STF fará três sessões semanais exclusivas para julgar o mensalão | Fábio Campana

STF fará três sessões semanais exclusivas para julgar o mensalão

Por essa sistemática, tribunal levará pelo menos um mês e meio para concluir o julgamento.

De O Estado de S. Paulo:

BRASÍLIA – Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram fazer sessões extras às segundas-feiras para julgar o processo do mensalão. Para acelerar o julgamento, o tribunal se reunirá nas tardes de segunda, quarta e quinta-feira exclusivamente para analisar a ação penal aberta contra 38 réus.

Os ministros rejeitaram a proposta apresentada pelo presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto, de fazer um esforço concentrado com sessões plenárias todos os dias, incluindo o período da manhã. Por esse cronograma, calculou Britto, o julgamento terminaria em três semanas.

Relator do processo, o ministro Joaquim Barbosa, disse não ter condições físicas para aguentar sessões duplas e diárias. Barbosa enfrenta há anos problemas na coluna e no quadril. Por isso sugeriu três sessões de julgamento por semana apenas no período da tarde.

Por essa sistemática que está praticamente definida – o Supremo baterá o martelo na próxima semana – o tribunal levará pelo menos um mês e meio para concluir o julgamento cuja data de início ainda não foi marcada.

Barbosa adiantou que seu voto tem mais de mil páginas. O relatório tem outras 122 páginas. Ele afirmou que julgará os réus em blocos, assim como fez quando a ação penal foi aberta. Em 2007, quando a denúncia foi recebida, os ministros analisaram o caso levando em conta os núcleos a que pertenciam cada um dos suspeitos – núcleo publicitário, núcleo político e núcleo bancário.

Na segunda-feira, o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos, advogado de um dos réus do mensalão, levou ao presidente do STF e ao relator do caso um pedido para que não houvesse mudanças no rito do julgamento. Para ele, o tribunal deveria manter as tradicionais sessões plenárias, apenas nas quartas e quintas.

Bastos afirmou que restringir o tribunal ao julgamento do mensalão poderia impedir que outros casos urgentes, como os habeas corpus, fossem julgados. “Você deixa o estado de Direito entre parênteses”, disse. “O julgamento deve ser feito em ritmo de normalidade”, afirmou o advogado.


13 comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 7:20 hs

    Faltou a foto de LULA DA SILVA, CHEFE DO MENSALÃO DO PT. Lembrando que, todos os escãndlos atuais, remontam os 08 anos de LULA DA SILVA.

  2. quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 8:38 hs

    ISHIII…Agora o Lula fica maluco de vez. O que será que ele vai inventar dessa vez.?
    Os aloprados podem colocar as barbas de molho …kkkkkk

  3. ESPERANÇA
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 8:41 hs

    Parabéns STF, vamos julgar e condenar esses ladrões o quanto antes, ….e o voto do Lewandowski sai logo??????? ou esta precisando de mais e$$$$tímulo?????!!!!!

  4. Geraldo Martins
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 9:31 hs

    Esta chegando a hora do povo saber se esse STF serve pra alguma coisa, ou se é um circo. Queremos saber efetivamente quem vai pra cadeia e vai devolver o dinheiro roubado, se isso não acontecer vamos ter a certeza de que a justiça não existe. Esse julgamento pode ser uma oportunidade para esses senhores justificar o alto custo que dá a nação. Se um desses cinco aí for pra cadeia já podemos comemorar.

  5. quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 10:05 hs

    Ajudo a pagar horas extras, e os carcereiros para dar borrachada nessa quadrilha, e não adianta o lulla se fingir de doente, vai pra borracha também, é assim que se trata bandido, e não venham com defesa de direitos humanos, pois os que morrem de fome e por falta de atendimento médico, por conta desses cafajestes também merecem ser vistos pelos direitos homanos.

  6. Ocimar
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 10:14 hs

    A PENA DE MORTE PARA ESSA QUADRILHA AÍ É POUCO,OPS TA FALTANDO O QUADRILHEIRO CHEFE,( o mulla).

  7. Eu li
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 10:23 hs

    Belas fotos, cade o outro…

  8. Napo
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 11:00 hs

    Cadê o Ali Babá ???

  9. Rociara
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 12:50 hs

    O Ministro Joaquim Barbosa sempre querendo atrapalhar as sessões do STF. Agora para demorar muito mais o julgamento do Mensalão inventa essa de não poder ficar sentado, porque então não fica deitado em casa?
    Seu voto já sabemos e de todos os componentes do STF- NÃO EXISTIU MENSALÃO, é invenção da oposição. CADEIA NELES…

  10. Ernetso
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 14:12 hs

    Mas que bando de enganados pela mídia bandida, depois do resultado vão querer chamar os milicos pra fechar o STF. Mensalão foi caixa 2. Além do mais, estão fazendo o jogo da mídia que é sócia do Cachoeira.

    O processo do mensalão já está no STF, tanto o do PT quanto o do PSDB, por que apressar logo agora que saiu a CPI do cachoeira?

    O que a mídia bandida quer esconder? É isso o que dá ser leitor da VEJA?

  11. Gerson Santos
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 15:20 hs

    Saudade da Ditadura militar, naquele tempo já estariam presos e condenados na cadeia.

  12. NENA
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 18:26 hs

    caras de pauuuuuuu

  13. Pedro Rocha
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 19:55 hs

    No governo militar, tínhamos aqui um governador biônico, o Leon Perez.
    Expexrto que só, tentou arrancar uma grana preta do Cecilio Rego Almeida, baita empreiteiro/tremenda raposa!
    O Cecílio foi até o palácio, gravou, a proposta numa fitinha K7 (hoje em dia ninguém mais sabe o que é isso), e mandou o bagulho pra Brasília.
    Nada de julgamento, recurso, e o escambau. No dia seguinte o cara tava na rua. Não foi preso por pouco!
    Terminou seus dias no Rio de Janeiro, como corretor imobiliário!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*