Mortalidade infantil de Curitiba é 42% menor que a nacional | Fábio Campana

Mortalidade infantil de Curitiba é 42% menor que a nacional

Em 2010, a taxa de mortalidade infantil em Curitiba ficou em 9,11 por mil nascidos vivos e foi 42% menor que a brasileira, segundo dados do IBGE divulgados na última sexta-feira, 27. A Secretaria da Saúde também já calculou o indicador referente ao ano passado: 8,68 por mil, o que corresponde a uma taxa 41,2% menor desde 1999 – o ano da implantação do programa ãe Curitibana. Em 1998, a taxa foi de 16,64%.

Entre as ações do Mãe Curitibana estão consultas de rotina em ambulatórios específicos para baixo e alto risco, atenção especializada para a gestante portadora do vírus da aids, exames e ações coletivas de educação em saúde para as gestantes se prepararem para o nascimento e o manejo do bebê. Também fazem parte deste conjunto de medidas, a vinculação à maternidade onde nascerá o bebê já no começo do pré-natal e a marcação online, antes da alta da maternidade, da primeira consulta para mãe e bebê até cinco dias após o nascimento da criança.


2 comentários

  1. mariana
    segunda-feira, 30 de abril de 2012 – 15:41 hs

    É apenas o Governo cumprindo uma de suas muitas obrigações !

  2. José Andrade
    segunda-feira, 30 de abril de 2012 – 15:56 hs

    Comparar com o Brasil inteiro, onde na Amazônia, uma criança tem que viajar dias numa canoa para ser atendida ou no interiorzão do nordeste, onde a temperatura é sempre alta, com águas contaminadas, é fácil.

    Agora vamos comparar com algumas cidades:

    Curitiba 9,11 por mil nascimentos

    São Caetano do Sul SP 7,3

    São Carlos SP 7,4

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*