Para Belmiro Valverde, UFPR perdeu relevância social | Fábio Campana

Para Belmiro Valverde, UFPR perdeu relevância social

Do Aroldo Murá:

Belmiro Valverde Jobim Castor tem tudo a ver com a Universidade Federal do Paraná, a velha senhora que está fazendo 100 anos de fundação. O papel e a importância de Belmiro na vida paranaense marcam-se profundamente pela presença dele na UFPR, preparando gerações. E dele a coluna recebeu a mensagem que segue, a propósito das manifestações contra a tibieza (para dizer o mínimo) com que vão sendo celebrados os 100 anos da UFPR.

Para ele, a grande questão não é a da decomposição material da universidade e da falta de equipamento para que exerça seu papel. Diz que é preciso questionar a própria falta de relevância da universidade – no sentido amplo – e o seu aparelhamento político.

Leia no

Belmiro Valverde Jobim Castor: universidade descolada da Sociedade

TEMPO PARA MANIFESTO

“Caríssimo Aroldo: Como diz o Eclesiastes, há tempo para tudo e para todas as coisas: fazer manifesto falando de rede que cobre um prédio e de pastilhas que caem sobre carros não está à altura do centenário da Universidade Federal.Vai-se falar também dos elevadores pré-históricos, da falta de giz e de papel sulfite, dos salários dos docentes brasileiros e das mazelas burocráticas da velha senhora?

Se alguém quiser mesmo falar dos problemas da universidade pública brasileira , deveria mirar em problemas como seu aparelhamento político, sua visível perda de relevância social e seu descolamento da sociedade, mas isso infelizmente não é uma mazela só nossa.”

REPARAR O ERRO

Prossegue Belmiro: “Concordo totalmente com o comentário/crítica sobre a timidez das comemorações do Centenário, mas acredito que , construtivamente, todos nós que amamos a Federal, devemos é auxiliar a alertar para o erro e procurar repará-lo o mais cedo possível e não aproveitar o momento para desfiar velhas queixas e “dizer verdades”. Ainda há tempo para isso.Abraço, Belmiro”.

/blockquote>


16 comentários

  1. sexta-feira, 30 de março de 2012 – 11:25 hs

    É triste mas é verdade, ainda bem que existe pessoas comprometidas e com coragem para focar a realidade.Vamos torcer que os dirigentes maximnos deste pais se cocientise da necessidade de se manter uma Instituição que tem um papel instituicional imensuravel junto a sociedade brasileira, adequadamente, de forma que atenda as reais necessidade do mercado competitivo, parabens mestre Belmiro Valverde Jobim.Pensar que isto não é priviilégio nosso é no pais inteiro.

  2. Uélinto
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 11:56 hs

    Já está mais que provado, pelo próprio mercado, que a UFPR não é sinômino de sucesso profissional. As boas universidades particulares (FAE, PUC e UniCuritiba) tem conseguido colocar seus alunos em melhores oportunidades de carreira.
    Enquanto a UFPR continuar com seu conteudo programático engessado e arcaico, continuarão a formar alunos pesquisadores.

  3. o curitibano
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 12:28 hs

    NÃO CONCORDO, SOU FORMADO NA UFPR, MEUS 5 FILHOS FORAM,

    E TODOS FORAM COLOCADOS NO MERCADO DE TRABALHO ,

    PRATICAMENTE À EPOCA DAS FORMATURAS, DOIS DELES ATÉ

    RECUSARAM OUTRAS OPORTUNIDADES. É UMA INSTITUIÇÃO

    NOBRE. SEM SER “””WALLITTA”””

  4. É de chorar
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 13:40 hs

    Uma universidade cccccomo a UFPR que tem no seu histório um caso tão grave como o DESVIO DE 25 MILHÕES da Edução, cujos responsáveis, ALÍPIO LEAL e outros, acabam de ser condenados de ser CONDENADOS PELO TCU, não deixa dúvidas que perde muito do seu prestígio. O mais triste é que o condenado ALÍPIO LEAL NETO é Secreteario de Ensnino Superior do governo Richa – PSDB. Pelo fatos relatados, o risco de contaminação no Ensino Suerior do Paraná só aumenta. Quem tiver dúvidas pode conferir aqui:

    Justiça para o Ensino Superior do Paraná!

