Bomba em escola mata uma aluna e deixa seis feridos na Itália | Fábio Campana

Bomba em escola mata uma aluna e deixa seis feridos na Itália

Atentado aconteceu, em Brindisi, na escola Francesca Morvillo Falcone.

De O Globo com Agências Internacionais:

ROMA – A estudante Melissa Bassi , de 16 anos, morreu após a explosão de uma bomba em frente à escola Francesca Morvillo Falcone, neste sábado, na cidade de Brindisi, na Itália. Outros seis estudantes ficaram feridos.

A jovem Veronica Capodieci, de 16 anos, se encontra em estado muito grave e sofreu queimaduras em todo o corpo. As autoridades desmentiram as informações de jornais italianos que divulgaram a morte de Veronica.

A explosão aconteceu quando os alunos se preparavam para entrar na escola. “Dado o efeito da explosão, parece que isso era algo muito poderoso”, disse o responsável regional de Defesa Civil, Fabiano Amati.

A imprensa local informou que o dispositivo tinha sido colocado em um recipiente de lixo ao lado de fora da escola, que segundo eles estava perto da quadra principal.

O primeiro-ministro Mario Monti disse, em comunicado, que o governo está decido a lutar contra o crime e evitar que “tendências subversivas” da máfia voltem ao país. Monti expressou condolências à família da vítima e para todos os feridos no ataque.
Há especulações de que a explosão seja ligada à mafia, pois a escola leva o nome da esposa do juiz Giovanni Falcone. Na próxima semana, o atentado que matou o jurista anti-máfia completa 20 anos. No dia 23 de maio de 1992, o famoso magistrado foi morto junto com sua mulher e três guarda-costas pela máfia siciliana que usou cerca de 500 kg de dinamite para explodir o carro de Falcone em uma estrada.

A ministra do Interior Anna Maria Cancellieri anunciou, há alguns dias, planos para intensificar a segurança em torno de alvos sensíveis, incluindo edifícios oficiais após uma série de ameaças contra os funcionários fiscais.

A agência italiana Equitalia foi alvo de uma série de pequenos artefatos explosivos em meio a uma crescente onda de indignação pública sobre os elevados impostos para sustentar as finanças públicas e combater a crise econômica.

O chefe da Ansaldo Nuclear, uma empresa de engenharia nuclear propriedade de defesa tecnologia do grupo Finmeccanica, foi baleado na perna em um ataque reivindicado por um grupo anarquista, e aumentou a preocupação de ataques de grupos extremistas.

Bombeiros italianos em frente à escola Morvillo Falcone onde uma bomba explodiu Foto: AP

Foto: Bombeiros italianos em frente à escola Morvillo Falcone onde uma bomba explodiu. (AP)


5 comentários

  1. Francisco
    sábado, 19 de maio de 2012 – 12:18 hs

    Caro blogueiro eu estou mais preocupado, com o fato do garoto que amputou a perna, depois de ser agredido por seguranças. Meus filhos dificilmente irão nas escolas da Italia, mas frequentar a vida notirna de Curitiba, e as vezes entrar, com 40,00 reais no bolso, e achar que pode tomar 2 doses de bebidas com esse dinheiro, e na hora que a for pagar a conta e o resultado for 60,00 reais, como sempre acontece com os valores absurdos das boates, eles podem correr riscos, inclusive de vida. Mesmo porque depois do caso acontecido, so sera dado uma nota se sair no Jornal Nacional, depois vai para a vala comum, das injustiças paranaense.

  2. Marques
    sábado, 19 de maio de 2012 – 13:01 hs

    A exemplo da Itália, no Brasil, por incrível que pareça, ESCOLA torno-se um lugar muito perigoso onde o tráfico, a violência e o crime mostram suas garras, isso sem contabilizar a péssima qualidade da educação e a falta de respeito e baixa remuneração para com os educadores.

  3. Ocimar
    sábado, 19 de maio de 2012 – 15:32 hs

    COM TODA CERTEZA,É COISA DA ESQUERDA AMALDIÇOADA,SÃO ATOS TERRORISTAS DE INTEGRANTES DO GRUPELHO DAQUELE MALDITO VAGABUNDO QUE O pt PROTEGE AQUI NO BRASIL,cezare batisti,COM LETRA MINUSCULA QUE É PARA MOSTRAR O VALOR DA ESQUERDA SATÂNICA.

  4. M.A.S
    sábado, 19 de maio de 2012 – 19:25 hs

    Pessoas que matam pessoas para promover movimentos em prol de alguma coisa, com certeza não tem a bênção do Senhor Deus.]
    Bando de nojentos e covardes.

  5. marcelo
    domingo, 20 de maio de 2012 – 9:42 hs

    ocimar
    a máfia na Itália não têm nenhuma ligação com a esquerda, muitas vezes se aproxima da direita

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*