Câmara de São Paulo aprova concessão de terreno público para Instituto Lula | Fábio Campana

Câmara de São Paulo aprova concessão de terreno público para Instituto Lula

Área de 4,3 mil m² na região da Luz é avaliada em R$ 20 mi e deve abrigar memorial à democracia

De Bruno Boghossian, do Estadão:

SÃO PAULO – A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quarta-feira, 16, a concessão ao Instituto Lula de um terreno de 4,3 mil metros quadrados, avaliado em R$ 20 milhões. O projeto enviado ao Legislativo pelo prefeito Gilberto Kassab (PSD) recebeu 37 votos a favor, oito contrários e uma abstenção.

Na proposta, está prevista a criação de um memorial à democracia na área, no centro da capital paulista. O Instituto Lula terá direito a explorar a área por 99 anos. O texto segue agora para a sanção de Kassab.

O projeto recebeu oposição principalmente dos vereadores do PSDB – que integra a base de Kassab na Câmara, mas rejeita o favorecimento ao instituto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para os tucanos, a concessão do terreno não prioriza o interesse público e beneficia a imagem do líder petista às vésperas da eleição municipal.

“Consideramos ilegal a transferencia de um terreno público a um instituto privado”, disse o líder do PSDB na Câmara, vereador Floriano Pesaro. “Além disso, não podemos dar ao PT a prerrogativa de contar a história da democracia.”

Os petistas e a base aliada do prefeito sustentam que o memorial deverá representar diversos líderes políticos e poderá receber o acervo do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso.

“O Instituto Lula deixou claro que pode acolher tudo o que diz respeito à democracia”, afirmou o vereador José Américo (PT). “O ex-presidente Lula está tomando a iniciativa de construir em uma área degradada da cidade, que vai ajudar a levantar aquela região.”

O presidente da Câmara, José Police Neto, destacou que o texto exige que o conteúdo do memorial seja aprovado pelo Conselho Municipal do Patrimônio Histórico (Conpresp) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (Condephaat).

O projeto de lei 29/2012 foi enviado por Kassab no início de fevereiro, quando o prefeito negociava com Lula uma aliança eleitoral em torno da candidatura de Fernando Haddad (PT) à Prefeitura. O projeto foi mantido quando o ex-governador José Serra (PSDB) entrou na disputa e Kassab passou a apoiá-lo. O PSD, partido do prefeito, no entanto, continua próximo dos petistas no governo federal.

O projeto era o quarto item da pauta da Câmara nesta quarta-feira, 16, mas foi levado à votação no início da sessão por iniciativa do líder do governo, Roberto Tripoli (PV). Kassab tem maioria no plenário e, apesar de ter perdido o apoio do PSDB nesta proposta, recebeu os votos do PT. Os tucanos alegam que não havia acordo para realizar a votação e chamaram a manobra de “golpe”.

O líder do PSDB apresentou, sem sucesso, uma proposta para tentar abrir uma licitação para o terreno. “Se o Instituto Lula quisesse, poderia participar da licitação”, afirmou Pesaro.

Seis manifestantes protestaram contra a aprovação do projeto. Na primeira discussão da proposta, no dia 18 de abril, um grupo maior provocou confusão ao criticar os vereadores governistas. Naquela ocasião, o projeto foi aprovado por 37 votos a 10.

O PPS também apresentou um projeto para tentar substituir a concessão ao instituto. O texto previa a criação de um centro de tratamento de dependentes químicos naquele terreno, que fica na cracolândia.

Em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, berço político de Lula, uma proposta de construção de um Museu do Trabalhador também provocou polêmica. O projeto receberá recursos do Ministério da Cultura e da prefeitura do município, comandada por Luiz Marinho (PT). Ele afirma que o museu não privilegiará o ex-presidente.


