Perto do julgamento, Lula diz que mensalão foi 'tentativa de golpe' | Fábio Campana

Perto do julgamento,
Lula diz que mensalão
foi ‘tentativa de golpe’

Da Folha de S. Paulo:

Às vésperas de o STF (Supremo Tribunal Federal) julgar a ação penal do mensalão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer, nesta segunda-feira (21), que o escândalo foi uma “tentativa de golpe” contra seu governo (2003-2010).

“O PT era mais atacado do que hoje por grande parte dos políticos da oposição e por uma parte da imprensa brasileira. Na verdade, era um momento em que tentaram dar um golpe neste país”.

Lula afirmou que a oposição foi forçada a recuar diante do apoio que recebeu dos movimentos sociais. Ele também citou artistas populares como o apresentador de TV Raul Gil e o cantor e vereador Agnaldo Timóteo (PR).

“Eu disse: ‘Não vou me matar como Getúlio [Vargas] e não vou fugir obrigado como o João Goulart. Só tem um jeito de eles me pegarem aqui. É eles enfrentarem o povo nas ruas deste país.'”

O ex-presidente disse que a oposição se intimidou depois de ele receber apoio de movimentos populares em visita ao Palácio do Planalto.

“Aquilo foi a coisa que mais deixou eles com medo de continuar na luta pelo impeachment”, afirmou.

Lula discursou após receber homenagem da Câmara Municipal de São Paulo. Ele ganhou o título de cidadão paulistano e a medalha Anchieta.


30 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 10:59 hs

    Grandíssimo “cara de pau”. Aliás, “grandissíssimo”.

  2. Pedro Rocha
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:01 hs

    Parece que o velhaco Lulla não parou de beber, hein? –
    Esse converseiro fiado, esse papo pra boi dormir, esse miolo de pote, tá mais pra conversa de botequim, depois das duas de la matina, quando tá todo mundo, bem pra lá de Bagdá!
    Para de beber homem, e assuma seus erros, e os erros dos seus sicários. Você é o responsável por esse crime!
    E há quem acredite na múmia!

  3. Do Interiorrrrrr...
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:06 hs

    Quanta mentira, chega a dar nojo….

  4. CHICO 1
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:31 hs

    Quer dizer, então, que ele mentiu em todas as entrevistas da época… que foi traído, que não sabia de nada, que faziam o mesmo que todos os outros partidos, etc. e tal? Hummm, então, tá!!!!

  5. Zangado
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:42 hs

    Meu Deus – e temos que ouvir isso da parte de Lula !
    Mas, até certo ponto, merecemos, pois, não tivemos caráter suficiente para enquadrá-lo nos fatos.
    Dizia Gandhi: se você permite a injustiça, o injusto é você.
    Pobre país, sem sociedade civil que se dê respeito !

  6. terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:56 hs

    Se não sabia de nada, não pode opinar sobre a existencia ou não.
    Continua achando que todos são idiotas e vassalos dele, pobre criatura, está querendo por medo no STF, vai para a tumba espirito da desgraça.

  7. valdir bassai
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 11:57 hs

    O apeDELTA falastrão continua a chamar o eleitor consciente
    de bobo, haja visto que as provas da roubalheira do mensalão
    é inquestionável.
    Pena que tem quem acredita nesse cidadão!!

    Fazer o que?

  8. terça-feira, 22 de maio de 2012 – 12:33 hs

    O tiro no pé que Lula levou está sangrando muito, depois de criar a CPI /Delta/Pac e pelo jeito esqueceu que ele mesmo reconheceu o Mensalão e pediu perdão pelo escândalo e agora se lula vier com essa mentira, vai levar outros tiros, o melhor é Lula se acalmar e deixar rolar.
    Lula esqueceu também de que foi FHC que não permitiu o pedido de impeachment , alegando de que deviria dar oportunidade ao então presidente ?

  9. sergio silvestre
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 12:35 hs

    Não duvido do Lula não.
    Existe forças que não querem o padrão atual.
    A mão de obra escrava ficando escassa,muitos coronéis tem que refazer suas contas,das suas mirabolantes aventuras com dinheiro facil.
    Padrão que o resquicio udenista não suporta,odeiam pobres,gostam
    deles somente nas senzalas.
    Mas como disse uma vez em defeza do belinate aqui em londrina,
    quando o reporter perguntou se o cliente era corrupto.
    A resposta foi inesperada.’Ém campos floridos não existem virgens”
    pois todas as abelhas já as tinham bolido.

