Hoje tem debate entre vices na ÓTV | Fábio Campana

Hoje tem debate entre vices na ÓTV

A ÓTV exibirá nesta quarta-feira, às 21h, o debate entre os candidatos a vice prefeito de Curitiba. O debate, mediado pelo jornalista Herivelto Oliveira, terá duas horas e contará com Rubens Bueno (vice de Luciano Ducci), Mirian Gonçalves (vice de Gustavo Fruet), Ricardo Mesquita (vice de Ratinho Junior), Marinalva da Silva (vice de Rafael Greca) e Sueli Fernandes (vice de Bruno Meirinho). O debate terá quatro blocos. Em dois deles, os candidatos responderão perguntas sobre temas sorteados. Nos outros dois, farão perguntas sobre temas livres aos adversários.


4 comentários

  1. LOUCURA
    quarta-feira, 26 de setembro de 2012 – 13:54 hs

    GENTE, HOJE É DIA DE DAR MUITA RISADA COM A VICE DO RAFAEL GRECA, FAZEM UMA PERGUNTA P/ ELA E A COITADINHA SOFRE P/ TENTAR RESPONDER.
    DA OUTRA VEZ QUE TEVE DEBATE ENTRE VICE, FOI UMA PIADA.
    ELA NÃO CONSEGIU RESPONDER NEM UMA PERGUNTA CONFORME LHE FOI DITO.
    TOTALMENTE COMÉDIA!!!!!! KKKKKKKKK!!!!!!
    É HOJE!!!! AGUARDEM!!!!!

  2. quarta-feira, 26 de setembro de 2012 – 14:03 hs

    Até que enfim descobri o Rubinho, o limpinho, vai aparecer no debate, a isto ele gosta, ele frequenta a escolhinha do PPS que ensina os politicos, como falar bem, como se colocar diante do micrefone enfim comoconquistar o eleitor e é graças estas aulas que ele aprendeu desde quando era dependente do Alvaro Dias que tambem aprendeu a fazer politica em aulas especialisada e desde lá graças por ser um bom aluno destas salas de aulas é que não mais precisou trabalhar e vive exclusivamente da politica, ciou rico a custa da politica e outrs cositas mas.

  3. zangado
    quarta-feira, 26 de setembro de 2012 – 15:23 hs

    Eis uma “instituição” que devemos ERRADICAR – o VICE.

    O vice poderia ser, sem prejuízo nenhum, algum dos secretarios – por exemplo, o de finanças, o do planejamento ou o da administração.

    No caso do governo estadual – o secretario da justiça.

    No cado do governo federal – o Ministro da Justiça.

    No impedimento ou ausência ou falecimento do prefeito, o presidente da Câmara; no do governador, o presidente da assembleia ou o do Tribunal de Justiça; no federal, o presidente do Congresso ou o presidente do Supremo Tribunal Federal.

    Isso é racionalidade administrativa e política; do jeito que está é politicagem; vice para nada serve, a não ser para ocupar espaço e folha de pagamento.

  4. tadeu rocha
    quinta-feira, 27 de setembro de 2012 – 11:28 hs

    JBBAR, NAO ENTENDI VOCE ESTA FALANDO DO RUBENS, BUENO, O LIMPINHO, PIOR SE ELE FOSSE SUJINHO, COMO ELE É UM POLITICO LIMPINHO, VOCES NAO ADIMITE AINDA TER POLITICO LIMPO NO BRASIL, COMO RUBENS, O LUCIANO BETO, ENTENDA SAO POLITICO SEM MANCHA NA POLITICA …..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*