Ratinho Jr venceria no segundo turno | Fábio Campana

Ratinho Jr venceria no segundo turno

Do G1 PR:

A segunda pesquisa Ibope sobre a corrida eleitoral em Curitiba apontou que o candidato a prefeito do PSC Ratinho Junior venceria as eleições em segundo turno, contra qualquer um dos adversários. Para essa pesquisa, o Ibope levou em conta as possíveis disputas entre os três candidatos que lideram as intenções de voto, Ratinho, Gustavo Fruet (PDT) e Luciano Ducci (PSB).

Em Curitiba, Ratinho Jr. tem 27%, Ducci, 23%, e Fruet, 21%, diz Ibope
O levantamento foi realizado entre os dias 21 e 23 de agosto e foram entrevistadas 602 pessoas na capital paranaense. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), sob o número PR-00066/2012. O trabalho foi encomendado pela RPC TV.

A maioria dos entrevistados foi do sexo feminino. O Ibope falou com 318 mulheres. Quanto à escolaridade, 36% das pessoas declararam possuir o ensino médio completo. Já em relação à idade, 170 disseram ter 50 anos ou mais.

O Ibope lembra que nos casos em que a soma dos resultados não chega a 100% são decorrentes de arredondamentos ou múltiplas respostas.


8 comentários

  1. Sandra
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 12:45 hs

    Isso se a eleição fosse hoje mas graças a Deus não é hoje

  2. carlao
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 12:57 hs

    DUCCI VAI AGORA EM 2014 VAI O BETINHO PRO SACO TAMBEM.

  3. Bom Senso
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 13:03 hs

    Interessante a surpreza de alguns jornalistas e classe sociais mais elitista. A EQUAÇÃO é simples. LULA representou no Brasil o retirante da classe pobre vencedor. RATINHO é seu retrato em CURITIBA. NÃO TÀ AMARRADO COM NENHUM COVIL. Tá bancando do bolso seu pleito. APOIADO pelo LULA e pela verdadeira
    PETEZADA. Essa química forçada com FRUET não funcionou. ELE tem vergonha do PT e o PT dele. Imagina convidar a torcida do Atletico cantar o HINO DO COXA OU O INVERSO. Não desce gente.ENTÃO PORQUE A SURPREZA das pesquisas…. ELA VAI AUMENTAR…Pode chamar o RATINHO DE TIRIRICA ou do que for,
    mas ELE vai crescer porque representa o POVO.

  4. Curitibano
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 13:32 hs

    …mas nao vai divulgar a porcentagem que deu a pesquisa pro segundo turno???

  5. O Censurado
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 14:05 hs

    Perdão, mas…. onde no texto fala-se em vitoria no segundo turno????

  6. Alessandro
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 17:26 hs

    Me recuso a acreditar que tantos curitibanos tenham se tornado tão inconsequentes. É o candidato mais despreparado e com mais dubiedade de interesses entre todos.

  7. ROBERTÃO
    sábado, 25 de agosto de 2012 – 22:52 hs

    O RATINHO JUNIOR ESTÁ CRESCENDO E TEM CHANCES DE GANHAR, POIS ASSIM VEJAMOS:

    O GUSTAVO FRUET NÃO ESTÁ NA MARÉ BOA, POR CAUSA DO ESCÂNDALO DO MENSALÃO QUE ENVOLVE O PT E ELE TEM O APOIO DELES.

    O LUCIANO DUCCI ATÉ POUCO TEMPO ESTAVA NUM BOM RELACIONAMENTO COM A DUPLA CLÁUDIO E CLÁUDIA, QUE METERAM A MÃO VALENDO NA GRANA GROSSA (DA CÃMARA MUNICIPAL)

    O POVO LÊ JORNAL E ASSISTE TV E O POVO NÃO É BURRO E ESTÁ CANSADO DE ESCÂNDALOS

  8. Celso Rocha
    domingo, 26 de agosto de 2012 – 0:56 hs

    Está pesquisa é do até hoje mal falado IBOPE por ser tendencioso ás elites conforme á sua força com seus representantes no poder! Inclusive por muitos políticos entre os quais os que hoje ele aponta como atrás na disputa eleitoral em Curitiba! Uma coisa é certa! Se á fraude ou erro não iriam acontecer a favor do povo pobre das periferias de Curitiba que são a maioria eleitoral e que decide eleição na cidade! No palco desta disputa eleitoral está o fracasso do neoliberalismo de um grupo arrogante, egoísta, vaidoso, autoritário e desumano das elites que faz alguns anos que estão no poder municipal em Curitiba que vivem enfeitados de teorias econômica “sucateantes e terceirizantes” do estado municipal! Atrás do palco, nos bastidores, está um fortíssimo instrumento de lutas políticas das periferias de Curitiba que é o argumento do “abandono a sua própria sorte” quando precisava do poder público mais próximo delas que é a Prefeitura Municipal de Curitiba.
    Beto Richa como um dos expoentes maior desta elite ponposa, juntamente com Luciano Ducci e diversos vereadores que lhes apoiaram e lhes apoiam estão começando a pagar e os pobres dos bairros afastados do centro de Curitiba, dos condomínios e dos apartamentos de luxo estão apresentando a fatura política! Essa gente demonstrou não apenas uma insensibilidade em relação aos sofrimentos dos que estão na pobreza, como uma completa irresponsabilidade em relação ao destino da cidade. Ou seja, a elitizaram tipo assim “compraram uma BMW, MERCEDES BENZ ou FERRARI” e disseram “que sejam arrumadas e preparadas numa oficina de carroça de cavalo”. Enfim a insensibilidade moral e despreocupação irresponsável estão aí amplamente divulgados nos casos de corrupção deste grupo político através de seus representantes na pessoas de alguns vereadores.” “Ao contrário do que professam as teorias liberais, os excluídos não são um resíduo – segmento social que ficou para trás e ainda não foi atingido pelo nível de desenvolvimento alcançado pelos por eles e segundo eles em suas metidez que se consideram os “bem de vida”. Esse tipo postura procura passar a idéia de que a pobreza desses contingentes da população nas periferias pobres de Curitiba, constitui uma situação transitória, uma etapa que será naturalmente superada à medida que a riqueza dos “bem de vida” como eles se consideram “vazar” (quando algo vaza é porque estragou) para os mais pobres. Não. O estilo de vida deles é evidente nunca irá integrar “naturalmente” essa camada social. Ao contrário, ela é parte integrante e interessante ao bolso do sistema mesquinho, desumano, político e econômico montado em Curitiba, e sua pobreza serve ao conforto da maioria “‘bem posta na vida”. Os “elegantes” de Curitiba aumentaram a distância entre eles e os pobres com a especulação imobiliária junto ao atraso tecnológico. A farsa neoliberal de poder deles destruiu ás aeras essenciais de apoio ao povo em Curitiba á situação atualmente, não mais construiu parques públicos, cidovias , escolas e hospitais públicos. O motivo é um só: os “bem de vida” na sua maioria eleitoral exige o seu conforto particular a curto prazo e se opõe, a qualquer outra exigência de solidariedade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*