"Brasil retrocedeu no governo Dilma", diz Ives Gandra | Fábio Campana

“Brasil retrocedeu no governo Dilma”, diz
Ives Gandra

Do Ig:

“Até hoje, não se fez nenhum esforço para reduzir a carga burocrática. Ao contrário. No Governo Dilma, o Brasil retrocedeu ao mesmo nível do governo Café Filho”. Assim definiu o atual governo da presidenta Dilma Rousseff um dos tributaristas brasileiros mais respeitados do Brasil, Ives Gandra da Silva Martins.

Em entrevista à “De Biasi em Revista”, Martins teceu críticas aos gastos com o funcionalismo público, à carga tributária e aos encargos trabalhistas “superiores aos dos demais países emergentes”, fato que “representa um alto custo empresarial e tira a competitividade da indústria”.

“A presidente Dilma Rousseff investiu R$ 41 bilhões em 2011, ante os R$ 46 bilhões do governo Lula em 2010. E, enquanto Lula gastou R$ 182 bilhões em despesas de custeio pessoal e com a Previdência, principalmente do funcionalismo, Dilma gastou R$ 195 bilhões. Houve um aumento do custo operacional e de pessoal e uma redução dos investimentos federais. É fácil ver que, enquanto não se reduzir a cara burocrática, que consome os tributos, dificilmente se fará a reforma tributária”, disse o tributarista.

No mundo jurídico, o nome de Ives Gandra da Silva Martins é respeitado e citado como um dos melhores do País. Não é à toa que no Google, a mais poderosa ferramenta de pesquisas da Internet, ele alcançou a marca rara de 473.000 citações.

Previdência

Em outro trecho da entrevista, Ives Gandra da Silva Martins diz que o déficit da previdência com os 950 mil servidores aposentados soma mais de R$ 50 bilhões. Segundo ele, os servidores recebem de 12 a 13 vezes mais que os aposentados do setor privado.

“Mesmo somando cerca de R$ 24 milhões de aposentados, a Previdência do setor privado tem um déficit menor, de R$ 42 bilhões. É que o Brasil tem dois tipos de cidadãos: os de primeira classe, detentores do poder, que recebem salário integral quando se aposentam, e os de segunda classe, que recebem no máximo dez salários mínimos”, afirmou.

Ele aplaudiu a aprovação do Regime de Previdência Complementar ao Servidor Público da União, conhecido como Funpresp, porque, no entendimento dele, o impacto dessa medida será sentida ano a ano, com a redução do numero de aposentados pelo regime atual, que recebem salário integral.

Ao ser questionado sobre as reformas feitas no governo Dilma, com interferências pontuais, ele foi enfático: “O que a presidente está fazendo com as desonerações setoriais visa apenas conter o grave processo de desindustrualização do País. No governo Dilma, o Brasil retrocedeu ao mesmo nível do governo Café filho. Quando Juscelino Kubitschek o sucedeu, em 1956, o nível de industrialização do Brasil era rigorosamente igual ao atual. (…)Foi o pior ano para a indústria, que está sendo sucateada pela entrada de produtos estrangeiros. Então, essa política de desoneração pontual é boa? Claro que é, mas não deixa de ser uma política pontual para apagar incêndios”, comentou.

(Foto: AE)


25 comentários

  1. Gilmar Trento
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 11:27 hs

    Esse carra ia ta falando merda ou ta morando na Grecia ,aqui é o Brasil ,mesmo esses loucos torcendo contra Ives voce nao tem credibilidade alguma voce é só pessimismo voce é negativo.

  2. maria nicolau
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 12:08 hs

    realmente para os padrões da opus dei……….

  3. Ernesto
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 12:08 hs

    Além de ser conservador roxo e eleitor do Maluf, se o Gandra é contra então é bom para o Brasil.

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 12:24 hs

    A grande verdade é que o Brasil retrocedeu nos últimos 09 anos. O COMUNISTA LULA, por 08 anos acobertou a maior corrupção instalada no Brasil em troca de poder a fim de garantir seu maldito sistema COMNUISTA, já falido no mundo
    O PT, é uma grande mentira, sempre foi uma grande farsa.
    Vamos acabar com esta gangue instalada no pais, agora nas eleições de outubro ou esta quadrilha irá acabar om o que resta do Brasil.

    PT, O CÂNCER DO BRASIL, ACORDEM BRASILEIROS PARA ESTA DESGRAÇA.

  5. joao
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 12:45 hs

    99 % da população sabe disso, menos o PT. POR QUE?