    Luis Nassif ONLINE : http://www.advivo.com.br/node/826849
    Re: Clipping do dia
    seg, 19/03/2012 – 01:14
    …Ver mais
    Brasilianas.Org
    http://www.advivo.com.br
    Tribunal de contas da União condena secretário de C&T do governador Beto Richa (PSDB) por desvio de dinheiro da Educação. O secretário é também reitor (auto-nomeado!) da UNESPAR. A quadrilha deverá devolver, em valores atuais, aproximadamente 25 milhões de reais.
    ACÓRDÃO Nº 1257/2012 – TCU – 2ª Câmara – http://www.jusbrasil.com.br/diarios/35200860/dou-secao-1-13-03-2012-pg-175
    ACORDAM os Ministros do Tribunal de Contas da União, reunidos em sessão da 2ª Câmara, com fundamento nos arts. 1º, inciso I; 16, inciso III, alínea a , b e c e § 2º; 23, inciso III; 28, inciso II; e 57 da Lei 8.443/1992, c/c o art. 202, § 6º, do Regimento Interno/TCU art. 214, inciso III, alínea a , do Regimento Interno, em:
    9.1 julgar irregulares estas contas;
    9.2 condenar os responsáveis Alipio Santos Leal Neto; Carlos Alberto de Ávila; Carlos Augusto Moreira Junior; Fundação da Universidade Federal do Paraná – Funpar; Instituto Tecnológico de Desenvolvimento Educacional- ITDE; Marcos Aurélio Paterno a recolher solidariamente aos cofres da Universidade Federal do Paraná a importância de R$ R$ 8.421.464,28 (oito milhões quatrocentos e vinte e um mil quatrocentos e sessenta e quatro reais e vinte e oito centavos), atualizada monetariamente e acrescida de juros de mora, calculados a partir de 18/6/2004 até a data da efetiva quitação do débito, fixando-lhes o prazo de 15 (quinze) dias a partir da notificação para que comprovem perante o Tribunal seu recolhimento, nos termos da legislação em vigor;

  5. armando pra
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 14:04 hs

    e o ‘canteiro de obras’ – … obras superestimadas;
    e os contratos de prestação de serv iços – ….vigilancia, limpeza…
    uma vergonha. ACORDA UFPR.

  6. genise p.gepe
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 14:06 hs

    e as vagas de professor … somente para o setor do reitor;
    os outros continuam improvisando professores…olha , tem
    muita coisa, os colegas da PRA e da FUNPAR contam horrores!

  7. armando pra
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 14:10 hs

    aqui, o ‘canteiro de obras’ fica nu…obras superestimadas…contratos de proestadores de serviço-
    como vigilancia e limpeza são vergonhosos…ACORDA UFPR

  8. ane marie
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 14:14 hs

    e as viagens de turismo dos professores doutores…contam milhagem para eles mesmos…é todo dia…o mundo é pequeno
    ]para eles….pobre centenária universidade…usam a titulação e
    o regime sem-vergonha da dedicação exclusiva para se
    locupletarem…onde está o MP, TCU, PF,…todos omissos…

  9. ex-aluno
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 16:58 hs

    Hoje, dá nojo de ver o que se tornou a UFPR com a passagem de Moreira e sua turma, conforme já citado aqui.

    Esse pessoal desviou dinheiro de todas as áreas!
    Uma vergonha.
    E a penalidade pra isso: uma mísera multa de 600 mil reais.

    Não demora muito teremos q fechar a UFPR.
    Lá o aluno não paga. Mas também, não leva.

  10. Eneias José Olinto
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 17:39 hs

    A mais de 30 anos o PT e a esquerda mandam e desmandam nas Universidades públicas e no ensino de um modo geral, com seus Libanios de Cristo et caeterva. Junte a tudo isso a corrupção e temos o descalabro atual em todos os setores da educação. Apenas em um fator eles conseguiram sucesso: o aparelhamento chifrim com tudo o que não presta da politica de baixo nivel.
    HOJE A UFPR vive das lembranças do seu passado.l

  11. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 30 de março de 2012 – 21:16 hs

    Os estacionamentos da UFPr mostram o que até o Homem Nú da praça XIX de XI sabe.

    A maioria dos seus alunos são de famílias bem situadas financeiramente, que fizeram caros cursinhos.

    A instituição é custeada pelo poder público, isto é, sustentada pelos contribuintes do erário nacional que não recebem o retorno dos seus investimentos.

    Algo precisa mudar.

  12. Professora Denise de Camargo
    sábado, 31 de março de 2012 – 17:44 hs

    Concordo com o Belmiro. O aparelhamento político deteriorou a nossa universidade.

  13. silvajr
    sábado, 31 de março de 2012 – 22:03 hs

    Incrível mesmo, estão com saudades dos anos de “fartura” dos tempos do FHC, onde fartava tudo, fartava recursos, fartava concursos, fartava pessoal … esse Lula foi um irresponsável mesmo ao criar mais 13 universidades federais, como ousou esse apedeuta fazer tal coisa?

  14. silvajr
    sábado, 31 de março de 2012 – 22:06 hs

    Grande coisa esse Belmiro, com que autoridade se arvora para fazer tal crítica? É a típica arrogância de quem se julga superior e dono da verdade …

  15. CLOVIS PENA.
    domingo, 1 de abril de 2012 – 7:56 hs

    Há tempos, sugeri que o Belmiro seja candidato a governador do Paraná. Disse isto a ele. Acho que não levou a sério.
    Não é político mas pode correr por fora e mesmo que não seja eleito, deixará um grande legado de contribuições. A começar, quem sabe, pelo despertar para a necessidade de que, apontando para o futuro, os governantes eleitos digam à que vieram.

  16. SE EU FOSSE PREFEITO
    domingo, 1 de abril de 2012 – 8:07 hs

    Se eu fosse prefeito de Curitiba convidaria Belmiro e outros valores para liderar e coordenar a instalação de uma instituição universitária própria do município e região metropolitana. Instituição aberta, com enfoque no desenvolvimento regional, calcada em processo da educação continuada e profissionalizante.
    Clovis Pena

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*