João do Suco revoga licitação para publicidade da Câmara de Curitiba | Fábio Campana

João do Suco revoga licitação para publicidade da Câmara de Curitiba

Nenhuma agência deve ser contratada pelo Legislativo municipal em 2012. Empresas de vereadores e funcionários receberam verbas irregularmente.

Vereador João do Suco (PSDB) (Foto: Divulgação/ Câmara Municipal de Curitiba)

Do G1 PR:

A Câmara Municipal de Curitiba revogou o processo licitatório para contratação de agência de publicidade que corria no Legislativo. A decisão foi confirmada nesta quinta-feira (3) ao G1 pelo presidente da Casa, João do Suco (PSDB), que garantiu que até o final desta legislatura apenas a “publicidade oficial” será autorizada.

Entre 2006 e 2011 a Câmara destinou quase R$ 35 milhões para publicidade. Este dinheiro foi administrado pelas empresas Oficina da Notícia e Visão Publicidade. A RPC TV e o jornal Gazeta do Povo tiveram acesso às notas fiscais e documentos que correspondem a menos de 10% desta movimentação e verificaram que 180 empresas receberam dinheiro público. Entre elas, estão empresas ligadas a vereadores e funcionários do Legislativo.

“Este ano, para que isso não volte a acontecer, não faremos nada para agências de publicidade. Vamos trabalhar exclusivamente nos atos oficiais”, explicou o presidente à reportagem. Desta forma, a publicidade institucional do Legislativo será feito apenas via diretoria, como em casos de editais e audiências públicas.

O presidente da Casa estimou em R$ 1 milhão a economia que deve ser feita com a revogação. “Nós vamos devolver esse dinheiro ao município no final do ano”, garantiu. Questionado sobre o motivo pelo qual a decisão não havia sido tomada antes, em face às denúncias, Suco afirmou que se trata de um “passo-a-passo”. “Estou aqui (na presidência) há 45 dias, esse passos vão estar sendo feitos para melhorar essa transparência”, justificou.

Além da revogação, o vereador citou outras medidas que devem ser tomadas nos próximos meses em direção à essa transparência, como a implantação do ponto biométrico, da TV Câmara, da Ouvidoria da Casa e orecadastramento de funcionários. “A Casa está aberta”, concluiu.

(Foto: Divulgação/ Câmara Municipal de Curitiba)


11 comentários

  1. Dilas
    quinta-feira, 3 de maio de 2012 – 23:17 hs

    Melaram a parada galera???

  2. A ÉTICA TEM DONO EM CURITIBA.
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 6:02 hs

    Espelho, espelho meu……
    Centros universitários, de excelência na formação humanística de todo o mundo, estão voltados para o novo referencial da ética na politica.
    Aqui em Curitiba, mais precisamente entre vereadores, são encontrados exemplares inéditos da síntese, ou do suco, do que vem a ser o cidadão que se acha o “primus inter pares”.
    Julgando deter a condição de reduzir o início, o meio e o fim em um único ato, o “representante do povo curitibano” quer pensar que seja o delegado, o promotor público, o juiz e o executor do julgamento dos seus próprios atos criminosos.
    Será que precisamos importar alguns londrinenses ? Acorda curitibano, acorda !!!
    Clovis Pena

  3. Motoqueiro Infernal !!!
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 7:40 hs

    Nóis vai trabaiá cedo, conversa tudo rapidinho… despois cada um vai pro “sítio” cuidá dos animar…Por enquanto nóis num vai precisá contá mentira…

  4. Alvaro
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 8:01 hs

    O João Q-suco (Q.suco ? ? ?) pôtas, tô véio . . .que gracinha ! ! !

  5. ELEIÇÃO 2012
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 8:20 hs

    É o mínimo que Nobre Edíl tem que fazer, o próximo passo seria renunciar a Presidência da Casa.
    Não vejo a hora de chegar as eleições, p/ ver se o povão realmente vai dar o troco néssa turma de mortos de fome pelo dinheiro Público.
    “NÃO SE ATREVA, NÃO REELEJA!!!

  6. monica
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 8:23 hs

    …. Tem vereador e vereadora… que nem respira, que ta se fazendo de morto pra nao ser chamado….

  7. Osiris Duarte de Curityba
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 9:06 hs

    V E R G O N H A

  8. JOÃO ALMEIDA
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 10:22 hs

    Depois da porta arrombada, colocam a tranca. Qual será agora a nova mutreta.

  9. Marceleza
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 11:48 hs

    João do Suco quer, agora, moralizar justamente aquilo que ele é alvo de denúncia. Não entendo isso. Antes era interessante pra ele, agora não é? O vampiro quer acabar com a liberação do sangue…

  10. Agnaldo
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 11:48 hs

    e o funcionário dele, ele ja exonerou ?

  11. antonio
    sexta-feira, 4 de maio de 2012 – 15:19 hs

    Pelo menos estancou a sangria. Não se justifica gastos com publicidade da Câmara. Pura roubalheira. E pelas notícias mais ou menos do tamanho do mensalão. Pena que a repercussão não seja do mesmo tamanho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*