Cara a cara, hoje, Greca e o "bando dos 4 vendilhões" | Fábio Campana

Cara a cara, hoje,
Greca e o “bando
dos 4 vendilhões”

O diretório estadual do PMDB se reúne hoje, às 19h00. Rafael Greca de Macedo vai ficar cara a cara com os deputados estaduais que não querem sua candidatura e que ele chama de “bando dos 4 vendilhões”. Os deputados defendem aliança imediata com o prefeito Luciano Ducci, do PSB, que tenta a reeleição.

Greca se diz despreocupado, pois sua candidatura é respaldada pelo senador Roberto Requião que, até prova em contrário, tem absoluto controle do PMDB de Curitiba.

De um lado, Greca tenta sobreviver com uma rejeição, apontada na pesquisa Ibope/CBN, de 49%, índice que sugere um fiasco do PMDB, no pleito de outubro/12; de outro lado, deputados estaduais Pró Ducci, querem a participação do partido como protagonista no processo eleitoral, podendo inserir no plano de governo municipal, as bandeiras sociais que nos caracterizam em todo o estado do Paraná.

Debate acirrado – Enquanto o ex-Ministro Greca, chama os deputados de Bando dos 4, na Assembleia Legislativa; recebe como resposta a declaração de que sua candidatura é inviável e só vai aprofundar o isolamento do Senador Requião na Grande Curitiba.

Alexandre Curi – A pesquisa Ibope do início de abril/12 colocou ainda mais pressão na já questionada candidatura de Rafael Greca à prefeitura de Curitiba dentro do PMDB. Mais do que os parcos 7% de intenção de voto obtidos por Greca, o que pesou mesmo contra o ex-prefeito foi o alto índice de rejeição: segundo o levantamento, nada menos do que 49% dos eleitores afirmaram que não votariam nele de jeito nenhum. É o maior taxa de rejeição entre todos os candidatos pesquisados.

“A pesquisa mostrou que a candidatura própria do PMDB não é viável. Em cada dez curitibanos cinco não votam no Greca”, reagiu o deputado Alexandre Curi. “Está na hora do PMDB sentar e avaliar uma grande aliança. Pode ser com o (prefeito Luciano) Ducci ou com o (deputado federal) Ratinho Júnior”, defendeu ele, que não esconde a preferência pelo apoio ao atual prefeito. Curi apontou ainda que até a convenção de junho, qualquer filiado do PMDB pode propor a participação do partido em uma aliança com candidato de outra legenda. “O PMDB não pode ser trampolim para candidatura a deputado estadual”, criticou, insinuando que Greca só estaria tentando usar o partido para se cacifar e voltar a Assembleia Legislativa na eleição de 2014.

Luiz Cláudio Romanelli – O ex-líder do governo Requião na Assembleia Legislativa e atual secretário de Estado do Trabalho do governo Beto Richa, Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), levantou ontem novo questionamento conta a candidatura do ex-deputado Rafael Greca, à prefeitura de Curitiba. Segundo Romanelli, que também é deputado estadual e está licenciado da Assembleia por conta de seu cargo no Executivo, Greca não teria condições de ser o candidato peemedebista à sucessão municipal porque tem uma trajetória política ligada aos adversários históricos do partido.

“A candidatura do Greca não tem legitimidade. A história dele foi construída contra o PMDB”, afirmou o secretário, em sua conta na rede social twitter. Para reforçar seus argumentos, Romanelli lembra inclusive um episódio envolvendo o atual secretário-geral do PMDB de Curitiba e “fiel escudeiro” de Requião, Doático Santos, quando Greca era prefeito de Curitiba. “Até o Doático ele (Greca) mandou prender”, diz, em referência à detenção de Doático por conta da participação do mesmo em ocupações irregulares na Capital na ocasião.

Stephanes Jr – O deputado estadual Stephanes Jr. (PMDB) afirmou na tarde desta terça-feira (24), que foi convidado para ser candidato a vice-prefeito na chapa do de Luciano Ducci (PSB) à Prefeitura de Curitiba. “Existe a possibilidade, estamos conversando, mas com muito cuidado, já que temos um pré-candidato do partido já”, afirmou. Rafael Greca foi anunciado no início do ano como pré-candidato do partido. Um convenção de filiados no mês de junho deve definir os rumos do PMDB.
De acordo com o deputado, a posição do partido nas eleições depende de várias pessoas e que o caminho a seguir ainda é longo. “Eu sonho um dia em ser prefeito de Curitiba, mas eu tenho que trabalhar muito para isso dar certo, eu tenho que trabalhar muito para isso se tornar realidade. Quero fazer Curitiba cada vez melhor, é um processo que está amadurecendo”, disse.

