Políticos paraguaios são detidos em Foz após entrar no país irregulares | Fábio Campana

Políticos paraguaios são detidos em Foz após entrar no país irregulares

Oito foram detidos ao chegar em um iate sem autorização pelo Rio Paraná. Depois de notificados, políticos regressaram a pé ao Paraguai.

Embarcação paraguaia com oito políticos é apreendida (Foto: Divulgação/PF)Do G1 PR:

Oito políticos paraguaios foram detidos na tarde de sexta-feira (8), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, depois de entrar irregularmente no Brasil. O prefeito da cidade de Hernandarias, no Paraguai, cinco vereadores e uma deputada foram avistados por policiais federais em um iate, a caminho da margem brasileira.

O piloto do barco, que também é paraguaio, chegou a ser alertado via rádio pela Polícia Federal (PF), mas ignorou a orientação e seguiu viagem até aportar em um clube náutico, às margens do Rio Paraná, no bairro Três Lagos, em Foz. “Essa embarcação tenta passar constantemente para o lado brasileiro de maneira irregular, sem autorização para fazer esse trânsito internacional”, explicou o chefe do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) da PF, Augusto Rodrigues.

De acordo com ele, o grupo foi abordado já em solo brasileiro. “Eles não tinham autorização para entrar no país, pois não estavam com credenciais diplomáticas e alguns deles não traziam nem documentos”.

Após cerca de três horas, os políticos foram levados até a Ponte da Amizade, onde receberam uma notificação da migração brasileira e voltaram a pé para o Paraguai. Já o dono do iate, que é suíço, e o piloto foram presos em flagrante. Eles pagaram fiança e vão responder em liberdade por introduzir estrangeiro irregularmente em território nacional e por desobediência.

A embarcação era paraguaia, mas trazia uma bandeira brasileira na proa. O iate foi apreendido e encaminhada para a receita federal.


5 comentários

  1. Damasceno
    sábado, 9 de junho de 2012 – 16:02 hs

    Impressionante como essa gente ainda não prestou atenção que somos um outro país apesar de ainda termos umas coisinhas de titicas que ainda tentam, alguns, nos fazer pequenos. Tinha mais é que prendê-los, algemá-los, conduzi-los à uma cadeia comum e mandar ao ministério das coisas exteriores um comunicado alertando para o fato e sugerindo que, da próxima vez, vão levar além , da cadeia, um pau federal. Gentinha é isso aí!!!! Talvez reflexo de alguma coisa que anda acontecendo em nosso país! Vai saber!!!!!

  2. ANTONIO
    sábado, 9 de junho de 2012 – 20:35 hs

    Ja PASSOU DA HORA DO GOVERNO BRASILEIRO DAR UM BASTA NOS ABUSOS QUE PAISES VIZINHOS COMETEM CONTRA NOSSO BRASIL,POIS ALEM DISSO PROIBEM ENTRADAS DE PRODUTOS BRASILEIROS,QUE O BRASIL FECHE NOSSAS FRONTEIRAS E NAO DEIXEM NADA PASSAR,QUERO VER QUANTOS DIAS AGUENTARIAM.

  3. Eleitora curitibana
    domingo, 10 de junho de 2012 – 14:22 hs

    Cheio de muamba e dólares…

  4. MARCIO
    domingo, 10 de junho de 2012 – 18:24 hs

    QUE GENTILEZA DA NOSSA POLÍCIA FEDERAL EM DEVOLVER OS DEPUTADOS NA PONTE E FAZÊ-LOS IREM A PÉ PARA O PY! EXPERIMENTE SER DETIDO, PRESO DEPOIS DE SER ACHACADO POR MILITARES EM CIUDAD DE LESTE PARA VER SE VOCÊ VOLTA! LÁ ELES FAZEM E DESFAZEM COM OS TURISTAS É UMA CORRUPÇÃO SÓ, SE VOCÊ NÃO TIVER UMZINHO PARA A PROPINA NOSSA DE CADA DIA VC TÁ FERRADO! PENSO QUE DEVERIAM SER DETIDOS ATÉ A APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS E DEPOIS LIBERADOS. OQUE ACONTECERIA COM BRASILEIROS EM TERRITÓRIO PARAGUAIO SE NÃO ESTIVESSEM COM OS PERMISSOS!?KKK! NÃO VOLTARIAM MAIS!! MAS VALEU…DE CERTA FORMA COLOCAMOS MORAL NESSE PEDACINHO DE FRONTEIRA!

  5. Paulo Sérgio
    domingo, 10 de junho de 2012 – 21:57 hs

    Foi pouco o que a PF em Foz do Iguaçu fez aos Paraguaios, diante do que nos fazem quando atravessamos do outro lado.
    Somos humilhados e extorquidos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*