Estudantes de Foz terão meia entrada no transporte coletivo | Fábio Campana

Estudantes de Foz
terão meia entrada no transporte coletivo

Na última sessão ordinária do mês de julho, realizada nesta terça-feira, os vereadores de Foz do Iguaçu aprovaram o projeto de lei que institui o Cartão Estudante. A modalidade de venda antecipada de passagem garante desconto de 50% do valor da tarifa para o deslocamento de ida e volta durante o período letivo de cada estabelecimentode ensino, e para a realização de atividades extracurriculares, devidamente comprovadas pela instituição.

Após vetar o PL por vício de origem, o prefeito devolveu a matéria à casa de leis, incluindo emendas propostas pelos vereadores. O novo texto amplia o benefício do meio passe aos estudantes de cursos preparatórios para o ENEM e pré-vestibulares ministrados por instituições de ensino, mediante comprovação de renda familiar de até três salários mínimos. Terão direito ainda os alunos que comprovarem residência em distância superior a mil metros entre o ponto de ônibus mais próximo de sua casa e a parada mais próxima do estabelecimento de ensino.

Ficam alteradas algumas disposições com relação ao cadastramento e à recarga de créditos no cartão: além do comprovante de matrícula, será preciso apresentar relatório de frequência mensal, fornecidos pela escola. Após receber o projeto, o prefeito tem 15 dias para sancionar a lei.


3 comentários

  1. Pedro Rocha
    terça-feira, 17 de julho de 2012 – 15:16 hs

    A iniciativa seria louvável, se os custos dessa medida fossem repassados aos vereadores; à Câmara; à Prefeitura; à Secr. Estadual da Educação, ou mesmo ao Ministério da Educação.
    O problema é que, quem vai pagar essa molezinha pelos estudantes, é o sofrido usuário, que já é explorado todos os dias pelo alto custo das passagens; ônibus superlotados e caindo aos pedaços, etc etc
    Rapidinho, podem esperar pela manchete: TARIFAS DE ÔNIBUS URBANOS DE FOZ DO IGUAÇÚ, SOBEM 15%! (No mínimo)

  2. JOREL - CAMPO MOURÃO
    terça-feira, 17 de julho de 2012 – 18:37 hs

    Devia diminuir também em 50% para os trabalhadores, que labuta o dia todo e ainda tem arcar com as custas dos estudantes é o fim da linha mesmo, pobre e trabalhador é ripa no lombo!”

  3. antonio carlos
    terça-feira, 17 de julho de 2012 – 18:43 hs

    Aí está uma ótima coisa para se copiar. Se uma cidade do interior é capaz disto, imagine nós aqui da Capital. Se o Sistema não agüenta, é só acabar com a demagogia da tal Passagem Domingueira. Aí os nossos estduantes alunos vão para a escola gastando menos. Parabéns para os vereadores de Foz do Iguaçu. ACarlos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*