Bombeiro honorário | Fábio Campana

Bombeiro honorário

A operação para apagar o incêndio, enquadrar a tropa e devolver paz ao governo foi executada com perfeição. Hoje, o secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar, deu entrevista, confirmou suas afirmações de que tudo vai bem e que considera o incidente provocado por sua entrevista publicada no domingo, superada.

O imbroglio bem desatado serviu para fortalecer o nome de Deonilson Roldo para a Casa Civil quando Durval Amaral se afastar para alojar-se no Tribunal de Contas.


7 comentários

  1. paulo
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 12:27 hs

    pode até estar desatado, mas que a segurança piorou e muito piorou.

  2. anonimo
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 12:37 hs

    Será que o Durval vai p/ TC o vai cuidar das fazendas……

  3. Querendo justiça
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 13:19 hs

    Fabio o Sr. poderia fazer uma matéria sobre o valor do pedágio.
    Segundo levantamento o mesmo esta pelo menos 22% acima do valor que deveria ser.
    Sabemos que no final do ano passado o governador Beto Richa autorizou o aumento do valor do pedágio.
    De quem é a culpa do aumento abusivo?
    Do Beto?
    Do Secretário (Richa)?
    Do DER?
    Quem autorizou este aumento abusivo agiu contra a população usuária das rodovias pedagiadas no PR.
    Fora Beto.
    Fora PSDB.
    Fora Familia Richa.
    O povo quer ter dignidade e não ser explorado.

  4. Mario
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 14:01 hs

    Discrição e eficiência, é a marca do Deonilson.

  5. Kibinho
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 15:11 hs

    Estes são da turma dos mamadores Secretários/Conselheiros !

  6. marcos
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 15:44 hs

    se for pra piorar então deixe como esta

  7. Sidnei Belizário de Melo
    terça-feira, 13 de março de 2012 – 20:57 hs

    Vamos dialogar com o Deonilson Roldo assumindo a Casa Civil, parece um homem sensato, e tem seu valor de negociador.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*