Parlamentares pedem volta de CQC ao Senado | Fábio Campana

Parlamentares pedem volta de CQC ao Senado

Do Maquiavel:

A Mesa Diretora do Senado recebeu nesta quinta-feira um ofício assinado por 46 dos 81 senadores pedindo que os integrantes do humorístico CQC possam fazer gravações no salão azul da Casa. A equipe do programa da TV Bandeirantes está proibida de entrevistar os senadores há cerca de um ano, depois de um incidente com Renan Calheiros (PMDB-AL).

O ofício tem como destinatário o primeiro secretário da Mesa, Cícero Lucena (PSDB-PB), e é de autoria dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Eduardo Suplicy (PT-SP) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

Diz o documento: “Solicitamos a Vossa Excelência, tendo em vista os preceitos constitucionais, sobretudo os ditames do título VIII, capítulo 5º, da Carta Magna, que que fala da liberdade de expressão, da liberdade de comunicação, que determine à Secretaria de Polícia do Senado Federal que adote, em relação aos integrantes do CQC, o mesmo tratamento que é dispensado aos profissionais dos demais veículos de comunicação, que têm autorização para realizarem reportagens nas dependências do Senado Federal”.


15 comentários

  1. Pinoteado da Penita
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 10:07 hs

    Palhaços entrevistando palhaços e loucos (o nosso).

  2. jaferrer
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 11:23 hs

    Como eles apontaram algumas verdades sobre o Calheiros foram censurados pelo democrata Sarney. Eita republiqueta de bananas!

  3. Jothape
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 11:51 hs

    Não lembro de conhecer outro assunto mais importante para se discutir no Senado da República. Uma coisa impressionante : o poder/autorização ou não de gravações e entrevistas de um determinado programa de TV num espaço da Casa parlamentar. Pois, pois … não só temos o governo, como os políticos que merecemos. Claro, já foram eleitos por nós. Parabéns! Agora só falta entrar na pauta do dia. Como brasileiro, trabalhador e pagador [cada vez mais] de impostos, isso me deu orgulho, lisonjeado e mais rico culturalmente.
    Na saúde assim como em outros setores está tudo uma maravilha e não há crise alguma que faça os Edis [ota, sou eu que banco] se preocuparem.

  4. geraldo
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 12:18 hs

    O CQC era a única coisa séria que tinha dentro do Senado, se continuar essa proibição aquela casa de leis vai virar uma piada.

  5. sanepariano
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 13:15 hs

    Tão certo mesmo, la no senado ta uma grande palhaçada, não custa nada deixar o humor também entrar lá, apoiado os nobres senadores.

  6. NEA
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 13:35 hs

    Deveriam também voltar a Câmara Municipal de Curitiba e, aproveitar que fica próximo, dando uma passadinha pela Assembléia Legislativa do Paraná, afinal a pouco tempo também foi palco de muitas denuncias.

  7. Helena
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 14:08 hs

    Ótimo, parabéns aos 46 senadores, liberdade total, a crítica humorística é mais fiel e transparente, e coloquem a carapuça em quem couber.

  8. Pedro Rocha
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 16:40 hs

    Quem diria. Até o Renan Calheiros, o homem que há poucos deflorou nosso Congresso, com sua teúda e manteúda, consegue barrar a imprensa!

  9. lalanja45
    sexta-feira, 25 de maio de 2012 – 18:55 hs

    cqc e democracia. O que esconde mortal sarney collor

  10. Pega ladrão
    sábado, 26 de maio de 2012 – 0:12 hs

    liberdade total ou mais uma forma de mostrar a cara. Lembrem-se
    “Falem bem, falem mal, mas falem de mim”

  11. sábado, 26 de maio de 2012 – 11:01 hs

    Bom dia, tem que mostrar o que esses monstros faz quando estão eleitos arrebenta a nossa liberdade de expressão, pisam na nossa imagem, a chão que são nossos donos . vamos lutar por uma liberdade com justiça onde esses aprendam respeitar nós mas fora da política na cadeia.. um abraço…

  12. Jo Hansen
    sábado, 26 de maio de 2012 – 12:54 hs

    Caro FÁBIO, essa manifestação deveria ter origem não no SENADO, e sim na própria e dedicada imprensa. Essa posição do SENADO de IMPEDIR a imprensa ou reporteres em trabalho de divulgação é atentado ao exercício da livre imprensa. Esse governo PT é composto de elementos frágeis, dubios em suas posições, pois não faz muito tempo, estavam tentando por medidas legais enquadrar a imprensa. Entendo ser necessário ampliar a divulgação dessa mensagem para barrar tentativas de controlar e amordaçar IMPRENSA LIVRE. Atenciosamente

  13. segunda-feira, 28 de maio de 2012 – 11:18 hs

    a piada são os senadores, não o CQC…
    por falar nisso, cadê a Mônica na foto???

  14. terça-feira, 5 de junho de 2012 – 19:13 hs

    Vergonhoso, isso é um desrespeito com o povo brasileiro, esses senadores impedirem a democracia de funcionar é uma infâmia total à liberdade de expressão… então é essa a democracia que os senadores apoiam, calar quem não puxa saco e protesta com educação como o CQC, e ainda escolhem os meios de informação que mais “AGRADAM” aos políticos, isso é corrupção também!

    O Senado pode impedir a um meio de imprensa, ou um cidadão brasileiro de entrar na tal “Casa Máxima do Povo”? Pra mim tinha que fazer uma investigação séria e caçar mandato de Senador que impedir o funcionamento livre da imprensa fazendo discriminação!

    Guardem o nome deles, Renan Calheiros do PMDB-Al e José Sarney PMDB que ditatorialmente retirou as credenciais dos rapazes… eles mentiram pra vocês eleitores, eles não apoiam a democracia, pois procuram sempre calar quem canta fora da música, da musica deles obviamente!Votem em outros, mas nesses nunca mais!!!

  15. Gisele Rebello
    terça-feira, 10 de julho de 2012 – 20:49 hs

    Que democracia é esta?????
    Nós eleitores e espectadores do programa CQC temos o direito de ver o que acontece dentro do senado. Esse lugar é do povo e deveria ser público !
    Nós pagamos pelos seus salários e portanto merecemos respeito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*