Governo fez liberação atípica de verba no dia de 'acordão' na CPI | Fábio Campana

Governo fez liberação atípica de verba no dia
de ‘acordão’ na CPI

Dinheiro para atender emendas dos parlamentares chegou a R$ 53 mi, contra média diária de R$ 12 mi. Verbas foram para obras de políticos do PMDB e de alvos da comissão, que engavetou ação contra governadores.

De Gustavo Patu e Leandro Colon, para a Folha SP:

No dia da celebração do acordo que esvaziou as investigações da CPI do Cachoeira, o governo Dilma Rousseff liberou verbas para redutos de caciques do PMDB e de alguns dos alvos da comissão -incluindo políticos próximos ao próprio Carlos Cachoeira.

Os registros diários dos desembolsos federais apontam, no dia 16, quarta-feira da semana passada, um salto dos recursos destinados às despesas incluídas por deputados e senadores no Orçamento, conhecidas como emendas parlamentares.

As operações coincidem com o entendimento, negociado entre governo e parte da oposição, para engavetar os pedidos de investigação de três governadores, cinco deputados e dos negócios da empreiteira Delta fora da região Centro-Oeste.

Para detectar os recursos destinados ao varejo político, a Folha acompanhou as 20 ações de governo que mais concentram emendas parlamentares. A despesa com essa amostra chegou a R$ 53,5 milhões no dia 16, enquanto a média diária é de R$ 11,6 milhões no ano.

A maior liberação feita pelo Ministério do Turismo, de R$ 5,4 milhões, já mereceu agradecimento público no site do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), responsável por indicar o presidente da CPI, Vital do Rêgo (PMDB-PB).

O dinheiro, de uma emenda da bancada do Estado, irá para obras rodoviárias entre Piranhas e Arapiraca -cujo prefeito, acompanhado por Renan, esteve no dia com o ministro Gastão Vieira em busca de verbas.

Depois de Alagoas, o Estado mais beneficiado pelos desembolsos pesquisados pela Folha foi Goiás, palco da maior parte dos eventos e personagens das investigações.

Sede dos negócios de Cachoeira, Anápolis ganhou R$ 2,6 milhões do Ministério das Cidades para a obras de pavimentação. Trata-se de um convênio assinado desde 2010, mas que só agora recebeu a primeira parcela dos R$ 4,9 milhões previstos.

A cidade é administrada por Antonio Gomide (PT), irmão do deputado e também petista Rubens Otoni, um dos que escaparam de serem ouvidos pela CPI sobre suas relações com Cachoeira.

Ligada ao empresário na região, a construtora Delta tem três contratos com o município. Segundo a prefeitura, nenhum está relacionado ao convênio com a União.

Rio Verde (GO) obteve R$ 2,1 milhões para infraestrutura, pavimentação e drenagem na periferia. O convênio é do final de 2009, mas até então só haviam sido desembolsados R$ 976 mil.

O prefeito, Juraci Martins, que trocou o DEM pelo PSD, é antigo aliado do senador Demóstenes Torres, que se desfiliou do DEM e responde a processo de cassação devido a ligações com Cachoeira.

Outra liberação, de R$ 3,1 milhões, beneficiou Caracaraí (RR). No sábado, Romero Jucá (RR), um dos principais nomes do PMDB no Senado, foi à cidade inaugurar obras feitas com dinheiro federal.


10 comentários

  1. Pedro Rocha
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 10:25 hs

    Pra quem não sabe, ou não quer acreditar em MENSALÃO, saiba que essas tais emendas parlamentares não passam de Mensalão dissimulado.
    Trata-se de dinheiro público, mal empregado, mal distribuído, entregue em mãos de bandidos, tudo a troco de votos e apoios escusos, imorais, escabrosos.
    O constituinte ao centralizar o poder em Brasília, inclusive o financeiro, criou um monstro fortíssimo, de vários tentáculos, que tudo pode, tudo alcança com o poder infinito do dinheiro, especialmente quando se lida com canalhas.
    E quando esse monstro veste-se de vermelho, e é acolitado por patifes e velhacos, a coisa toma proporções catastróficas.

  2. HENRY
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 10:51 hs

    COISAS DE MENSALEIROS DOS corruPTos DO pt “partido do trambique”. ELES NÃO PERDERAM O COSTUME…

  3. celestino
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 11:20 hs

    Desta podridao, nao vale a pena nem fazer cometarios, tudo é lixo do mesmo lixo

  4. quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 13:18 hs

    VERGONHA NACIONAL esse MENSALÃO 2 do desgoverno do PT

  5. Adilson
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 14:14 hs

    Como sempre tenho dito, a hora que militares tomam posição e favor da moralidade, chamam de opressão, ditadura e foi o que estava acontecendo antes de 64. Se o governo Dilma tivesse um pouco de juizo, não entrometia-se nessa bandalheira politiqueira suja, pois até aqui não havia nada que envolvesse o governo pactuando com bandidos. EXÉRCITO BRASILEIRO AJUDE-NOS!

  6. Ernetso
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 14:48 hs

    Jornal de bandido é fogo mesmo, o que não fazem para defender o amigo Cachoeira!

  7. Peter Bad Hazar Thess
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 16:05 hs

    A presidente saiu bem a quem a empurrou goela abaixo de nosotros, meros espectadores do período mais corrupto já vivido na terra de Gerson, o da vantagem em tudo e onde existem antros, lupanares, bordéis, onde se respira mais respeito.

  8. Helena
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 16:13 hs

    Estava na cara que isso ia acontecer, são as “cachoeira de garoupas e onças pintadas” entrando em ação. Essa pizza vai ser a mais cara da história dos parlamentares pizzaiolos. Ufa! vai ter muita gente enchendo as “cuecas” ou melhor os bolsos, desculpem pessoal, foi sem “querer querendo”.

  9. rogerio
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 19:10 hs

    Já passou da hora do Exercito acabar com essa podridão que cada dia que passa nos deixa mais envergonhado, nesse país onde os corruptos levam vantagem roubam na cara limpa e ainda riem da cara de nós coitados trabalhadores,. Tem que expurgar esses políticos, fechar câmara e congresso e convocar eleições com regras limpas, proibindo candidatos fichas sujas, mensaleiros, anões do orçamento dólares nas cuecas. Chega o povo tem que reagir a essa imoralidade, CPI de pizzas, nunca mais….

  10. Deutsch
    quinta-feira, 24 de maio de 2012 – 21:47 hs

    IMPEACHMENT NA PRESIDANTA JÁ.

    GENERAIS, CADÊ SUA BRAVURA, SUA HOMBRIDADE. VOCES NÃO JURARAM DEFENDER O BRASIL? ENTÃO O QUE ESTÃO ESPERANDO? PONHAM JÁ SEUS SOLDADOS NA RUA E MANDEM ESSA CAMBADA DE VAGABUNDOS NA CADEIA E JOGUEM A CHAVE FORA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*