Vereador de Cascavel afastado das funções públicas pela Justiça | Fábio Campana

Vereador de Cascavel afastado das funções públicas pela Justiça

Decisão diz que Mário Seibert mantinha ‘aparente quadro ilícito’ de salários. Advogado do vereador afirma que vai entrar com recurso no TJ.

Do G1 PR:

O vereador de Cascavel, no oeste do Paraná, Mário Seibert (PTC) foi afastado das funções públicas pela Justiça. O juiz da 3ª Vara Criminal de Cascavel, Gustavo Hoffmann, tomou a decisão após denúncias do Ministério Público. De acordo com os promotores, Seibert mantinha funcionários fantasmas no gabinete dele na Câmara de Vereadores.

Na sentença, Hoffmann afirma que o “aparente desprezo ao interesse público faz com que o Poder Judiciário tenha que agir imediatamente”, fazendo referência à atitude do vereador afastado. Ainda de acordo com a decisão, Seibert “insiste em manter o aparente quadro ilícito destinado ao desvio de salários”.

Na sentença, o juiz questiona a contratação de três funcionários. Uma assessora que, segundo Hoffmann, não soube confirmar que cargo exercia exatamente na Casa. Outra funcionária é apontada com inúmeras faltas e um terceiro, que prestou depoimento e disse, que nunca havia entrado na Câmara, mas recebia salário como assessor de Seibert.

O advogado do vereador, Moacir Vozniak, vai entrar com recurso no Tribunal de Justiça e questiona três pontos da sentença: o fato da ação ter sido proposta por três vereadores, da decisão não determinar o tempo de afastamento e ele também não vê problema na nova nomeação de uma das suspeitas de ter sido funcionária fantasma.

“Ela não está respondendo nenhum processo, está sendo apenas investigada. Por isso o vereador acabou nomeando ela novamente. Porque ela foi exonerada junto com todos os servidores na época”, comentou o advogado.


2 comentários

  1. Querendo justiça
    quinta-feira, 7 de junho de 2012 – 23:17 hs

    E os demais vereadores quando serão afastados?
    E o Presidente da Câmara que é o responsável por todas nomeações deveria também ser afastado imediatamente.

  2. sergio silvestre
    sexta-feira, 8 de junho de 2012 – 8:36 hs

    Tenho observado,que os politicos que são cassados,ou são de cidades pequenas,ou de partidos nanicos.
    Pois bem,eu aqui matutando,desconfio tambem que está em curso um negocio muito lucrativo,como acontece na area trabalhista,tambem no meio politico.
    A industria das cassações parece estar em curso,onde os grandes
    com suas gigantescas bancas de advogados são poupados,e os ba
    grinhos,quando acaba o dinheiro,são defenestrados do cargo.
    Hoje é sem duvida o maior filão o advogado defender politico,e olhe que tem de monte com alguma pendencia judicial.
    Como no cidadão comum,o que eu vejo é que estão condenando só os ladrões de galinha,enquanto os grandes vivem com seus advogados a tiracolo,e permanescem no poder.
    Estranho é esse mundinho para quem pensa,mais estranho é quem esta ao largo de tudo isso e se preocupa,..mas

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*