Para destravar o país | Fábio Campana

Para destravar o país

Do Ilimar Franco:

O governo vai anunciar mudanças radicais no plano de concessões dos portos, este mês. A legislação será modificada, estimulando que os terminais privados recebam cargas de qualquer empresa (hoje, em geral, só recebem suas próprias cargas), extinguirá as companhias de docas, consideradas antiquadas, e dará incentivos a empresas interessadas na navegação de cabotagem.

Das rodovias para o mar
A ideia do governo é desafogar as rodovias com a cabotagem, utilizando o mar para transporte de cargas entre os estados. As companhias de docas continuarão gerindo os contratos em vigência até serem extintas e substituídas por novos órgãos que assumirão os contratos licitados dentro do plano que será anunciado. As docas são ligadas aos governos estaduais e o Planalto quer coordenação federal. Para isso, haverá uma autoridade portuária. Hoje, o mais cotado para ser o xerife dessa área é Daniel Sigelmann, secretário de Fomento para Ações de Transportes do Ministério dos Portos.


3 comentários

  1. Deutsch
    domingo, 9 de setembro de 2012 – 20:39 hs

    Ponto para o governo. Só quero ver se vão conseguir dobrar o sindicato dos estivadores, que é fortíssimo e recheado de bandidos da pior espécie. É uma raça de FDP’s que sempre atrasou os portos brasileiros para manter os privilégios de poucos em detrimento da nação.
    Sou a favor até de execução e enforcamento em praça pública desses pulhas se se opuserem à aplicação essas medidas.

  2. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 10 de setembro de 2012 – 1:52 hs

    KKKKK

    Fala PETEZADA!

    Vao PRIVATIZAR os PORTOS?

  3. Bagrinho do Litoral
    segunda-feira, 10 de setembro de 2012 – 11:46 hs

    Deutsch, não se esqueça das máfias dos sindicatos de condutores autônomos, que acham que mandam na cidade, com sua arrogância e prepotência. Até os Requiões amarelaram para estas catervas…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*