Ex-assessor reafirma que Barbosa Neto ficava com salários de funcionários | Fábio Campana

Ex-assessor reafirma que Barbosa Neto ficava com salários de funcionários

Do Bonde

Luciano Ribeiro Lopes, assessor do prefeito Barbosa Neto na época em que ele era deputado, foi ouvido pela Polícia Federal em Londrina por duas horas, durante a tarde desta quarta-feira (11). Ele reafirmou as denúncias protocoladas em 2009 na Procuradoria-Geral da República e que, agora, fazem parte de um inquérito criminal.

De acordo com Lopes, Barbosa, quando parlamentar, ficava com parte do pagamento de funcionários, que eram contratados, mas não prestavam serviços no gabinete.

Ou seja, os assessores eram ‘fantasmas’. “Eu só disse a verdade, que o Barbosa enriqueceu às custas dos cofres públicos. Ele retinha os salários dos então assessores em Brasília, empregava esses recursos na rádio e em vários outros setores da vida privada dele”, destacou em entrevista à rádio CBN Londrina.

De acordo com Luciano Lopes, o esquema é semelhante ao caso que ficou conhecido como ‘Gafanhotos’, investigado na Assembleia Legislativa do Paraná, quando Barbosa Neto era deputado estadual. “O modo utilizado por ele é o mesmo. Tanto é que já existe um processo em que Barbosa responde por peculato”, disse.

O ex-assessor não quis revelar à imprensa quantos eram os supostos funcionários fantasmas nem quem eram. No entanto, ele confirmou um nome, que já havia sido divulgado em 2008: o do ex-assessor Roberto Bertipaglia, que teria deixado rendimento aos cuidados da mulher de Barbosa Neto, Ana Laura Lino. “Ela ficava com o cartão e a senha dele para sacar o dinheiro.”

Lopes afirmou também que o prefeito comprou a rádio Brasil Sul com recursos desviados da Câmara Federal. “Ele só tinha o salário de deputado e, mesmo assim, conseguiu adquirir a rádio por quase R$ 1,5 milhão…”, justificou.

Após as denúncias, em agosto de 2008, Luciano Lopes foi preso em flagrante com R$ 23 mil. A prisão aconteceu na casa do deputado Alex Canziani. Barbosa Neto acusou o ex-assessor de extorsão.

Já Lopes afirma ser vítima de uma armadilha e se defende dizendo que recebeu o dinheiro de Canziani para prestar consultoria durante a campanha dele. Barbosa, de acordo com o ex-assessor, teria aparecido de surpresa com uma câmera escondida e armado o flagrante.

A assessoria do prefeito não conseguiu localizá-lo para comentar as acusações. (com informações da rádio CBN Londrina)


12 comentários

  1. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 10:57 hs

    Melhorar NOMINAR, Fábio – QUEM NÃO FICA!
    A lista é menor.
    Todos sabem.
    CPI já!

  2. Doido
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 11:22 hs

    Barbosa pelo seu bem e todos os londrinenses, volte a fazer programa policial, pq como político não está dando certo, quer dizer, para a população, pelo interesse público, não está dando certo, agora o interesse do sr. acho q está dando muito certo.

  3. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 13:01 hs

    Apoiou o PT no Paraná.
    É de se esperar algo diferente deste filhote de Lula?

  4. quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 13:41 hs

    Olha, com certeza o Barbosa Neto descobriu algumas falcatruas deste ex assessor que com certeza queria se aproveitar de seu cargo e o mandou embora, e agora ele com mentiras quer se vingar do Barbosa.
    Conheço o Barbosa a anos, ele não precisa disso, ele tem caráter é um homem honesto que luta contra uma gente que mandou a vida inteira em Londrina e agora quer voltar.
    É um homem que tinha um sonho de ser prefeito de Londrina e ama esse povo, e o povo o elegeu por conhecer o seu trabalho, mas meio à muitas lutas e planos dos maus ele vem limpando a sujeira que tinha do passado, e é claro isso incomoda muita gente, principalmente os que estavam agarrados a tetas a anos.

  5. quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 13:58 hs

    QUE TAL TBM CHAMAREM PRA OUVIR O EX SECRETARIO DO PARTIDO PRB DA IGREJA UNIVERSAL,O RAPAZ MOROU EM LONDRES E NA PRAIA POR 5 ANOS E RECEBIA SALARIO QUE REPASSAVA AO DEPUTADO

  6. ZEPELLIN
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 15:55 hs

    Entã o “Barbosinha” tanbém está na lista dos ”’GAFANHOTOS””””

  7. salete cesconeto de arruda
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 19:08 hs

    Façam a LISTA DOS QUE NUNCA TIVERAM fantasmas nos gabinetes e Curitiba ganhará um prêmio por honestidade.

    Façam a lista…

  8. Supositório
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 20:15 hs

    O Alceuzinho Maron aprendeu na escola do Barbosa Neto?
    Este negócio de negociar salários de comissionados nunca deu certo,ainda bem que sempre aparece a verdade!
    Deus nos livrou do Psdb aqui em Paranaguá,após os esquemas no Porto de Paranaguá!

  9. CAÇADOR DE PETISTAS
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 20:34 hs

    SALETE.
    Volto a peguntar:
    PORQUE VOCÊ DEFENDE TANTOS ESTES BÂNDIDOS que roubam dos pobres do Brasil?

    PORQUE SALETE, PORQUE?

  10. joao
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 21:11 hs

    Este vício acomete ainda muita gente por aí, pior, gente graúda.
    Qual a maneira de coibir tal prática. Um dos caminhos seria a receita federal cruzar as contas de todos os funcionários comissionados e verificar CPF de A para B e se B tem algum vinculo com C que é político ou secretário.

  11. VERDADE
    quinta-feira, 12 de abril de 2012 – 21:11 hs

    Ainda bem que e so o Barbosa Neto que faz isso!!! Em nem um outro lugar acontece!!! Ah! me poupe…

  12. Humberto
    sexta-feira, 13 de abril de 2012 – 8:34 hs

    Nossa! Eu só vejo o nome deste cidadão em manchetes desse tipo!!
    Só sujeira!!! Que tipo de pessoa é essa?????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*