Novo presidente do Paraguai lembra a Dilma que seu país é autônomo | Fábio Campana

Novo presidente do Paraguai lembra a Dilma que seu país é autônomo

Federico Franco, o novo presidente do Paraguai, falou, hoje, à imprensa internacional pela segunda vez em 48 horas. E mandou dois recados para quem interessar possa.

Sobre a possibilidade de seu país ser suspenso do Mercosul:

– Se eu disser que a prioridade é a comunidade internacional, estaria mentindo. Quero arrumar a casa e transmitir daqui tranquilidade e mostrar à comunidade internacional que este é um governo democrático.

Sobre a posição de Dilma de condenar o que ocorreu no Paraguai:

– É importante que Dilma consulte seus compatriotas. Aqui tem 500 mil brasileiros e sempre que as terras dos brasiguaios eram invadidas a própria embaixada dizia que não poderia fazer nada porque este é um país autônomo.

O novo diretor paraguaio da Hidroelétrica de Itaipu defendeu que seu país reduza a venda ao Brasil do excedente da energia que se produz por lá e que pertence ao Paraguai. Acha que parte do excedente deve ser utilizado no Paraguai para seu próprio desenvolvimento.


24 comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 17:13 hs

    Muito bem, parabéns Presidente.
    Não permita que os COMUNAS do PT onterfiram na DEMOCRACIA de seu pais. Agora, vamos ver qual o próximo pais a se lvrar deste maldito regíme Cubano, bem que poderia ser o Brasil.

  2. Henrique junior
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 17:25 hs

    Toma ! viu? bem feito.

  3. Pedro Rocha
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 17:26 hs

    Que vergonha! Esse homem deu-nos uma cacetada!
    A quem tem ALGUMA dúvida sobre essa história, sugiro ir até o Google, e lá digitar CHIQUI AVALOS, e sua GUARÃNIA DO ENGANO.
    Trata-se de matéria feita pelo estupendo jornalista paraguaio.
    Não percam! Ela encerra a questão!

  4. Lenza Toledo
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 17:34 hs

    escutô, dirmona.

  5. Alessandro
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 17:54 hs

    Insólito: presidente paraguaio atual (diga-se, legalmente empossado) defende os interesses dos brasileiros, enquanto que o governo federal do Brasil defende o retorno de Lugo, aquele que transtornou a vida dos ditos “brasiguaios”.

  6. Pedro Rocha
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 18:22 hs

    Só uma degustação:

    -“E a Argentina…Bem, a Argentina não tem embaixador no Paraguay faz alguns meses. Ocupadíssima, Dona Cristina não nomeou um substituto. País de necrófilos, (Amam Gardel – Che – Perón – Evita e Maradona, entre outros defuntos).
    Chamou um embaixador que não existe, um diplomata fantasma até a Casa Rosada para consultas…!”

    Mais hilário que esse parágrafo, é o do trapalhão Patriota, junto com o chanceler do Chávez, tentando evitar o “GOLPE”:

    -” Foi deplorável o papel do inexpressivo Chanceler Patriota (Que não se perca pelo nome), saracoteando pelas ruas de Assunção em desabalada carreira, indo aos partidos LIBERAL e COLORADO pressionar em favor de um presidente que caía.
    Adentrando o Parlamento ao lado do Chanceler de Hugo Chávez, o Sr. Maduro, para ameaçar em benefício de um presidente que o país rejeitava.
    Indo ao Vice-Presidente Federico Franco ameaçar-lhe, com imensa desfaçatez, desconhecendo seu papel constitucional, e o fato de que ninguém renunciaria a nada apenas por uma ameaça calhorda da UNASUL (Que não é nada), e outra ameaça não menos calhorda do MERCOSUL (Que não é nada mais que uma ficção).
    O Barão do Rio Branco arrancou seus bigodes cofiados no túmulo profanado pelo ITAMARATY de hoje…!”.

    Meu Deus, que vergonheira esse petê faz a gente passar!

  7. Na Ativa
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 19:14 hs

    Antes de cuidar da casa alheia, é melhor cuidar da sua Presidente Dilma…

  8. mauro lacerda
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 19:33 hs

    Alguém já disse…que pena que o Parlamento Paraguaio não
    sirva de exemplo para os brasileiros, venezuelanos, bolivianos,
    cubanos…que pena!!!Eles mostraram que tem um jeito de se
    livrar dos corruptos, devassos e incompetentes (homens/mulheres)

  9. M.A.S
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 19:36 hs

    Esse sujeito mal assumiu a cadeira do padre tarado, nem mesmo se sabe se é legal esse fato, e já está se achando a última rosca do pacote.