  6. joao
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 12:55 hs

    O governo ainda não conseguiu articular reformas que pudessem reestruturar o país e colocá lo ao nível dos emergentes, pois, ainda somos muito dependentes do agromineral. Tem de haver um pacto entre os poderes para que possamos implementar ações de redução da carga tributária e investir pesadamente na educação, chega de retórica, temos de vetar o assistencialismo, que nos coloca para trás com relação aos b rics.

  7. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 13:18 hs

    Vixi…Bem que o Ives Gandra poderia ir dormir sem levar essa bordoada do Trento.

    Bem feito. Quem mandou criticar a burocracia brasileira, o tamanho do Estado, a generosidade do Governo dos gastos e ainda querer corrigir os rumos da Previd^encia.

    Esse Ives precisa aprender e o Gilmar t’a `a disposi’c~ao, n’e Gilmar?

  8. SILVIO
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 13:40 hs

    Apesar de toda á minha modéstia, passo a afirmar de que Lula da Silva é o proprio correspondente do Capeta no Brasil.

  9. marcelo
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 13:44 hs

    Ives Gandra segue a cartilha do FMI, receita ideal para recessão

  10. quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 14:01 hs

    Como maior tributarista do Brasil,Granda sabe o que fala. E não adianta os PTistas chiarem, é a mais pura verdade.
    E da-lhe propaganda enganosa para tapar o sol com a peneira,porque é o governo da mentira

  11. Pedro Rocha
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 14:33 hs

    Realmente Ives Gandra não tem confiabilidade alguma; além de desconhecer totalmente aquilo que afirma!
    Credibilidade tem a ministraiada petista! Ideli – Brizolla – Fernando Pimentel – Paulo Bernardo – Gleisi HOffmann, e o resto da tchurma!
    Essa cumpanherada pega a laço nos mocós da vida, é que dá pra botá fé!

  12. Thiago Hart
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 14:49 hs

    Perfeito!

  13. pk
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 14:54 hs

    AI VAI A MAROLINHA!!!! A TSUNAME DE RESULTADOS NEGATIVOS VAI DEIXAR AINDA MAIS RECESSÃO; O GOVERNO DO INSIGUINIFICANTE DO pt JUNTO COM OUTROS QUE ESTÃO LA PELO PODER E NÃO PELA DEMOCRACIA. AJA VISTA PMDB PDT ETC.QUEREM POR FORÇA IMPOR MEDIDAS DE TRAVAMENTO NA ECONOMIA DE CIRCULÇÃO DE VALORES NA INDUSTRIA. QUANDO O PATRÃO ACHA QUE VAI DESLANCHAR COM O EMPREENDIMENTO LA VEM O PT COM O RESTO DO BANDO DE TRALHAS A INCOMODAR; SE VAI PRO EMPREGO OU E INVESTE NO CRESCIMENTO DOS VALORES NACIONAIS. JA PAREI FAZ TEMPO EM PENSAR QUE DAR EMPREGO OU SER EMPREGADO É A MELHOR SOLUÇÃO; BRASIL!! INDIA AMERICANA; QUEM É POBRE É POBRE PRO RESTO DA VIDA RICOS NÃO SABEM O QUE FAZER COM OS VALORES NACIONAIS. CORRUPÇÃO E PROPINA AÇUCAR DO POBRE!

  14. Ernesto
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 15:55 hs

    Modernismo era ver o FHC tendo que ir 3 vezes pedir penico ao FHC e pagar os mais altos juros da história aos banqueiros. Isso é que é avanço … ahahah

  15. Paulo
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 16:09 hs

    tem um louca acima, dizendo que 99% da população é contra o PT. como esse louca explica as sequentes vitórias do PT? ee ainda de lavadas…

  16. Nelson
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 17:19 hs

    Para esse senhor o Brasil deve ter avançado bastante no período colonial.

  17. enfant terrible
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 18:13 hs