  10. Palhaço
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 12:41 hs

    ….e Papai Noel e o coelhinho da Páscoa não existem !!!

  11. jose luis silva
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 13:08 hs

    AINDA BEM QUE VOCE NAO É MAIS PRESIDENTE E NAO PRECISAMOS OUVIR SUAS CONVERSAS FIADAS..

    CONTRA FATOS E DOCUMENTOS, NAO EXISTE ARGUMENTO SENHOR PRESIDENTE.

    SÕ FALTA VOCE FALAR QUE O DINHEIRO PAGO PARA O DUDA FORA DO PAIS, TAMBÉM FOI GOLPE…

  12. PARANÁ
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 13:25 hs

    COISAS DO PT.

  13. Peter Bad Hazar Thess
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 13:33 hs

    O tempo se encarrega da restauração das verdades.Universidades haverão de requerer devolução de diplomas Honoris Causa, prefeitura anulará doação de terreno para instituto egolatra, e eleitores, milhares deles se descabelarão, inclusive o Silvestre, o Trento, a Cesconetto. E dirão: Nunca mais voto em fdp nenhum! Tô até vendo.

  14. geraldo
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 13:47 hs

    Ele continua do mesmo jeito não viu não sabe de nada, pensei que quando ele caiu do puleiro do poder, ele voltaria enxergar. E possível que ele continua bebendo. LULA, bebida faz mal a saúde.

  15. matahari
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 13:50 hs

    O Lula que trate de pôr o rabo na parede pois, além desse negócio da Delta e do Cachoeira vem aí o julgamento do mensalão bem na época da eleição. Isso poderá ter consequências funestas para o PT. Esse mentiroso já teve seus dias de glória e chegou o momento de se passar todas as suas falsidades a limpo. Nenhum Ministro do Supremo vai se comprometer para salvar a quadrilha que assaltou o povo, escondendo até dolares na cueca e escarnecendo da inocência do povo.

  16. Ernetso
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 14:21 hs

    A direita não acreditava que um dia o PT chegaria ao poder. Achava que o PT jamais teria recurso financeiro suficiente para uma campanha eleitoral vitoriosa. A direita sempre soube que o PT fazia caixa dois, como ela (direita) sempre fez. Mas a direita achava que o PT jamais conseguiria volume de recursos suficiente para uma campanha eleitoral vitoriosa. Achava que o PT não iria muito além da captação de recursos junto a entidades sindicais e a alguns poucos empresários ou segmentos empresariais “exóticos”, “desgarrados” do esquemão direitista reinante. Mas o PT surpreendeu. Os operadores financeiros do PT foram eficientes na ampliação do “caixa dois” (“recursos não contabilizados”, como prefere dizer Delúbio Soares). Para ampliar suas fontes e formas de arrecadação, o PT utilizou, inclusive, um esquema que já estava pronto, montadinho, o chamado “Valerioduto”, cuja origem tem a marca tucana. O PT entrou de cabeça no esquema de caixa dois e venceu a eleição. A direita então gritou pega ladrão. Era preciso convencer o povo que o PT havia roubado o poder. Não se tratava de acusar por acusar. A denúncia do “maior esquema de corrupção de todos os tempos” tinha objetivo (não-declarado, mas indisfarçável) de criar as condições para o impeachment de Lula. Lula precisava ser afastado do poder a todo custo. Foi colocado em andamento o golpe de que fala Lula. Caixa dois não seria suficiente para justificar o que a direita tinha em mente. A farsa do mensalão veio a calhar.

  17. ieto
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 14:21 hs

    …EU NÃO SEI DE NADA!

    Agora diz que sabe!!!

    Esse camarada , tomou só um porre e até hoje não se curou…Vá dormir!

  18. PK
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 14:23 hs

    O VOTO! “(…COMAM ,BEBAM,DIVIRTAM-SE, DESCANSEM, A VERDADE, SOBRE TUDO APARECERÁ! HÁ TÁ! VAMOS!!! ACREDITAMOS NO LOBO MAU E NA ESTRELINHA VERMEIA; E NA VOZ DA VOVÓZINHA!! KKKKKKKKKKKK…) ” OUVI ISTO DE ALGUEM QUE NÃO CONHEÇO, QUE NA OPORTUNIDADE ESTAVA EM UMA BANCA DE JORNAL E REVISTAS; ENQUANTO ISSO LIA UM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DA CIDADE!