  10. Paulo
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 19:59 hs

    esse é golpista a mando dos eua

  11. OSSOBUCO
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 21:06 hs

    Esse pseudônimo presidente que vá tomar bem no meio do sua testa, ele está a serviço do contrabando e do narcotráfico, segundo Janio de Freitas da Folha de SP. Vamos parar de defender bandido só pra atacar a Dilma.

  12. pato-branquense
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 21:48 hs

    Essa PTzada pilantra fica defendendo o bispo/padre incompetente porque ele é simpático aos demais imbecis (Fidel, Chavez, Morales etc). Bando de imprestáveis. Quando é para defender os brasiguaios que lá vivem e produzem, nem um pio desse governo medíocre. Eta Brasil…

  13. Jose silva
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 22:09 hs

    Xiiiiii

  14. Mírian Waleska
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 22:25 hs

    KKKK
    Eu já simpatizo prá caramba com esse presidente, senti firmeza Sr. Frederico Franco, é bom lembrar que na questão dos Brasiguaios a nossa ilustre presidanta fez como Pôncio Pilatos, lavou as mãos, virou as costas, ignorou, nada fez quando Lugo apoiava a invasão das terras dos Brasiguaios, inerte, completamente inérte, o que é que quer se meter agora no governo alheio? Proteja seus compatriótas, será que tem que ser tudo pela cabeça do chaves?
    Dá-lhe Frederico Franco, pelo jeito sua nação tem mais sangue nas veias do que nos, resolveram a questão em dois toques, e aqui ninguém se meche, roubam,articulam quadrilhas, chamam-nos de palhaços diariamente e a gente nem aí, enquanto ficamos assim, deitado em berço explêndido a quadrilha do PT vai comendo pelas beiradas…

    Vou embora para o Paraguai, vender produtos da china e sentir orgulho do presidente.

  15. marvado
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 22:32 hs

    Desde quando esse bando de indiarada é dono de alguma coisa. Vejamos a história da construção da Itaipu: o Brasil, na época da ditadura, através de seus megalomaniacos, construíram, mais uma vez com dinheiro do povo, a usina, opa, cabide de emprego pra altos figurões da política nacional kkkk. Não foi utilizado nem um centavo dos hermanos cucarachos e ainda cobram por nos fornecer energia como se deles fossem. Talvez usem a energia excedente para acender as lamparinas chinesas que ali chegam aos troços. Ou talvez usem para movimentar as prensas de maconha, fazendo com que não mais usem o trabalho braçal de menores. Quem sabe usem o excedente para movimentar as carretas elétricas recheadas de contrabando. Os chineses, coreanos, árabes, indianos não investem um centavo do que ganham naquele lugar. A força de trabalho é predominantemente brasileira. a única que se vê é um bando de paraguaio sentado nas barraquinhas vendendo algo falsificado e colocando suas mulheres para trabalhar como sempre o fizeram desde a guerra do Paraguai

  16. João Bonifácio Cabral Júnior
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 23:45 hs

    Federico Franco usurpou o poder. A Constituição Federal Paraguaia
    optou pelo regime democrático onde está garantido o direito de ampla defesa e do contraditório para os acusados. Também no artigo 17, incisos 7 e 8 daquela Constituição, subjacentemente, garante a produção de provas documental, testemunhal e até pericial ao Presidente Lugo. Isto não ocorreu. A destituição foi inconstitucional e vergonhosa. Digo isso sem entrar no mérito do Governo Lugo.
    A questão importante aqui foi o procedimento, totalmente ao arrepio do direito aplicável.

  17. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 11:24 hs

    Se for esperto, o presidente paraguaio deve abandonar este clube de países pobres e remediados que é o mercosul, onde só quem ganha é o Brasil e a Argentina (pobretona, mas protegida do Brasil). Deve fazer como o Chile e negociar com americanos e chineses diretamente. Ou, vai continuar sendo o capacho onde o Brasil e a Argentina limpam suas botas. Às favas os outros cucarachos.

