MP perde ação em denúncia do PT | Fábio Campana

MP perde ação em denúncia do PT

O Ministério Público do Paraná perdeu na semana passada, no STJ, a ação de improbidade administrativa contra os servidores públicos municipais José Alvaro Twardowski, Fric Kerin e Euclides Rovani. O grupo ocupou a presidência e diretorias da Urbs foi acusado em 2003 pelo ex-vereador do PT, Adenival Gomes, de que os ônibus de empresas ligadas à Urbs não eram multados pelos radares. A fiscalização na época era feita por tacógrafos.

Na decisão está relatada “…a não ocorrência de dano ao erário e enriquecimento ilícito, não comprovação do ato de improbidade e, ainda, não infringência a princípios da Administração Pública, rever esta conclusão esbarra na Súmula n.7 desta Corte Superior”.


2 comentários

  1. Silva Jr
    segunda-feira, 25 de junho de 2012 – 18:29 hs

    No Brasil, tudo é possível.

  2. Lucas
    terça-feira, 26 de junho de 2012 – 10:48 hs

    Realmente, tudo é possível, acabar com vida das pessoas sem ter prova alguma de nada, penas pra criar fato político.
    Se fosse comigo, entraria com uma ação de indenização pra cima desse ex-vereador do PT (tão ruim que não conseguiu se reeleger) e tiraria até as calças dele.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*