Caíto Quintana – Caíto lembrou que Requião lançou a pré-candidatura de Greca e a ele caberia a candidatura. “Eu respeito a candidatura do Greca, que foi uma das razões identificadas para não avançar as conversas com Fruet, mas se ele não for candidato, não vejo porque não fazer aliança”, completou. O PMDB deve decidir se lançará candidatura própria ou fará aliança até a metade do mês de junho.


15 comentários

  1. quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 9:35 hs

    Romanelli é o nosso Romero Jucá, diria o Beto.

  2. S Y N F R O N I O.
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 9:48 hs

    Sou favoravel a reunião e união desses senhores, pois falicitara a caminhada
    do Gustavo Fruet, em fazer Curitiba Sorrir ,sonhar, e ser feliz.
    Esse povo reunido, vão roer OS DEROSSOS, e Gustavo enconomizará munição
    para defestar esses roedores de nossa capital.

  3. Carlos Alberto
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 10:16 hs

    Este time e da pessada poderia pegar o navio do Greca aquele que afundou e da uma passeada pelas cachoeiras saindo do Palacio Iguaçu epoca que o Requião era Governador passar pela Lotopar e pela Prefeitura do Greca e no final dar uma parada no TC e Ministerio Publico para ver se tem alguma pendenga….

  4. Ponpeo
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 10:30 hs

    O GRECA,não percebeu ainda,que o seu chefe REQUIAO,não tem mais controle de nada,e infelizmente quanto menos controle,mais descontrolada fica sua língua afiada,que atira para todos os lados,tudo para tentar provar para ele mesmo que tem algum poder.
    Sai desta GRECA,o homen só ta fazendo jogo de cena!!!

  5. HENRY
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 10:37 hs

    A FOTO DIZ TUDO. PRA ONDE VAMOS? O “gordaxo piadista” E O senador COMEDOR DE MAMONA VULGO “maria loca”.

  6. Filet Mignon
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 10:55 hs

    CARACA! nÃO É QUE O “GRECA PANÇA” (ou Sancho Pança) AINDA ACREDITA NO INSANO REQUIÃO???? COMO DIRIA A GAROTADA DO FUNK, “JÁ É!”

  7. Altevir Roberto Cecatto
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 10:55 hs

    Prezado amigo Greca o PMDB se vende sim e por muito quero ver o que o partido vai fazer com estes vendidos.

  8. CLOVIS PENA
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 11:59 hs

    Greca sabe das coisas.
    É um bom diplomata.
    Tem hoje algo concreto e importante para compor .
    Mas, logo a seguir poderá não ter nada.

  9. joao marcos
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 12:36 hs

    O DOATICO E OUTROS COMPANHEIROS A ARLETE EOPROFESSOR ALVINO QUE JA ESTAO NO GOVERNO DUTTI TAMBEN VAO

  10. Marcos
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 12:47 hs

    estes 4 ja se venderam na eleição para o governo, o Greca sabe e conhece o bando, ele sendo candidato ou não sendo, estes 4 trairas não vão trabalhar para ele mesmo!!!

  11. Nick
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 15:25 hs

    Greca ainda acredita no Requejão … na cabeça do ex tudo … só da o sobrinho dele … joão é ruimmmmmm, para vice do Dut friaaaaaaaa. AFUNDOU DE VEZ A QUADRILHA.

  12. DEDÉ
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 17:13 hs

    Meu Deus!!!esse greca não se elege para nada mais,depois que foi pro pmdb foi só decepção será que ele não ve isso….

  13. ANDERSON
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 17:46 hs

    A BOMBA AMBULANTE GORDUXO….NAO PERCEBE QUE O SEU TEMPO JA PASSOU,

  14. Neto
    quarta-feira, 25 de abril de 2012 – 21:24 hs

    O medo é que Greca comece a campanha.
    Quero ver os demais discutirem a nossa Curitiba com ele.
    Vai ser de lavada.
    Greca novamente na prefeitura.
    Depois dele, ninguém fez absolutamente nada!!!!!

  15. ivanowski
    sexta-feira, 27 de abril de 2012 – 16:29 hs

    . Neto, é verdade …

    . O “Sancho Pança” vai se elege e vai te leva pra Pref … será só comilança …. a exemplo do que fêz na COHAPAR … LEMBRAM …

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*