  18. LUIZ
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 11:55 hs

    Além do PT, se os presidentes Hugo Chaves, Cristina, Morales… estão defendendo o ex-padre, isto comprova que o Congresso paraguaio agiu corretamente.

  19. ernesto
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 11:58 hs

    Quem tirou Lugo, foi o contrabando e o narcotráfico, e tem gente que defende.

    Jânio de Freitas, UOL

    A falta de explicação convincente por parte da repentina aliança parlamentar que derrubou Fernando Lugo tem, ela própria, explicação simples. E íntima das relações comerciais verdadeiras entre o Brasil e o Paraguai.

    É óbvio que não foi o choque de lavradores e polícia o motivador, em apenas 30 horas, da união repentina dos congressistas paraguaios e da derrubada do presidente.

    Polícia e lavradores são indígenas contra indígenas, situação historicamente incapaz de provocar qualquer comoção ou atitude no Congresso do Paraguai.

    Fernando Lugo, muito pouco ativo quanto a muitos dos seus compromissos de campanha, cumpriu um deles sem concessão: não criou oportunidades para a corrupção e não fomentou a produção e o comércio ilícitos. Rompeu assim com a tradição das presidências locais e dos apoios parlamentares, sociais e judiciais que lhes permitem existir.

    As fábricas de produtos falsificados estão, sem mascaramentos, na própria capital Assunção, como pelo Paraguai todo.

    Os nossos carros roubados destinam-se, em grande parte, à receptação permitida e estimulada no Paraguai, onde podem trafegar mesmo com a placa brasileira. Os cigarros e tantos outros produtos brasileiros que chegam ao Paraguai beneficiados, no preço, pelas isenções para exportação, voltam ao Brasil como contrabando e enchem o comércio de rua e inúmeras lojas de nossas cidades.

    O pequeno Paraguai é o maior centro conjunto de falsificação e comércio ilegal de produtos. Nos últimos anos, uma inovação constatada: com os produtos que transitam pelo Paraguai e entram no contrabando para o Brasil, muito da produção falsificada no próprio Paraguai traz o registro “made in China”.

    É incalculável o custo, para o Brasil, do contrabando e da receptação de carros e motos roubados aqui, o que está obrigando à criação de uma nova rede policial-militar de proteção da fronteira.

    E ainda há o narcotráfico. A Bolívia e a Colômbia ficam com a culpa toda, mas o Paraguai não é menos fornecedor que ambas, com suas rotas de contrabando, e é provável que já seja o maior canal de entrada de drogas variadas.

    O pequeno Paraguai é, proporcionalmente, o maior centro de receptação de roubo, produção de falsificados e contrabando. Com participação importante no narcotráfico.

    No país de maioria tão pobre, quem possui e quem controla o sistema imenso dessas atividades ilegais? Quem pode fazê-lo sem preocupação alguma com problemas de ordem legal? E quem são os políticos, os congressistas desse país triste e infeliz?

    Um dos seus compromissos com o eleitorado, Fernando Lugo cumpriu-o: não se pôs a serviço dos donos do ilegal Paraguai. À primeira oportunidade, caiu.

  20. HENRY
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 12:03 hs

    PARABÉNS SR. PRESIDENTE FEDERICO. QUE BOM SERIA SE EM NOSSO país HOUVESSE UM PARLAMENTO IGUAL AO PARAGUAIO. ESTES corruPTos DO pt “partido do trambique” JÁ TINHAM SIDO DESTITUÍDOS DE TODOS OS CARGOS.

  21. ernesto
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 12:10 hs

    O crime organizado reunido no Parlamento, em confronto com um presidente que não era criminoso, acabou por destituí-lo. E tem gente que defende esse tipo de coisa, é o caráter, não tem jeito mesmo.

  22. Helena
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 13:13 hs

    Se o julgamento do mensalão for imparcial e transparente, certamente, nos livraremos da petezada(cubanos) já iniciando pelas prefeituras de todo o país, onde existem as bases fortes dos petistas.

  23. jaferrer
    quarta-feira, 27 de junho de 2012 – 15:39 hs

    A doutora Dilma não entende espanhol… também não entende de política, de diplomacia, etc…

  24. silvajr
    quinta-feira, 28 de junho de 2012 – 0:43 hs

    helena, é mais fácil a gente se livrar da tucanalha …

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*