Pagot e os cansados de guerra | Fábio Campana

Pagot e os cansados
de guerra

Do Ilimar Franco:

A oposição pisou no freio diante do depoimento do ex-diretor do Dnit Luiz Antonio Pagot na CPI do Cachoeira. Sua bancada se deu por satisfeita por ele ter recuado de afirmação anterior sobre a existência de caixa dois na campanha do PSDB em 2010. Os representantes da oposição foram duros com Pagot, por ter pedido contribuição eleitoral no cargo, foram moderados nas críticas ao PT e esqueceram da presidente Dilma. O Planalto ficou na moita, como se nada do que foi dito lhe dissesse respeito. Os governistas da CPI minimizaram a fala de Pagot. Disseram que por mais reprovável que tenha sido seu ato, o de pedir dinheiro; ele, pelo menos, não arrecadou.


Um comentário

  1. Helena
    quarta-feira, 29 de agosto de 2012 – 14:22 hs

    Deveria ter entregado todos os envolvidos, nós precisamos passar o Brasil a limpo, por isso NÃO ESTOU FILIADA A NENHUM PARTIDO POLÍTICO, e me sinto à vontade e independente para expor o que penso, de quem penso, e como penso, afinal, ainda temos LIBERDADE DE EXPRESSÃO…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*