investigativo aqui da terrinha.É muito fácil criticar, fazer passeatas, protestos, insinuações, só porque o “galanteador”de adolescentes era jornalista? Como já foi dito aqui, tem jornalistas e jornalistas, como tem policiais e policiais, é preciso cautela, principalmente de quem detem um microfone na mão.

  40. paulo
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 16:28 hs

    e assim muitos metidinhos a serem “midiáticos” vão caindo nas balas de seus Tufão da vida. e agora, como fica, aquela passeata toda da família e outros órgãos? vão se retratar?

  41. GOLE GOLE
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 17:03 hs

    Eu tenho pena desta criança de 10 dias, fico pensando como será qndo a criança entender que o pai matou uma pessoa e a mãe ajudou, compactuou com o mesmo.
    Desesperador né???? Ainda bem que tem os Avós Paternos p/ cuidar, protejer este anjinho.
    Que Deus abençoe está criança sempre.
    Os adultos procuram e tomara que paguem pelo crime, se bem que ela logo ja estará em liberdade, pois é menor de idade e neste paisinho de Mer…., logo ja vai sair.

  42. Paulo
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 17:54 hs

    O meu pai sempre me dizia que mulher dos outros cheira a pólvora e não estava errado. Mas corno é assim mesmo. Mata o rival, vai preso e continua corno. Pois a mulher que traie não é mulher acostumada a ser de um homem só, vai meter mais chifres na cabeça deste corno pela morte do seu amante. BURRO E CORNO VAI PARAR É NA CADEIA E A MULHER SOLTA SOLTANDO A PIRIQUITA.

  43. Reinoldo Hey
    sexta-feira, 19 de outubro de 2012 – 18:06 hs

    Querem macular a imagem da gloriosa polícia do Estado do Paraná, mas não vão conseguir!!!

  44. Ocimar
    sábado, 20 de outubro de 2012 – 8:40 hs

    ESSE TAL “RABINHO” DEVE SER DA MESMA LAIA,ESSE AI QUE FOI PRAS CUCUIA NÃO DEVERIA SER GRANDE COISA.

  45. sergio silvestre
    sábado, 20 de outubro de 2012 – 21:04 hs

    O censurado não mata,leva eles prá morar junto.

  46. Anônimo
    segunda-feira, 29 de maio de 2017 – 13:51 hs

    Espero que um dia a verdade venha a tona a morte do jornalista Anderson Leandro, pois onde foi encontrado o corpo eu e meus amigos fizemos a busca neste lugar e também onde foi encontrado o carro. Tanto num como no outro não estavam nem o corpo e nem o carro…. pois onde estava o carro entrei para mijar e não tinha nada do carro lá…. onde estava o corpo, uma pedra enorme que estava lá foi mexida… pois não posso muito me pronunciar porque tenho medo que aconteça alguma coisa com minha familia,,,

  47. EU
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 17:23 hs

    Pois é caros amigos! A mídia divulgou tuuudo errado… O fulano era apenas um pedófilo maldito, que não apenas da moça abusou em sua infância, como de outras… e nesse caso não cheirou polvora e sim tripas… o amiguinho daí de cima mente… o corpo esteve sim esse tempo todo lá, o maldito que morreu apareceu no caminho da pessoa errada apenas… quem levantou a tese do crime passional foi a imprensa, quando nao foi assim… A vida de um lixo assim não vale um segundo na cadeia, mas esse não abusa de mais ninguém…

  48. eu
    quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 – 17:42 hs

    verme
    Pois é caros amigos! A mídia divulgou tuuudo errado… O fulano era apenas um pedófilo maldito, que não apenas da moça abusou em sua infância, como de outras… e nesse caso não cheirou polvora e sim tripas… o amiguinho daí de cima mente… o corpo esteve sim esse tempo todo lá, o maldito que morreu apareceu no caminho da pessoa errada apenas… quem levantou a tese do crime passional foi a imprensa, quando nao foi assim… A vida de um lixo assim não vale um segundo na cadeia, mas esse não abusa de mais ninguém…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*