Penso, logo resisto | Fábio Campana

Penso, logo resisto

No sábado à noite, no teatro Lala Schneider, Beto Richa, Fernanda e o filho Rodrigo viram a peça de José Plinio Taques. Título muito sugestivo: “Penso, logo resisto”.


Um comentário

  1. sexta-feira, 20 de abril de 2012 – 8:42 hs

    Fábio, muito obrigado por sua nota. Quero dizer a você e a seus leitores que fiquei muito feliz e honrado com a presença do Governador Beto Richa, sua esposa Fernanda e do filho Rodrigo em “Penso, Logo Resisto”.
    Há muitos anos eu não via um governador na plateia de um artista paranaense.Creio que as luzes da cultura voltam a se acender no Paraná.
    José Plínio Taques

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*