Quatro consórcios na licitação do viaduto estaiado em Curitiba | Fábio Campana

Quatro consórcios na licitação do viaduto estaiado em Curitiba

http://www.youtube.com/watch?v=I4T9tv6iWZ4&feature=youtu.be

A prefeitura licitou nesta terça-feira, 7 de fevereiro, as obras de construção do Viaduto Estaiado. Quatro consórcios participaram da primeira fase do certame. O viaduto (suspenso com cabos de aço) será construído na confluência das avenidas Comendador Franco (Avenida das Torres) com a Coronel Francisco dos Santos.

A obra vai melhorar a ligação viária entre os bairros Boqueirão, Hauer, Xaxim, Uberaba e Jardim das Américas, Cajuru e BR 277. Será um benefício para 300 mil moradores dos seis bairros, além de turistas. Além disso, o viaduto agregará valor estético à paisagem urbana. Será um cartão postal para quem chega a Curitiba vindo do Aeroporto Internacional Afonso Pena.

O projeto do Ippuc preserva a implantação, caso necessário no futuro, de um novo modal de transporte no canteiro central da Avenida das Torres, como uma canaleta de expresso ou até um VLT (Transporte Leve sobre Trilhos). O uso dos cabos elimina a necessidade os pilares que normalmente são usados como sustentação dos viadutos tradicionais.


4 comentários

  1. OSSOBUCO
    terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 – 23:24 hs

    PROGRAMA IMITA SÃO PAULO, gasta os tubos e piora a cidade, mas é bom para os empreiteiros.

  2. terça-feira, 7 de fevereiro de 2012 – 23:57 hs

    E a trincheira da rua guabirotuba com a av da torres sai ou não

  3. VERANISTAS DO PARANÁ
    quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 – 9:51 hs

    BETO, COMO ESTA A QUESTÃO DO PROJETO PARA O VIADUTO QUE FARÁ A TRAVESSIA DE CAIOBA A GUARATUBA E VICE/VERSA?
    COM A PALAVRA, SR. GOVERNADOR E EQUIPE.

  4. Nascimento
    quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 – 17:08 hs

    Será que este projeto de viaduto estaiado não onera a obra por demais? É necessário que a obra fique muito mais cara por conta de um artifício estético?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*