PT já põe PSB ao lado dos tucanos em 2014 | Fábio Campana

PT já põe PSB ao lado dos tucanos em 2014

Presidente do PT, Rui Falcão antevê uma possível aliança entre socialistas e tucanos na disputa presidencial de 2014; Eduardo Campos, governador pernambucano, é peça central, que poderia ser candidato com apoio dos tucanos de São Paulo.

Do Estado de S.Paulo:

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, já antevê um cenário de rompimento entre o partido e o PSB na disputa presidencial de 2014. Na análise do líder da legenda, que concedeu entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo na semana passada, mas publicada nesta segunda-feira 3, o partido que até antes das eleições municipais deste ano era aliado dos petistas já demonstrou, por meio do governador de Pernambuco e presidente da sigla, Eduardo Campos, que pretende seguir sozinho, podendo até estar ao lado do PSDB na briga pela presidência.

Para Rui Falcão, o PSB coloca na ordem do dia a possibilidade de disputar 2014 fora do bloco do PT, uma hipótese que, segundo ele, “pode ser posta a partir de rearranjos partidários que possam ocorrer”. Questionado sobre a chance de os socialistas se aliarem aos tucanos, o presidente petista responde: “É uma possibilidade que não podemos descartar. Isso pode vir a ocorrer”. Já entre PSD e PSB, Falcão não aposta numa aliança.

Vale considerar o cenário em que o PSDB esteja ficando sem alternativas para 2014. Em São Pualo, José Serra sofre a mais alta rejeição entre os candidatos (43%), segundo o Datafolha, além de queda nas pesquisas de intenção de voto (de 27% para 22%, segundo o último levantamento). Se derrotado numa disputa municipal, a chance de Serra se candidatar novamente à presidência pelo partido é nula. Já a candidatura do senador mineiro Aécio Neves demonstra sua fragilidades naturais – relembre aqui vídeo recente do parlamentar aparentemente embriagado numa noite carioca.

Sem um nome forte para lançar, aliados de Serra que querem alimentar a briga PT-PSB e tirar do caminho o desafeto Aécio Neves já defendem apoio ao PSB para vencer as eleições contra a presidente Dilma Rousseff (PT). O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) é um dos que defendem o posto de vice aos tucanos numa possível chapa de Campos. O elo entre os tucanos aliados de Serra e o governador pernambucano é o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, criador e presidente do PSD. Na opinião de Alberto Goldman, ex-vice de Serra e que também defende a aliança com Campos, o socialista tem hoje mais visibilidade que Aécio. “É o fato novo. O Aécio não é nenhum fato novo. É velho”, afirmou o tucano.

A aliança entre os dois partidos se desfez neste ano em duas importantes capitais. A principal foi Recife, onde Eduardo Campos lançou um candidato próprio, Geraldo Júlio, depois de 12 anos de apoio aos petistas. O agora partido adversário se viu rachado nas eleições de 2012 após a realização de prévias polêmicas na cidade. Em Belo Horizonte, foi o PT quem lançou o ex-ministro Patrus Ananias para disputar com o já prefeito Márcio Lacerda (PSB), que disputa a reeleição.


6 comentários

  1. Allan José
    segunda-feira, 3 de setembro de 2012 – 15:51 hs

    O PSDB é dominado pela elite paulistana, e a única forma de essa elite conseguir voltar ao poder, com cargos em ministérios, é se aliando ao PSB.
    Numa dessas os tucanos paranaenses Beto e Alvaro talvez até conseguissem sonhar com a vice presidência

  2. DURVAL RODRIGUES
    segunda-feira, 3 de setembro de 2012 – 17:32 hs

    O grande líder da oposição em Brasília chama-se Alvaro Dias. Se querem lançar uma candidatura de oposição, o nome do Senador Álvaro Dias deve ser lembrado ao menos para ocupar a vice nesta chapa, senão não é coisa para ser levado à sério.

  3. Max
    segunda-feira, 3 de setembro de 2012 – 17:57 hs

    O bom é que o PT em São Paulo não tem vez.
    Cidade e Estado elitizados na cultura, indústria e na sabedoria de seu povo

  4. jobalo
    segunda-feira, 3 de setembro de 2012 – 19:12 hs

    O max falou bem a petezada não tem vez nem em são paulo n3em em Curitiba, Mas quero fazer um agradecimento a petezada que colocaram o antipático e incompetente do Rui falcão na presidência do pt, com isso o pt só vem despencando e vai acabar desaparecendo Se Deus quiser o mais nefasto vai logo pro rebanho do senhor.

  5. Roberto Fernandes
    segunda-feira, 3 de setembro de 2012 – 19:33 hs

    E o governo federal ainda favorece esse partido se isentando de participar da campanha em favor de Gustavo Fruet. E a campanha precisa melhorar e muito para conseguir empolgar os curitibanos se não no segundo turno teremos que apoiar o Ratinho Jr para derrubar esse Beto Richa.

  6. Ocimar
    terça-feira, 4 de setembro de 2012 – 8:40 hs

    TA MAIS QUE NA HORA DE DAR UM BASTA NESSA CORJA DE LADRÕES,VÃO ROUBAR POR DOZE ANOS,ACHO QUE CHEGA,POIS NESSES DOZE ANOS ESSES CALHORDAS JÁ ROUBARAM MAIS QUE TODODS OS OUTROS JUNTOS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*