À beira do cais | Fábio Campana

À beira do cais


Do Cícero Cattani:

Enquanto toma seu chope no BlockBrau, no porto de Hamburgo, lamenta que Curitiba não tenha tanto verde quanto à cidade alemã e comenta que também lá o 3G não funciona, o senador Roberto Requião faz hora para embarcar de volta ao Brasil. Está preocupado com a política anti-juros da presidente Dilma e, por suposto, se imagina como será estar entre os super-heróis do Rafael Greca, no encontro do PMDB, na quinta. Dos fundadores do partido em Curitiba, talvez seja o único a estar presente. Bons tempos aqueles dos super-heróis verdadeiros do seu MDB velho de guerra, haverá de se recordar. – “Plus ein chope bitte“


5 comentários

  1. Paraná mais limpo
    domingo, 6 de maio de 2012 – 12:43 hs

    A manchete no caso seria melhor assim: Na beira do caus.
    Seu MDB velho de guerra, já não é nem reflexo do que foi e com sinceridade, o Greca ser o candidato do RR é dose pra qualquer leão, ou já esquecemos do tempo em que o Greca foi Ministro e Requião desandou a retaliá-lo.

  2. Palpiteiro
    domingo, 6 de maio de 2012 – 12:58 hs

    Gastando dinheiro público em viagens inúteis, ele faz o que mais gosta de fazer: nada. Nunca foi de trabalhar e agora, na senectude, menos ainda. De economia ele não entende nem da doméstica, imagine de política macroeconômica.

  3. Vigilante do Portão
    domingo, 6 de maio de 2012 – 13:53 hs

    Lamenta que não tenha tanto verde?

    Ele vai pastar também?

    Não basta comer mamona?

    KKKKK

  4. PARANA NETO
    domingo, 6 de maio de 2012 – 17:52 hs

    …ESTE MALUCO VAI DURAR MUITO???!!!!….
    …POR FAVOR, O PARANÁ NAO MERECE……

    PN…

  5. SERGIO SILVESTRE
    segunda-feira, 7 de maio de 2012 – 20:26 hs

    Os dois parana,o do avo e o auto fossa lá em cima.
    Devem ter sido despedidos pelo requião.
    Bem feito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*