    de fato como jurista Ives Gandra Martins é uma verdadeira autoridade jurídica. mas como pensador político é uma negação. para um eleitor convicto de maluf e apoiador das teses da tucanalha, até que não fugiu do padrão. pena é que 80% dos brasileiros discordem dele de que o país retrocedeu. ou que a simples confrontação de números entre a era tucana e a era petista mostre a “verdadeira verdade” mas numa democracia é assim: todos têm direito à opinião e a minha é a de que quando Dr. Ives se mete a dar pitacos fora do domínio jurídico produz pérolas como esta, ou seja, fala asneiras.
    me lembro bem de quanto eu pagava de juros no cheque especial na era FHC, e também lembro de como a nossa economia era “pujante”, lembro de como a polícia federal era sucateada, que o procurador geral da república na época o geraldo brindeiro ganhou o carinhoso apelido de “arquivador geral da república”, lembro de como FHC promoveu a insegurança jurídica dos contratos das Sociedades Anônimas, extinguindo o “tag along” par poder privatizar dando dinheiro para quem queria comprar as estatais, lembro de como ao invés de reduzir carga tributária FHC aumentou impostos, lembro do da total falta de investimentos em universidades, ihh…. lembro de tanta coisa que mudou para melhor nos dias do governo que ele critica…
    Acho que o Dr. Ives deveria se preocupar em ajudar o DEM a organizar uma oposição de verdade, sem fantoches ou criminosos disfarçados de vestais da moralidade como o Demóstenes, associados a bicheiros, arapongas de araque, jornalistas e veículos de comunicação igualmente corruptos e criminosos.

  18. fiscalde realeza
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 18:51 hs

    ESSE É O GRANDE BOBALHÂO

    ESTA QUERENDO JUSTIFICAR O QUE SÓ EXESTIU NO GOVENO FHC

    VAI TE CATAR PALHAÇO

  19. quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 19:43 hs

    É…. a verdade dói,… a petralha perdeu até o rumo nos comentários

  20. Aline
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 21:11 hs

    Ernesto o Sr. precisa fazer pesquisas prá não falar besteiras, aliás o Sr. só repete o MANTRA dos CANALHAS PETISTAS. A Sra Dilma e o ministro da fazenda , o Sr. Mantega, mexeram na poupança prá dificultar aqueles que tem dinheiro em FUNDOS, porque eles precisam deste dinheiro para PAGAR OS JUROS (JUROS ENTENDEU???? ) da DÍVIDA BRASILEIRA. Eu te pergunto aonde o Sr. LULLARÀPIO pagou a dívida brasileira.??????

    Hoje o Sr. não falou isto, mas em seus outros comentários, o Sr. vive repetindo esta GRANDE MENTIRA dos PETISTAS.

    Vá estudar Sr. Ernesto Eu entendo porque o SR. gosta do LULLA,. O Sr. é tão preguiçoso quanto o Lulla até para pesquisar.

  21. Aline
    quinta-feira, 10 de maio de 2012 – 21:15 hs

    Dios MIO, Quantos preguiçosos igual o Sr Ernesto. Só podem adorar o LULLARÁPIO, o maior preguiçoso que chegou ao mais alto cargo do páis, porque nosso povo. Eta povinho preguiçoso.

  22. Questionador
    sexta-feira, 11 de maio de 2012 – 8:46 hs

    -Realmente alguém com enorme conhecimento e respeito em seu meio de origem, fala “direto na ferida” sobre assuntos que o povo e principalmente o Governo Federal tem aversão!!!
    -Nada melhor do que estudioso sobre a situação tributária brasileira para expor de forma clara e objetiva a real situação do país e deste horrível governo federal. Porque se fosse para o “doutor honoris causa” molusco falar….seria como querer ensinar Física Quântica para quem não sabe a tabuada!

  23. SERGIO SILVESTRE
    sexta-feira, 11 de maio de 2012 – 18:43 hs

    Este ives como o nome já diz deve ser companheiro do fhc e do maluf,quando sacam milhões para gastar em paris.
    Gozado,o distinto já está com o pé na cova e não procurou antes dizer que o pais é burocratico.
    É com essa carimbaiada que estes malacos ganham dinheiro,
    advogados tributaristas vivem defendendo sonegador,ou tentan
    do burlar os impostos.
    Como aparece estes mortos vivos de vez em quando,botando o
    bedelho no que está dando certo.
    Esse malaco da av paulista deve estar comsaudade dos seus amigos no poder.
    Mas o que ele diz é o resultado dos comentarios acima.
    O povo em geral não vai mais na onda de bons falastrões

  24. cesar
    sábado, 12 de maio de 2012 – 13:40 hs

    é realmente incrível, tem gente que não sabe quanto é 2+2, e ficam ai dando uma de intendidos. São contra por que não tem mais nada para fazer a não ser chorar as pitangas pelas perdas nas eleições e nas mamatas que tinham com as vendas do Brasil, e simplismente por não acreditarem que vivivem num pais livre e prospero.
    Vão se cata vendilhões da tucanhalha.

  25. Ariosto
    quinta-feira, 7 de junho de 2012 – 9:49 hs

    O Ives tá na dele. Quanto ganha o Ives em comparação com os assalariados do Brasil? Por que ele não critica jogadores de futebol, advogados, juízes? Por que será?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*