16 comentários

  1. quarta-feira, 16 de maio de 2012 – 21:56 hs

    VVEERRGGOONNHHAA, É UMA VERGONHA… ESPOLIAÇÃO DO PATRIMÔNIO PUBLICO, COM A GRANA QUE O LULA E SUA FAMÍLIA ARRUMARAM NESTE 8 ANOS DE GOVERNO DAVA PARA FAZER POR CONTA DELES ESTE INSTITUTO, Q VAI COM CERTEZA CONTINUAR EXPOLIANDO O ERRARIO PUBLICO POR 99 ANOS, VEJAM O EXEMPLO DO IS=NSTITUTO AIRTON SENNA, FEZ TUDO ISSO COM CAPITAL PRÓPRIO. ISSO É CERTO, AGORA FAZER CORTEZIA COM CHAPEU ALHIO COMO INSTITUTO LULA QR FAZER É UMA VVEERRGGOONNHHAA, VERGONHA.

  2. NEA
    quarta-feira, 16 de maio de 2012 – 23:09 hs

    José Francisco
    8 ANOS que colocaram o Brasil no prumo.
    Os altíssimos índices de popularidade de Dilma e Lula, são frutos de uma boa administração. FHC não fez sucessor, saiu do governo pela porta do fundo, com um índice de popularidade extremamente baixo, fruto de uma péssima administração, onde o patrimônio público foi entregue de forma covarde aos interesses privados. Você com certeza é uma das viúvas de FHC, que destila o ódio e o ressentimento pelos 77% de aprovação popular do governo DILMA.
    O Brasil é atualmente a 6ª maior economia do Mundo, A BOLA DA VEZ, O PAÍS DO PRESENTE, graças a luta do povo brasileiro, que só necessita de incentivo e autoestima.
    O memorial à democracia simplesmente foi batizado com o nome do Lula, com 37 votos a favor, 8 contra e uma abstenção, ora o nº de petistas na Câmara Municipal de São Paulo não é 37, isso significa que vários partidos participaram dessa homenagem, muito justa por sinal.

  3. Eu li
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 8:40 hs

    VERGONHA é a palavra certa para isto…

  4. Geraldo Martins
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 8:59 hs

    Isso é o que podemos chamar de vergonha ou falta dela. 20 mi dava pra ajudar muita gente que está morrendo sem assistência do poder público.

  5. Lenza Toledo
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 9:46 hs

    O que é isso agora? Que país é esse? Afinal, nem todos os brasileiros gostam do Lula. O Brasil não pode virar terra de Sadan, de Fidel, de Hugo Chaves. Onde está a oposição? Socorro! O PMDB não vai se manifestar?

  6. VACINA A-PT
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 11:44 hs

    LENZA TOLEDO ESTÁ CORRETO O SEU COMENTARIO.
    isso é uma vergonha.esse lula nao merece nada no nome dele so ilude as pessoas e a mudinha dele é outra que jamais serviu para ser 1 dama.
    pobre das pessoas iludidas.FHC ainda foi o melhor presidente que tivemos. lula só copiu e e seguiu. mas com mentiras e muita corrupçao dos seus parentes e companheiros.A mudinha só sabia gastar bem o dinheiro público.devem ter sidos comprados para votarem nessa coisa vergonhosa.assim como as pesquisas que eles compram.

  7. mariana
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 12:23 hs

    Vergonha! Gatos do mesmo balaio.

  8. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 12:54 hs

    O NEA, ou a NEA, nasceu em 2002, quando Lula assumiu, recebendo um país com inflação zerada e um plano econômico respaldo da situação financeira que possibilita ao brasileiro, a realização de desejos de consumo, como o carro, o celular, um passeio na terra do Mickey.

    Os índices citados não corrigem a vergonhosa posição no ranking da Educação, magistério mal pago, mal profissionalizado, falta de condicões de estudo, da Saúde – macas nos corredores dos hospitais, falta de médicos e medicamento.

    Quanto à privatização, o seu governo, Nea, apenas usa outra termo para praticá-la, chama-a de concessão,

    Quanto à roubalheira, bem, o petê nem compete, é hours concours.

    O homenageado pelo terreno público doado para o culto à personalidade (?), certamente iniciará o seu discurso, repetindo: Nunca na História desse país,..que deveria ser complementado por: Se roubou tanto e tão impunemente.

  9. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 14:47 hs

    Lá, estarão todos os tipos de cachaça consumida pelo companheiro. Quero saber para que vai servir este Instituto?