  19. Ernetso
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 14:25 hs

    Foi só Paulo Preto e Serra aparecerem no rolo da Delta, que a Folha virou a pauta para fantasmas
    Até ontem a tucanada dizia que precisava investigar a empreiteira Delta em todos os estados, desde já. A velha imprensa também dizia o mesmo.

    O objetivo era constranger o PMDB, ao estabelecer como alvo um governador do partido, Sérgio Cabral, de forma a salvar um governador tucano, Marconi Perillo (PSDB-GO).

    A manobra começou a desandar quando se deram conta de que Cabral não está no mesmo nível de Perillo, e sim de José Serra (PSDB-SP). Investigar a Delta nacional, o que poderá ocorrer com os desdobramentos da CPI, pegará o diretor da empreiteira em São Paulo, Heraldo Puccini Neto, atualmente foragido, com mandado de prisão. Este diretor assinou contratos milionários da Delta com Paulo Preto, na gestão de José Serra.

    Quando o jornal “Folha de São Paulo” se deu conta disso, resolveu direcionar a pauta para outro lado, caçando fantasmas no gabinete do senador Vital do Rego (PB), também do PMDB, partido que a velha imprensa acha mais fácil de chantagear com notícias desfavoráveis, para impedir investigações sobre a revista Veja.

  20. VLemainski -Cascavel-PR
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 14:33 hs

    Narciso, da mitologia grega, deve ter ficado inciumado diante dessas declarações. Prece a cereja do bolo. Quanta mentira, quando se sabe que um grupo de políticos influentes na nação secretamente optaram por evitar o inpeachment desse falsário para evitar a ameaça de uma nova ditadura…
    Nem a proximidade da morte o tornou melhor… É um caso perdido.

  21. Helena
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 15:35 hs

    CONTINUA MENTINDO!!!
    NÃO SOMOS IDIOTAS!!!
    MENTIROSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

  22. Filet Mignon
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 16:07 hs

    Tá bom LULA! Conta pra outro tá. Sem dúvida… Não era um golpe político no País e sim sim om GRANDE GOLPE NOS COFRES PÚBLICOS DO BRASIL!

  23. Adilson
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 16:19 hs

    Acho que a químio fez mal ao cérebro. Golpe quem deu foi este famigerado PT dos infernos, esquerdisdas de quinta categoria. EXÉRCITO NELES! È só assim que este pais toma jeito, escurraçando essa raça de falsa esquerda.

  24. josé
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 17:51 hs

    Militares usaram bandidos na repressão política

    Kucinski: ‘Jorrou dinheiro empresarial à repressão política’

    O depoimento de Claudio Guerra, em “Memórias de uma guerra suja”, detalha o envolvimento de empresários com a ditadura. Esse é o aspecto que mais impressionou ao escritor e jornalista Bernardo Kucinski. Sua irmã, Ana Rosa Kucinski, e o cunhado, Wilson Silva, foram sequestrados em 1974 e integram a lista dos desaparecidos. Bernardo atesta: “Está tudo lá: empresas como Gasbras, White Martins, Itapemirim, grupo Folha e o banco Sudameris; o dinheiro dos empresários jorrava para custear as operações clandestinas e premiar bandidos com bonificações generosas”.

    Saul Leblon – Carta Maior

    São Paulo – O livro ‘Memórias de uma guerra suja’, depoimento do ex-delegado do DOPS, Claudio Guerra, a Marcelo Netto e Rogério Medeiros, foi recebido inicialmente com certa incredulidade até por setores progressistas. Há revelações ali que causam uma rejeição visceral de auto-defesa. Repugna imaginar que em troca de créditos e facilidades junto à ditadura, uma usina de açúcar do Rio de Janeiro tenha cedido seu forno para incinerar cadáveres de presos políticos mortos nas mãos do aparato repressivo.

    O acordo que teria sido feito no final de 1973, se comprovado, pode se tornar o símbolo mais abjeto de uma faceta sempre omitida nas investigações sobre a ditadura: a colaboração funcional, direta, não apenas cumplicidade ideológica e política, mas operacional, entre corporações privadas, empresários e a repressão política. Um caso conhecido é o da ‘Folha da Tarde’, jornal da família Frias, que cedeu viaturas ao aparato repressivo para camuflar operações policiais.

