Na Assembleia, novo modelo de aposentadoria dá economia anual de R$ 400 mil, diz Plauto | Fábio Campana

Na Assembleia, novo modelo de aposentadoria dá economia anual de
R$ 400 mil, diz Plauto

A Assembleia Legislativa começou a pagar neste mês as primeiras aposentadorias concedidas pela atual gestão dentro do novo sistema definido pelo convênio firmado com a ParanaPrevidência, no início de 2011. Neste primeiro momento, quatro aposentadorias foram concedidas, o que representará uma economia anual de R$ 400 mil aos cofres do Legislativo.

Em entrevista à imprensa, nesta terça-feira (20), o 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Plauto Miró (DEM), destacou que a economia será ainda maior nos próximos meses. “Os valores aumentarão em função dos novos processos, mas principalmente por causa dos antigos, que foram revistos pela Assembleia e analisados pela ParanaPrevidência”, disse. Além do controle da ParanaPrevidência, as aposentadorias precisam ser registradas pelo Tribunal de Contas.


Segundo o deputado, até o mês que vem outras 12 aposentadorias serão concedidas. A Diretoria de Pessoal da Assembleia calcula que até o fim deste semestre, 293 aposentadorias estarão corrigidas e regularizadas, o que deverá gerar uma economia de R$ 3.277 milhões ao mês ou R$ 42,6 milhões ao ano.

Plauto explicou que até o início da atual gestão, todos os servidores que se aposentavam recebiam seus provimentos dos cofres da Assembleia Legislativa, mas que a partir de agora as aposentadorias passaram a ser pagas pela ParanaPrevidência. “Essa medida estabelece o fluxo normal da atividade administrativa, com o estrito cumprimento das normas e todos os processos documentados e cadastrados. Ganhamos não só em economia, mas também em organização, em eficiência e na transparência de nossos atos”.


6 comentários

  1. Geraldo
    terça-feira, 20 de março de 2012 – 21:23 hs

    Sei…

  2. Observador
    terça-feira, 20 de março de 2012 – 22:00 hs

    Nada como um administrador competente para pensar em soluções de austeridade e economia para ALEP. Parabens PLAUTO !!!

  3. luiz
    quarta-feira, 21 de março de 2012 – 6:24 hs

    Que tal fundir o banco de dados do cadastro da Fazenda com o da Secretaria de Meio Ambiente?

  4. quarta-feira, 21 de março de 2012 – 8:13 hs

    E esses aposentados contribuíram para o parana-previdência, para serem aposentados lá, ou é mais uma maracutáia pra depois os governantes dizerem que a previdência tá quebrada?

  5. Aroldo Felberg
    quarta-feira, 21 de março de 2012 – 9:54 hs

    Parabéns, Plauto!

  6. John
    quarta-feira, 21 de março de 2012 – 12:27 hs

    E as aposentadorias pagas à menos e com cortes, serão pagas à mais como a Justiça já determinou ou continuará nas gavetas ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*