Advogado de réu do Mensalão cita Cazuza durante julgamento | Fábio Campana

Advogado de réu do Mensalão cita Cazuza durante julgamento

O advogado Luís Maximiliano Leal Telesca Mota, que defende Anita Leocádia, ex-assessora do deputado Paulo Rocha (PT-PA),  ao encerrar a sustentação de defesa durante o julgamento do Mensalão na tarde de hoje, se dirigiu ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e citou um trecho da música O tempo não para, de Cazuza. “Senhor procurador, a tua piscina está cheia de ratos. Tuas ideias não correspondem aos fatos”, disse. Criativo.

 


13 comentários

  1. Osiris Duarte de Curityba
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 16:52 hs

    Os advogados são capazes de tudo pela CORJA por eles defendida.

  2. Ó
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 17:21 hs

    É…. resta dizer ao filósofo de botequim que os inimigos estão no poder.

  3. Rossby
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 17:42 hs

    Xiiii…… o causídico ficou sem argumentos e foi prá retórica barata…. Se fosse meu advogado a fazer uma patacoada dessas, o destituia imediatamente…
    Contudo, talvez fosse a única coisa que ele pudesse fazer…

  4. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 17:54 hs

    Com o circo de horrores que se tornou este julgamento, com toda a espécie de chatices que envolvem estes espetáculos forenses, citar o Chacrinha seria uma lisonja. O que a mídia conseguiu foi tornar tudo insuportável para a raia miúda, pouco afeita aos cânones jurídicos e ao ritual forense. Bom para os mensaleiros, que passaram das manchetes para os rodapés e notas políticas. Como diria o velho Chacrinha – figura que melhor representa a zorra-sacanagem-esculhambação que é o Brasil – “quem não se comunica (bem) se trumbica”.

  5. vitor
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 18:45 hs

    Esses defensores dos mensaleiros fazem um Evaristo de Morais Filho, Heleno Fragoso e Sobral Pinto, se revirarem nos túmulos.
    Haja mediocridade sô!

  6. vitor
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 18:49 hs

    corrijo meu equívoco com relação ao Dr. Evaristo, que ainda está vivíssimo para assistir essas nulidades desfilando.

  7. Geronimo
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 19:13 hs

    Este julgamento deveria chamar-se “A GRANDE PIADA”. Se não fosse vergonhoso este País deveria ser considerado uma chacota mundial. Pobre dos brasileiros que não param de dar tiros no pé, sem honra, sem vergonha na cara, sem dignidade. Merecem cada um dos marginais que representam este galinheiro.

  8. GASTÃO
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 19:26 hs

    #######—- SERÁ QUE O RATINHO JR. TAMBÉM ESTAVA NA PISCINA DO PROCURADOR?? #####
    EU

  9. salete cesconeto de arruda
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 20:42 hs

    GARGAMEL está sendo pego na sua armadilha. Plantou metáforas e colhe agora o FOGO do NERO Merval que vai acabar com a globo. Não tem água dos MARINHOS que resolva essa.
    A gente é pobre mas se diverte – né fábio?
    Viva a BLOGOSFERA!

  10. Deutsch
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 20:43 hs

    Não sabia que lula e dirceu frequentavam a piscina do procurador.

  11. Coelho Ricochete
    terça-feira, 14 de agosto de 2012 – 21:15 hs

    Mais um que cheirou cenoura estragada! Só falta pedir – e comprovar – a canonização dos réus… Vou voltar pra minha toca!

  12. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 15 de agosto de 2012 – 9:48 hs

    Deveria citar o lenhador canadense: MADEEEEEEEEEIIIIIIIIIIIRAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!

  13. Fala sério
    quarta-feira, 15 de agosto de 2012 – 10:48 hs

    E a OAB ainda faz prova para advogado.
    Estudou e fez esta m…deus me livre de um advogado destes….kkkk
    Essa superou…coitado do Cazuza.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*