No Brasil, IBM escolhe Curitiba no projeto de cidade inteligente | Fábio Campana

No Brasil, IBM escolhe Curitiba no projeto de cidade inteligente

O IBM escolheu Curitiba, única cidade do Brasil, para receber consultoria no programa “cidades inteligentes”. São 33 cidades no mundo que vão receber executivos da IBM que vão desenvolver projetos nas áreas de educação, transporte, economia e saúde. “A nossa proposta é oferecer um serviço gratuito para que os executivos possam utilizar todos os recursos, sejam financeiros, humanos ou geográficos do município para a melhoria da qualidade dos serviços prestados à sociedade”, adianta Alcely Strutuz, diretora da IBM. A prefeitura aceitou a proposta da IBM e a consultoria será nas áreas de desenvolvimento urbano e cultura.


9 comentários

  1. Jeniffer
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 8:14 hs

    E na educação? Não aceitou? Tamo precisandinho de algo novo! O que temos nas escolas já é totalmente obsoleto.

  2. PAULO
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 8:38 hs

    SERÁ ESSA A SALVAÇÃO DE CURITIBA????????

  3. A.
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 8:52 hs

    Ainde é, mas a Sorbone (ou sorbonne?) do juvevê tá ficando mais para escola pública (que triste)

  4. Cristiele
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 10:07 hs

    Me sinto orgulhosa em viver aqui, se fomos escolhidos por tão renomado conceito é porque temos mostrado potencial em concretizar os projetos.

  5. Sempre Curitiba!!!
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 10:09 hs

    Só da Curitiba!!!!

  6. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 17:45 hs

    Pessoas que se enfezam quando Curitiba marca ponto, imagino-as nunca passeantes em outras cidades.

    Eu, quando sinto Curitiba má, viajo.

    Mas, no outro dia, uma vontade lascada de voltar.

  7. Alexandre Ramos
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 18:57 hs

    Parabéns Curitiba!

  8. HELOIM
    sexta-feira, 16 de março de 2012 – 19:58 hs

    Bem pelo que sei , não existe almoço de graça !
    Mas toda sugestão sempre e bem vida, principalmente quando visa acrescentar mais informações com uma ótica diferente da nossa, informação sempre e bom para podemos alicerça bem os projetos da nossa cidade, mas lembro Curitiba não e terra sem dono, acrescentar informações do que e feito em outras partes e importante para poder formar um raciocínio e melhorar um projeto, mas fazer por fazer , executar um projeto sem termos o nosso jeito de fazer isso e temerário .
    Não acredito que estão fazendo um projeto apenas para ajudar a nossa cidade, querem estar na vitrine o que e bom para eles ,convidem o pessoal do IPPUC creio que ira funcionar melhor.
    Alias o próximo prefeito se quiser melhorar as condições da nossa cidade tem de melhorar a atenção com o IPPUC que esta sobrevivendo e de fato precisa de investimento não apenas financeiros mais de investimento de gente que pense, raciocine, coisa que e difícil hoje em dia . Tem muita gente da nova geração que pode acrescentar.
    Fazer igual e fácil , melhorar e um pouco mais difícil, então pensem diferente, e teremos resultado diferente, porque mudar por mudar e idiotice mudar tem de ser para melhor.

  9. fiscalde realeza
    sábado, 17 de março de 2012 – 13:05 hs

    TUDO GRAÇAS ÂO RAFAEL GRECA QUE MODERNIZOU QUANDO ERA PREFEITO PORQUE DEPOIS VEIO O TAL JAPA QUE COMEU DESTRUIU E BARBARIZOU CURITIBA 8 ANOS
    VEI O BETO SÓ FEIS PROPAGANDA RECAPEOU O ASFALTO E APELIDOU DE LINHA VERDE QUE É UMA RODOVIA FEDERAL
    E NEM FEIS OS VIADUTOSQUE PODERIA MELHORAR BEM
    AI O DUCCI QUE NÂO DIS A QUE VEIO COMEÇOU A FREDOLIM VOLFE
    HA DOIS ANOS COM TEMPO DE SEIS MESE E ACHO QUE NEM VAI PODER INAUGURAR O RECAPE DO ASFALTO

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*