  10. marcelo
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 16:14 hs

    Parreiras Rodrigues
    No Brasil para um membro do poder executivo não fazer o sucessor é porque fez uma péssima administração ou é muito incompetente, FHC não fez sucessor, por que? Lula elegeu uma pessoa que nunca tinha disputado nenhuma eleição. por que?
    talvez porque o seu raciocínio seja falso. Sabe quando se roubou tão impunemente no Brasil, no governo FHC, só vou lhe dar um exemplo:
    compare as concessões de pedágio do governo Lula com o de FHC, compare os valores e você vai descobrir que têm político recebendo das concessionárias até hoje.

  11. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 16:42 hs

    marcelo

    RESPOSTA CURTA.

    Porque o povo brasileiro ainda não aprendeu a votar, so isso.

  12. Ernetso
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 16:44 hs

    Pois é, doar para a Rede Globo pode, né?

    José Serra doou para a Rede Globo um terreno de mais de 11 mil metros quadrados.

    Durante 11 anos a Rede Globo se apropriou de um terreno público localizado ao lado de sua sede em São Paulo.

    O local fica em uma da regiões mais cobiçadas pelo mercado imobiliário, tem 11.600 metros quadrados.

    A emissora dos Marinhos cercou e transformou o lugar verde de praça pública em espaço privado, de modo que qualquer cidadão (não global) que se aproximava era barrado e expulso pelos seguranças.

    Em 2010, a denúncia da invasão foi ao ar no programa Domingo Espetacular, da Rede Record, então o governador José Serra resolveu legalizar o terreno para a Globo.

    Na tentativa de abafar o caso, Serra e Globo firmaram um convênio e decidiram construir uma escola técnica no local. A instituição não visa oferecer cursos de interesse do público, mas sim da própria emissora: (Multimídia e Produção de áudio e vídeo).

    Só para variar, Serra ainda batizou o lugar de “Jornalista Roberto Marinho”.

    Governo e Globo se saíram bem na história, e não deram ao povo nenhuma explicação sobre os anos de ilegalidade do canal e omissão do Estado.

  13. Lenza Toledo
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 17:37 hs

    Quem faz apologia ao modo de pensar e agir da dupla Lula e Dilma, não tem consideração com seus próprios descendentes.

  14. Marcela
    quinta-feira, 17 de maio de 2012 – 18:24 hs

    O Instituto Lula que é privado não merece o direito de possuir um terreno público e construir nele um Memorial da Democracia. Os ganhos democráticos do país não podem ser contados por um Instituto partidário.
    Parabéns ao PSDB por seu posicionamento, me senti bem representada pelos vereadores. E o líder Floriano Pesaro falou muito bem: http://youtu.be/pF71_LYzcdA

  15. Pedro Rocha
    sexta-feira, 18 de maio de 2012 – 10:03 hs

    Poderiam fazer esse tal Intituto Lulla, no local onde encontraram o corpo do Celso Daniel!

  16. PK
    sexta-feira, 18 de maio de 2012 – 14:42 hs

    NO MINIMO UMA DESCISÃO DESTRAMBELHADA! NEM JK RECEBEU UMA HOMENAGEM A UM MEMORIAL, E COM EXPLORAÇÃO DE 99 ANOS HÁ AÍ TEM GRANA POR TRAZ PARA PROXIMA CAMPANHA! SÓ PODE. CADE O ESFORÇO EM PRESTAR MELHORIAS A HOSPITAIS ESCOLAS, A TURMA DO CRAK NAS RUAS DAS CIDADES ISSO SIM QUE É UM MEMORIAL DO REFLEXO DO GOVERNO DO PT; A DESOBRIGATORIEDADE DE UM GOVERNO ANTI-SOCIAL.
    LULA JA FOI! AGORA É UM EX, TUDO QUE É EX. NO MUITO UMA PLACA COMEMORATIVA OU UM NOME DE PRAÇA JA É SUFICIENTE!
    O QUE QUE O ITAMAR FRANCO RECEBEU? NÃO FOI ESSE QUE TIROU O PAIS DO BURACO QUE ESTAVA? DEPOIS FHC COM A GRANDE CARTADA DE CRESCIMENTO FOMENTANDO AS INDUSTRIAS. CADE O MEMORIAL DOS CARA, EX DE BOCA CHEIA! O RESTO VAI TER QUE FAZER E MUITO PRA FAZER MEMORIAL

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*