    Todavia, o depoimento de Guerra mostra que nem o caso da usina dantesca, nem o repasse de viaturas da Folha foram exceção. Esse é o aspecto do relato que mais impressionou ao escritor e jornalista Bernardo Kucinski, que acaba de ler o livro. Sua irmã, Ana Rosa Kucinski, e o cunhado, Wilson Silva, foram sequestrados em 1974 e desde então integram a lista dos desaparecidos políticos brasileiros. Bernardo atesta:’ Esta tudo lá: empresas importantes como a Gasbras, a White Martins, a Itapemirim, o grupo Folha e o banco Sudameris, que era o banco da repressão; o dinheiro dos empresários jorrava para custear as operações clandestinas e premiar os bandidos com bonificações generosas’.

    No livro, Claudio Guerra afirma que Ana Rosa e Wilson Campos – a exemplo do que teria ocorrido com mais outros oito ou nove presos políticos -tiveram seus corpos incinerados no imenso forno da Usina Cambahyba, localizada no município fluminense de Campos.

    A incredulidade inicial começa a cair por terra. Familiares de desaparecidos políticos tem feito algumas checagens de dados e descrições contidas no livro. Batem com informações e pistas anteriores. Consta ainda que o próprio governo teve acesso antecipado aos relatos e teria conferido algumas versões, confirmando-as. Tampouco o livro seria propriamente uma novidade para militantes dos direitos humanos que trabalham junto ao governo.

    O depoimento de Guerra, de acordo com alguns desses militantes, teria sido negociado há mais de dois anos, com a participação direta de ativistas no Espírito Santo. A escolha dos jornalistas que assinam o trabalho – um progressista e Marcelo Netto, ex-Globo simpático ao golpe de 64 – teria sido deliberada para afastar suspeitas de manipulação. Um pedido de proteção para Claudio Guerra já teria sido encaminhado ao governo. Sem dúvida, o teor de suas revelações, e a lista de envolvimentos importantes, recomenda que o ex-delegado seja ouvido o mais rapidamente possível pela Comissão da Verdade.

    Bernardo Kucinski, autor de um romance, ‘K’, – na segunda edição – que narra a angustiante procura de um pai pela filha engolida no sumidouro do aparato de repressão, respondeu a quatro perguntas de Carta Maior sobre as “Memórias de uma Guerra Suja”:

    Carta Maior – Depois de ler a obra na íntegra, qual é a sua avaliação sobre a veracidade dos relatos?

    Kucinski – As confissões são congruentes e não contradizem informações isoladas que já possuíamos. Considero o relato basicamente veraz, embora claramente incompleto e talvez prejudicado pelos mecanismos da rememoração, já que se trata da confissão de uma pessoa diretamente envolvida nas atrocidades que relata.

    CM – Por que um depoimento com tal gravidade continua a receber uma cobertura tão rala da mídia? Por exemplo, não mereceu capa em nenhuma revista semanal ‘investigativa’.

    Kucinski – Pelo mesmo motivo de não termos até hoje um Museu da Escravatura , não termos um memorial nacional aos mortos e desaparecidos da ditadura militar, e ainda ensinarmos nas escolas que os bandeirantes foram heróis; uma questão de hegemonia de uma elite de formação escravocrata.

    CM – Do conjunto dos relatos contidos no livro, quais lhe chamaram mais a atenção?

    Kucinski – O episódio específico que mais me chamou a atenção foi a participação direta do mesmo grupo de extermínio no golpe organizado pela CIA para derrubar o governo do MPLA em Angola, com viagem secreta em avião da FAB.

    CM – O que mais ele revela de novo sobre a natureza da estrutura repressiva montada no país, depois de 64?

    Kucinski – Fica claro que as Forças Armadas montaram grupos de captura e extermínio reunindo matadores de aluguel, chefes de esquadrões da morte, banqueiros do jogo do bicho, contrabandistas e narcotraficantes. Chamaram esses bandidos e seus métodos para dentro de si. Esses criminosos, muitos já condenados pela justiça, dirigidos e controlados por oficiais das Forças Armadas, a partir de uma estratégia traçada em nível de Estado Maior, executavam operações de liquidação e desaparecimento dos presos políticos, o que talvez explique o barbarismo das ações. Também me chamou a atenção a participação ampla de empresários no financiamento dessa repressão, empresas importantes como a Gasbras, a White Martins, a Itapemirim, o grupo Folha – que emprestou suas peruas de entrega para seqüestro de ativistas políticos -, e o banco Sudameris, que era o banco da repressão; dinheiro dos empresários jorrava para custear as operações clandestinas e premiar os bandidos com bonificações generosas . Está tudo lá no livro.

