Banco Central não ajuda o Ministério Público | Fábio Campana

Banco Central não ajuda o Ministério Público

Do Lauro Jardim:

Quando a Justiça autoriza a quebra de sigilo bancário de alguém que está sendo investigado pelo Ministério Público, cabe ao Banco Central enviar uma comunicação à instituição financeira que deve fornecer os dados.

Até aí, tudo bem. Acontece que os procuradores da República ficam a ver navios quando os bancos não enviam as quebras.

Ao reclamar com o Banco Central e pedir que alguma providência seja tomada para impedir que os crimes investigados prescrevam, o BC tem respondido via ofício aos procuradores que nada pode fazer além de reforçar o pedido aos bancos e seguir esperando um momento de boa vontade.


3 comentários

  1. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 20 de agosto de 2012 – 12:38 hs

    O MP, nesses casos, deve pedir ao Judiciário a PRISÃO dos diretores do Banco.
    Desobedecer ordem judicial, deixou de ser crime?

    Povo Fraquinho.

    Fosse com um ladrãoi de galinha, TAVA PRESO e algemado.
    Diretor de Banco?
    ,
    Não!

  2. Vigilante do Portão
    terça-feira, 21 de agosto de 2012 – 4:30 hs

    Lembro de uma ocasião em que o Presidente do Banco Central, acho que o Ibrahim Eris, ficou escondido para evitar de ser preso.
    Havia descumprido uma determinação do STF.

  3. Ocimar
    terça-feira, 21 de agosto de 2012 – 8:15 hs

    MANDA FECHAR ESSAS “INSTITUIÇÕES”QUE SÃO MAIS É QUADRILHAS QUE ROUBA O POVO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*