Um desafio para Pepe Richa | Fábio Campana

Um desafio para Pepe Richa

O secretário José Richa Filho, dos Transportes, se depara com um novo desafio. Sofre pressões para rever a OS nº 148/2010 (governo Requião) que concede ao operador privado do Terminal da Ponta do Félix o direito de atracação de navios para descarga de fertilizantes no Porto de Paranaguá. A grita cresceu e conseguiu inscrever o tema na agenda prioritária de Pepe Richa, que quer resolvê-la antes que desague em discussões na Assembleia.


4 comentários

  1. naja
    quinta-feira, 31 de maio de 2012 – 19:54 hs

    CPI DA PONTA FELIX JA!!!

  2. Justiça
    quinta-feira, 31 de maio de 2012 – 22:25 hs

    Pode ter certeza que se o secretário se aprofundar vai descubrir muita coisa, na minha opinião os Richas vão saber que bela troca fizeram na APPA. Vamos ver se agora vai aparecer o verdadeiro comprador do Terminal da Ponta do Félix. Pois esse grupo quer a prefeitura de Antonina e Paranaguá.

  3. Solo Forte
    sexta-feira, 1 de junho de 2012 – 9:36 hs

    A preferencia de atracação em Paranaguá que é o privilégio que é concedido por esta ordem de serviço é que é um absurdo (o direito de furar a fila de atracação), o beneficiário depois de arrancar a preço vil o terminal das mãos dos fundos de previdencia através de processo para lá de contraditório e ilegal, ganhou na loteria com esra OS.
    E a posição do atual superintendente pau mandado do sócio majoritário do terminal, que aliás ele presidiu até tornar-se superintendente…saia susta mesmo…deve ser apurada com rigores.

  4. Carlos Alberto
    sexta-feira, 1 de junho de 2012 – 11:32 hs

    O que mais o Requião Privatizou ele fala do Pedágio sendo que o autor da lei e ele ou de manutençao ou qualquer outra coisa para o povão não faz diferença alguma, a Ponta do Felix e um terminal Portuario que a população a não ser os nativos da região e quem sabe que existe, e o lucro que dá, esta familia Requião na pessoa do Eduardinho mais velho Nana de bengalinha daqui uns anos vai deixar para sua geração futura os louros colhidos na teta da administração publica.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*