  25. Thiago Hart
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 19:06 hs

    E ele está certíssimo! Foi um golpe perpetrado pelo PT para tentar destruir a democracia brasileira!! Finalmente ele reconheceu!!! @thiagohart

  26. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 20:05 hs

    Não impora, não vou me calar viu Salete. Este canalha, este verme COMUNISTA, vem mentindo e enganando o povo brasileiro há nove anos. lula da Silva sabia sim aliás, protegeu os bãndidos do MENSALÃO DO PT, por 08 anos. Se este imbecil for pro além, vai ser uma grande limpaa, uma grande vitória á DEMOCRACIA DO BRASIL. Velhol malaco, capeta te espera.

  27. Pedro Rocha
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 20:18 hs

    A petezada entrou em polvorosa!
    Primeiro arrumaram um jornalista mais sujo que pau de galinheiro, tremendo pena de aluguel, que criou a tal Privataria Tucana. Não deu certo. Ôrra, meu, o cara não diz coisa com coisa, como também não tem a menor credibilidade.
    Não passa de um zero à esquerda. O bagulho desandou; não encontrou ressonância, nem junto à petezada miúda e analfabeta!
    Inconformados, foram atrás de um “pastor” arrependido, que já tinha roubado o dízimo da própria igreja. Tá lá a acusação há anos na polícia. Que p… de pastor é esse?
    O malaco cumpre pena pelo assassinato da mulher e da cunhada; o cara tem centenas; vou repetir, centenas de processos na polícia contra ele, os mais variados crimes; o cara é um tremendo dum marginal; praticou todos os tipos de crime; não tem o que o safado não fez!
    O cara tá fudido, gastou o que tinha com advogados; o máximo que conseguiu foi uma prisão domiciliar.
    Interessante que no “livro” do assassino da própria esposa e da cunhada, a quem a petezada deposita tanta esperança, ele só cita gente que já morreu, e empresas que desapareceram.
    Ninguém conhecia esse tal Sérgio Guerra na época da repressão militar; tanto que nunca foi, e não é citado em processo algum. Ele é muito conhecido sim, como marginal barato, como policial que não presta, trambiqueiro e safado!
    Ele que se auto intitulou agora, depois de 40 anos da Lei da Anistia, o terror dos sete mares, pra faturar uma grana da petezada desesperada e idiota.
    Certamente já levou, pois vagabundo igual esse velho, não ia ter um trabalhão desse, pra fazer fiado, logo pro petê. Ele só é marginal, mas não é idiota!
    Sinto muito meninos; vocês perto dum profissa desse, são amadores!
    O velho polícia sabe tudo da malandragem, e ele, com o comparsa jornalista tomaram foi uma bela grana de vocês.
    Notem que nem blogueiros chapa branca, como Paulo Henrique Amorim; Naciff ; a turma da Carta Capital, enfim a esgotofera, tá dando bola pro livro do velho bandido, pois aquilo é uma furada.
    Em matéria de roubada aquilo é pior que o LULLA O FILHO DO BRASIL; o filme totalmente bancado com dinheiro público, que nem de graça ninguém assistiu!
    Perdeu, bebê!

  28. Deutsch
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 20:39 hs

    Golpe é o que o lularápio perpetrou ao país nos 8 anos que esteve no poder. Golpe é o que o pt perpetra até hoje.
    MENTIROSO, VAGABUNDO,IGNORANTE.
    Vamos torcer pela volta do tumor, já que a justiça não vai fazer nada com esse velhaco.

  29. Silva Jr
    terça-feira, 22 de maio de 2012 – 21:29 hs

    Caçador, seu ódio doentio e ignorante o consumirá. Deixa de mentir e espalhar infâmias, vá se tratar, convença-se de que você é minoria. O Brasil adora o Lula e despreza reaças como vc.

  30. CAÇADOR DE PETISTAS
    quarta-feira, 23 de maio de 2012 – 7:37 hs

    SILVA JR.

    O brasil não, doentes e fanáticos como você adoram este canalha, protetor de corruptos. Estamos colhendo os frutos da corrupção de 08 anos que este malaco, seu ídolo deixou de herança aos brasileiros. Tente enchergar um palmo a frente de seus olhos e verás a verdade sobre este canalha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*